Designer francês Philippe Starck apresenta projeto de interiores em São Paulo

philippe

O designer francês Philippe Starck (Foto: divulgação)
A uma quadra da Avenida Paulista, um canteiro de obras está em plena ebulição. Com metragens que variam de 130 a 450 m², foram abertas aos interessados as suítes decoradas da torre Rosewood: um edifício de alto luxo que vai agrupar suítes privadas e outras que vão funcionar em regime de hotel, em vias de implantação na área outrora ocupada pelo Hospital e Maternidade Matarazzo. Alvo de todas as atenções, o designer francês Philippe Starck, autor do projeto de interiores, não escondia seu entusiasmo com o empreendimento. “De todos os meus trabalhos atuais, nenhum tem essa abrangência”, disse ele, que nos últimos sete anos realizou uma verdadeira imersão no universo dos materiais, artesãos e fornecedores brasileiros. “Meu projeto nasce da ambição de despertar o Brasil para suas muitas riquezas e talentos”, afirmou nesta entrevista exclusiva ao Casa.

Como o senhor enfrentou o desafio de ser inovador numa locação repleta de referências como o Complexo Matarazzo?
Com total respeito e determinação de contribuir para uma reconstrução. Nunca para a destruição do que quer que seja. Esse espaço não é só fascinante por seu patrimônio arquitetônico, mas pelo seu patrimônio imaterial. Por tudo o que ele representa para os brasileiros. Assim, procurei conceber um projeto que respeitasse não somente esse lugar, mas a cidade e o país onde ele está inserido. Apesar de se tratar de um edifício urbano, procurei conceber interiores que falassem do Brasil. Não de um Brasil caricato, mas de um Brasil perene, atemporal.

Uma das suítes desenvolvidas pelo designer francês para o empreendimento
Uma das suítes desenvolvidas pelo designer francês para o empreendimento Foto: Ruy Teixeira / divulgação
A sala de jantar em uma das suítesA sala de jantar em uma das suítes Foto: divulgação

O trabalho realizado expandiu seu conhecimento sobre o design brasileiro?
Enormemente. Diria que se trata de um divisor de águas. Eu não tinha, de fato, ideia do que poderia encontrar aqui. Da riqueza dos materiais, da qualidade dos profissionais. Devo a Allard (Alexandre Allard, empresário francês, idealizador do projeto) mais esse gesto de amizade. Foi ele quem me apresentou os mármores, as madeiras, assim como tantos outros materiais, designers e fabricantes brasileiros que me ajudaram a conceber soluções de alta solidez e durabilidade. Valores que creio essenciais a esse projeto.

O senhor é um dos mais bem-sucedidos designers de todos os tempos. Suponho, evidentemente, que ao projetar não lhe seja possível prever se determinado objeto será, ou não, um best-seller ou um ícone, como tantos de seus projetos. Ainda assim, ao concluir um trabalho, o senhor tem algum tipo de intuição a esse respeito?
Sou um criador e, como tal, no momento da criação não estou sujeito a direcionamentos de qualquer espécie. Claro, obedeço a um briefing, mas o trabalho de marketing é algo posterior à criação. E algo que realmente não me diz respeito. Mas, ainda assim, há momentos em que concluo um trabalho e digo: Uau! Acho que cheguei lá! Isso acontece, acredito, com todos os produtos capazes de falar uma linguagem universal. Com todos aqueles que, efetivamente, estabelecem um acordo com seus usuários. É como um pedido de casamento para o qual eu acabo por receber um sim.

Escada escultural de mármore nas suítes dúplex 
Escada escultural de mármore nas suítes dúplex  Foto: Ruy Teixeira / divulgação
Banheira de mármore na sala de banhoBanheira de mármore na sala de banho Foto: Ruy Teixeira / divulgação
Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.