Carecas e pixies fazem a cabeça das modelos no SPFW

nohda-cabelos-curtos_2.jpg
Ana B., Zyom, Nala Salomé, Jaque Cantelli e Kátia André (Foto: Arthur Vahia)

Sucesso na Netflix, a série Stranger Things apresentou ao público uma turma de personagens-mirins apaixonante, na qual se destaca a misteriosa Eleven, vivida por Millie Bobby Brown. A atriz, de apenas 12 anos, ostenta cabelos raspados na produção e acabou por ditar tendência entre os adultos, como as passarelas da edição 42 do SPFW deixam bem claro: entre as modelos, quanto mais curto o cabelo, melhor.

Entre pixies e carecas, os comprimentos rente à cabeça foram bastante presentes no desfile do Experimento Nohda, por exemplo, onde a equipe do beauty artist Celso Kamura cortava os fios de algumas modelos no próprio backstage. Laís Bueno foi uma das tops a ajustar o corte pouco antes de vestir as roupas de Patricia Bonaldi, Lucas Magalhães e Luiz Cláudio. Dona de madeixas milimétricas há cerca de dois anos, a morena confirmou que a tendência dos curtinhos está mais presente nesta temporada: “eu conversei com meu agente, inclusive, sobre o que eles acham dessa tendência. Está bem forte desta vez e, curiosamente, os meninos estão com cabelos bem compridos. Acho que vai ficar assim por mais um tempo, mas já está começando a mudar para a outra temporada”. Cabelos curtos (Foto: Arthur Vahia)

Laís Bueno (Foto: Arthur Vahia)
Além de Laís, o casting desta edição da semana paulista também traz as modelos Zyom e Kátia André, ambas com máquina zero na cabeça, Nala Salomé, que optou pelo sidecut com flattop, e Ana Bacaro, Monique Santos, e Jaque Cantelli que, assim como Laís, ostentam cabelos à la Mia Farrow em O Bebê de Rosemary.

Go Back: Iódice  (Foto: Ricardo Toscani)Kátia André (Foto: Ricardo Toscani)

Kátia, que aos 20 anos faz sua primeira temporada, raspou os cabelos em fevereiro depois de adotar um joãozinho por pouco tempo. “Eu tinha um cabelão ruivo”, conta a modelo, “e tinha começado a procurar trabalho, mas não tinha muito espaço para quem saía do padrão, quem tinha tatuagem, era diferente, e eu não gostava da ideia de ter que mudar. Agora, nesta temporada, tenho visto os estilistas muito mais abertos às modelos de belezas variadas, incluindo as carecas!”. A newface também revela que apela mais para o masculino ou para o feminino dependendo do humor e que costuma raspar o cabelo até duas vezes por semana para manter o visual.

Go Back: Experimento Nohda (Foto: Arthur Vahia)Zyom (Foto: Arthur Vahia)

Zyom, também estreante aos 20 anos, raspou os cabelos em março depois de uma série de penteados. A gaúcha, que se mudou para São Paulo com uma amiga também careca, decidiu passar a máquina um porque precisava de uma mudança mais drástica. “Comecei a me inteirar mais em relação ao feminismo no final do ano passado e isso me estimulou muito a mudar”, conta, “queria me livrar dos excessos e é isso que eu sinto: liberdade”. A top adora apostar no visual agênero, mas, quando quer mais drama, gosta de valorizar ou os olhos ou a boca – “acho lindo o contraste”, explica.

Marcélia Freesz (Foto: Marcelo Salvador)Marcélia Freesz (Foto: Marcelo Salvador)

Quer adotar o look? Prepare-se para ter o rosto e o colo em evidência, o que abre espaço para ousar mais na maquiagem e nos acessórios. Fabi Gomes, maquiadora-sênior da MAC, é pontual: “quando você raspa o cabelo, não tem mais muletas, não pode bater cabelo. Então é bom arrumar um outro passatempo para se distrair! Acho que a pele tem que ser perfeita, impecável, independente se a ideia é um look andrógino ou mais montado. Quem quer apostar no genderless pode descer o contorno para definir o maxilar e ficar com traços mais masculinizados. Outra boa dica é focar no seu traço favorito: se for a sobrancelha, reforce. Se for a boca, aposte em um batonzão”.

Modelo Careca (Foto: Ricardo Toscani)Amanda Schön (Foto: Ricardo Toscani)

A beauty artist Amanda Schön – que raspou os próprios cabelos há cerca de dois meses – também tem recomendações para quem quer “zerar”. “Se você tiver cabelo comprido, corte bem antes de passar a máquina, porque ela pode puxar os fios e machucar o couro cabeludo. Mas aí não tem segredo: o corte pode ser feito em casa mesmo – eu faço a cada três dias para manter bem rente”. Amanda ressalta a importância de usar um protetor solar no couro cabeludo todos os dias, porque a pele na região é bem sensível, e indica as fórmulas em spray, que aderem à pele e não aos cabelos. E aí, vai ter coragem?  [Anita Porfirio]

Cabelos Curtos (Foto: Arthur Vahia)Monique Santos (Foto: Arthur Vahia)

9 coisas que só quem usa roupas básicas o tempo todo entende

1. Você carrega consigo a máxima “Básico, sim. Sem sal, nunca!”Blog Tudo OrnaBlog Tudo Orna


Só quem é adepto do estilo básico sabe muito bem que ainda assim é possível ser fashionista. Os truques de styling nesse caso reinam.

2. E ama o combo “preto e branco” como se fosse a única combinação de cores possívelWGSNWGSN


4. Ouve constantemente a frase “Como você consegue?”Reprodução PinterestReprodução Pinterest


“Você está usando uma calça jeans, uma camiseta e tênis e está mais elegante do que eu que estou de vestido. Como você consegue?”

5. Sabe como um armário básico é sinônimo de roupas versáteisReprodução PinterestReprodução Pinterest


Um dos muitos lados bons de estar sempre básica é que isso diminui bastante a chance de estar com o look exagerado para uma ocasião. Quando se está basic, se está pronta para tudo.

6. Pensa em listras ou, no máximo, xadrez quando falam em estampasReprodução PinterestReprodução Pinterest


7. Tem a certeza de que cinza não tem nada de monótonoWGSNWGSN


8. Fica feliz ao encontrar uma calça preta que não esteja repleta de brilhinhos, zíperes ou botõesWGSNWGSN


9. E já sabe há muito tempo que os tênis brancos, sem nenhum detalhe, são os melhores do mundo!WGSNWGSN

FENTY PUMA by Rihanna chega à loja do Cartel 011 no JK

fenty-puma-by-rihanna-aw16-collection_2.jpg

(Foto: Getty Images for FENTY PUMA)
A
primeira coleção da PUMA desenvolvida em parceria com Rihanna, que assumiu como diretora criativa da marca, vai começar a ser vendida no Brasil. A partir da próxima sexta (04.11), a FENTY PUMA by Rihanna estará à venda com exclusividade na loja Cartel 011 do Shopping JK Iguatemi, em São Paulo.

Entre os 28 modelos que chegam ao país em edição limitada estão tops de mangas longas, jaquetas volumosas, calças com modelagem amplas e acessórios, com preços que variam entre R$249,90 e R$7.999,90.

Visita guiada: casa masculina e eclética com elementos vintage

2-1Apesar de Matthew Meisner ser designer e trabalhar em sua própria agência, a Heirloom & Knot, uma parte da decoração de sua casa não foi escolhida por ele. O responsável por metade das decisões é seu parceiro Rick Bettencourt, com quem divide a casa. A intenção era que os dois contribuíssem igualmente para o lar, criando ambientes que agradassem a ambos.collected-eclectic4.jpgRick Bettencourt e Matthew (sentado) posam na sala de estar de sua casa no centro de Toronto.

Matthew e Rick moram em Toronto, em três andares divididos por 195 metros quadrados. Quando se mudaram, a casa já estava reformada e praticamente pronta – eles só precisaram caprichar na tinta branca, presente principalmente na sala, e adicionar alguns elementos de madeira para trazer aconchego.

Colecionadores de arte, viajantes e curadores de artigos vintage, o casal possui estilo de sobra. Isto se reflete no décor eclético de todos os ambientes.collected-eclectic7.jpgO destaque da sala é uma cabeça real de cervo, herança familiar de Matthew. Ela entrou para a família após seu tio atropelar o animal por acidente, decidindo honrá-lo desta forma. O jeito rústico de fazenda do enfeite é um toque inesperado ao espaço moderno, mas combina perfeitamente com o sofá de lã tartan sobre o qual fica.collected-eclectic3.jpgA base branca do living tem continuidade na sala de jantar, protagonizada por uma mesa redonda e cadeiras Wishbone, do dinamarquês Hans J. Wegner. Acima do aparador, o casal pendurou seis quadros que lembram manchas de tinta do teste Rorschach, aumentados e recortados de um papel de parede desenhado por Matthew.collected-eclectic6.jpgOutro papel de parede do designer foi colocado na cozinha – o Bettencourt Series 2, uma homenagem à seu parceiro. A geometria em tons marrons ajuda a aquecer o ambiente. Predominantemente preto, o espaço contrasta com a sala de estar.collected-eclectic2.jpgPrimeira peça que Rick e Matthew compraram juntos, uma balança antiga repousa na bancada da cozinha.collected-eclectic8.jpgO banheiro é cheio de engenhosidade: os triângulos pretos são, na verdade, adesivos cortados no tamanho dos azulejos brancos. A composição é uma brincadeira com a aparência clássica do padrão xadrez.collected-eclectic10 (1).jpgQuadros ocupam a parede acima da cabeceira no quarto do casal. Mas as pinturas nunca são as mesmas, mudando mais que exibições de uma galeria! Os dois compram itens novos sempre que algo chama a atenção, resultando em um décor rotativo. A própria roupa de cama, por exemplo, é renovada a cada estação.collected-eclectic9.jpg“Em qualquer lugar que olhamos, vemos algo que nos faz sorrir”, Matthew contou ao site Style at Home. No fim, é o amor pelo décor e pela arte que define a casa!collected-eclectic1.jpgCredits: Ashley Capp

App usa tecnologia à la Uber para entregar comida em 20 minutos

sushi1

Sassá Sushi: restaurante é o primeiro a oferecer entregas rápidas via app (Sassá Sushi/Divulgação)
São Paulo – Empresas como a
Uber e a 99Taxis rastreiam seus motoristas para que eles possam atender rapidamente os clientes mais próximos. Essa mesma tecnologia agora é usada pelo novo aplicativo do iFood, chamado SpoonRocket. Nesta semana, a companhia estreia seu novo modelo de entregas rápidas com o restaurante Sassá Sushi, em São Paulo.

O estabelecimento tem uma estrutura de preparação de alimentos que permite agilidade no preparo de uramakis, sashimis e hossomakis. A entrega em 20 minutos, entretanto, está restrita aos bairros Itaim Bibi e Jardins nesta fase inicial.

“Nosso algoritmo testa hipóteses rapidamente e descobre o melhor entregador para cada pedido”, afirmou Roberto Gandolfo, CEO da Spoon Rocket no Brasil.

App com vida nova

A empresa realinhou sua estratégia e encerrou operações nos Estados Unidos, seu país de origem, após a compra pelo iFood, em março deste ano. “Reformatamos o modelo de negócios e reabrimos a operação no mercado brasileiro. O que mudou? Eles trabalhavam com comida pré-pronta. A demora era só do tempo da entrega. Ele mostrava o melhor veículo para levar a comida até você. Aqui, não fazemos a comida, entregamos o que os restaurantes fazem”, declarou Gandolfo.

A oferta de pratos é diferente da vista no iFood. Você dificilmente vai encontrar pizzas por lá, mas há opções como sushi ou hambúrguer. Há cerca de 400 restaurantes cadastrados na plataforma, que já atenderam a mais de 50 mil pedidos no primeiro mês de operação, que foi restrita a alguns bairros de São Paulo, como Pinheiros, Itaim Bibi e Jardins. Neste início de operação, os pedidos mais recorrentes no aplicativo foram de comida árabe, hambúrguer gourmet, comida brasileira (parmegiana) e comida japonesa.

A meta da empresa é chegar a 800 restaurantes até março, quando encerra-se seu ano fiscal, e terminar 2016 com a operação expandida em São Paulo, chegando a bairros como Morumbi, e também ao Rio de Janeiro. A zona leste da capital paulista deve começar a ser atendida pela região do Tatuapé no início do ano que vem.

Até o final de novembro, a SpoonRocket oferece frete grátis nos pedidos feitos pelo app. Após esse período, a companhia trabalha com uma taxa que pode ser “de 7 a 8 reais”. Alguns pedidos têm a opção de serem super rápidos e não haverá cobrança adicional por isso num primeiro momento.

A decisão de lançar o SpoonRocket como um app distinto do iFood permitiu que ele recebesse recursos adicionais: rastreamento do entregador em tempo real; pagamentos online via cartão de crédito; e descrições detalhadas dos pratos.

Gandolfo conta ainda que a ideia do novo aplicativo não é oferecer uma plataforma de entregas para a classe A. “Não focamos no público elitista, mas no público que quer comer bem. Isso normalmente está vinculado a um preço mais alto. No app, há opções de boas hambúrguerias que cobram cerca de 50 reais por dois lanches”, afirmou o CEO.

De acordo com a Associação Brasileira de Bares e Restaurantes, esse mercado movimentou 9 bilhões de reais no ano passado.

Com seu novo modelo de negócios, a SpoonRocket se apresenta como uma opção de delivery, com entregadores próprios, para restaurantes brasileiros – cobrando taxa de 27% em cada pedido. [Lucas Agrela]

Música I Alicia Keys divulga canção inédita ‘Holy War’; ouça

alicia-b7e7e0d39018fe73b92a0125062129b4A cantora Alicia Keys divulgou nessa sexta, 28, ‘Holy War‘, uma das canções que estará em ‘Here‘, novo LP da cantora que será lançado no dia 4 de novembro.
Recentemente, a cantora liberou a inédita ‘Blended Family (What You Do For Love)‘, com participação de ASAP Rocky. Ela também assina ‘Back to Life‘, música que compõe a trilha sonora do longa ‘Queen of Katwe‘.

Gadgets I Samsung lança oficialmente o Galaxy S7 Edge na cor ‘Blue Coral’

edge-28163430433401Agora que a Samsung não tem mais um novo smartphone top de linha para vender no Natal, a empresa resolveu “requentar” um de seus melhores lançamentos até então: o Galaxy S7 Edge. A novidade é que, agora, ele chega ao mercado na cor “Blue Coral”, que tinha feito muito sucesso no finado Note 7. Imagens dessa versão do dispositivo já  tinham vazado na web há algumas semanas, mas o lançamento foi oficializado somente hoje.28163655885410-t1200x480Não há qualquer diferença de hardware entre o S7 Edge de outras e esse novo modelo, o que é algo positivo, já que o aparelho da Samsung era e ainda é um dos melhores dispositivos disponíveis no mercado internacional.

Lady Gaga comprou mais de 400 roupas do Michael Jackson

gaga 386CB74800000578-3792372-image-m-2_1474010833895.jpg

Para divulgar seu novo álbum Joanne, Lady Gaga está levando seus shows para dentro de diferentes bares norte-americanos e espera-se que ela estique sua “Dive Bar Tour” para o mundo. Além da estratégia inovadora, a cantora também performou no Saturday Night Live recentemente. Sua última investida para bombar o disco? Participar do Carpool Karaokequadro em que artistas dão uma pequena entrevista e cantam algumas músicas no programa The Late Show with James Corden.

No vídeo, a popstar aparece descontraída, fingindo de ser impaciente no trânsito. Em dado momento, ela até dirige o carro do apresentador. Durante a conversa, Gaga revelou que comprou mais de 400 peças de Michael Jackson. Já sabíamos que ela tinha adquirido as famosas luvas cintilantes que usou para divulgar seu álbum Born This Way, mas sua obsessão não para por aí. Ela também arrematou a icônica jaqueta vermelha usada pelo rei do pop no clipe de Thriller e mais várias roupas que ele vestia em seus shows.

Para os fãs que estavam aguardando ansiosos pelo momento em que a Mother Monster participaria do quadro, boa notícia: ele já está no YouTube! Assista abaixo:

Gisele Bündchen celebra o Rio de Janeiro na Vogue de novembro

s05_228364_r4
Gisele posa no terraço do Belmond Copacabana Palace, no Rio, com vestido Versace, brincos Isak Rodrigues e sandálias Alexandre Birman, ao lado de José (Zé) Ibarra, integrante da banda Dônica. (Foto: Nino Muñoz; styling: Yasmine Sterea; beleza: Henrique Martins)

Gisele Bündchen celebra o Rio de Janeiro na especialíssima edição de novembro da Vogue Brasil – tradicionalmente dedicada à Cidade Maravilhosa –, que chega nesta sexta-feira (28.10) às bancas de todo o Brasil. No recheio, a über conta por que se engajou na luta contra o desmatamento no País – bandeira que a levou até a Amazônia para participar de uma série do Nat Geo, que estreia por aqui este mês –, além de posar para um ensaio exclusivo no terraço do Belmond Copacabana Palace.

Gisele Bündchen (Foto:  Gisele Bündchen)Gisele posa no terraço do Belmond Copacabana Palace, no Rio, com vestido Versace, brincos Isak Rodrigues e sandálias Alexandre Birman, ao lado de José (Zé) Ibarra, integrante da banda Dônica. (Foto: Nino Muñoz; styling: Yasmine Sterea; beleza: Henrique Martins)

Em cena, Gisele surge tocando violão acompanhada da banda Dônica. Parte da nova geração da MPB, o grupo esbanja talento e estilo e já tinha sido tema de reportagem da Vogue em agosto do ano passado. “Ser fotografado ao lado de Gisele tinha tudo para ser difícil, mas foi natural e divertido”, conta José Ibarra, vocalista do quinteto, formado por Tom Veloso (caçula de Caetano e Paula Lavigne e responsável pelas composições do grupo), Miguel Guimarães (baixo), André Almeida (bateria) e LucasNunes (guitarra).

A top foi fotografada por Nino Muñoz, com edição de Yasmine Sterea e beleza de Henrique Martins.

Gisele Bündchen (Foto: Vogue Brasil)Gisele Bündchen (Foto: Vogue Brasil)

“Gisele nunca havia estampado a edição do Rio, e lá fomos atrás de uma brecha na agenda da übermodel que permitisse sanar essa ‘falha’.Como sempre ocupadíssima e econômica no tempo que passa longe da família, Gisele só poderia permanecer algumas horas na cidade. Logo, o conceito do editorial e da capa teria de ser prático e eficaz. Nada de perder tempo no trânsito se deslocando de uma locação para outra, nada de troca de maquiagem e afins. O diretor criativo Clayton Carneiro lembrou que Gisele gosta de tocar violão e sugeriu um ensaio em ritmo de bossa nova. Nunca havíamos feito uma capa carioca musical, e a ideia deu samba”, resume a diretora de redação Daniela Falcão, em sua carta da editora. Imperdível!

Gisele Bündchen (Foto: Vogue Brasil)Gisele Bündchen (Foto: Vogue Brasil)
Gisele Bündchen (Foto: Vogue Brasil)Gisele Bündchen (Foto: Vogue Brasil)