Avon reforça a importância da representatividade feminina com novo anúncio

1478634230196.jpg

Em parceria com a associação Mais Diferenças, a Avon lançou nessa semana uma campanha que reforça de maneira simples e clara a importância do espaço da mulher na sociedade e também na valorização das suas diferenças. Veja no vídeo acima.

Batizada de Dona Dessa Beleza, a campanha se propõe a bater mais uma vez na tecla de que cada mulher tem o seu estilo, que todas precisam ser tratadas com respeito e ter o seu espaço garantido. Não importa como ela seja, o que importa é que ela se sinta bem e se sinta mulher.

No vídeo a marca apresenta diversos padrões de mulheres, desde modelos plus size, transgênero, deficiente visual (com a participação especial da paratleta Terezinha Guilhermina) e uma com Síndrome de Down. Mulheres que são quem elas querem e que não precisam de ninguém para afirmar isso.

Paralelo a isso e aproveitando a Black Friday que se aproxima, a Avon irá adaptar todo o conteúdo de seu site para que ele se torne acessível para pessoas com deficiência, com a descrição de imagens, audiodescrição de vídeos, legendas e libras nos materiais da campanha. Presumidamente, essas adaptações devem continuar após o término da campanha – seria muito estranho se não fosse assim.

Não é de agora que a Avon se posiciona em assuntos que muitos julgam delicados mas que na verdade precisam ser abordados. Nesse ano por exemplo a marca já apoiou a causa LGBT dizendo que maquiagem é para todos e no ano passado usou sua linha de produtos para conscientizar as mulheres sobre a violência doméstica e a necessidade de denunciar os casos.

Esse é mais um passo importante no caminho do combate ao preconceito, seja de gênero, cor ou orientação, mas que as marcas não dependam somente de datas como o Dia da Mulher ou a Black Friday para mostrar que elas podem sim ser quem desejarem e sem precisar se importar com o resto.

Quer uma prova de que esse tipo de campanha ainda é importante? Basta olhar a quantidade de dislikes que o vídeo já recebeu no YouTube. E há quem diga que não existe preconceito.
A criação e produção é da agência Mutato. [Rafael de Almeida]

Modelo Natalia Castellar superou o bullying e aceitou suas sobrancelhas

aq14145362_665333910284709_1511145273_n

Cara Delevingne se tornou uma referência na moda por ter sobrancelhas marcantes, além, é claro, do seu óbvio talento para o mercado. Assim como Cara, a modelo teen Natalia Castellar também ganhou destaque pelas sobrancelhas que lhe dão um ar poderoso, mas diferentemente da britânica, ela nem sempre aceitou o seu próprio visual e revelou em entrevista à revista W que sofreu bullying por causa delas. Aos 17 anos, ela explica que foi difícil ficar em paz com a sua aparência porque muitas pessoas costumam fazer piada de seu visual.

“Quando eu era mais nova, elas eram tudo que as pessoas notavam. Eu sofria muito bullying porque elas são muito grossas e longas, então eu queria raspá-las. Um dia, eu estava a ponto de fazer isso quando a minha mãe me interrompeu. Foi só quando as sobrancelhas mais grossas viraram tendência que eu comecei a me sentir mais confiante. Agora, eu não me importo se é trendy ou não, eu simplesmente amo como elas são. Elas me diferenciam das outras modelos. São a minha marca registrada e eu gostaria de ter conseguido aceitá-las antes”, explicou.sap.jpg

Graças à sua irmã, que é fotógrafa, Natalia conseguiu muitos seguidores no Tumblr e no Instagram e começou a se aventurar no mercado fashion. Apesar de não ter contrato com nenhuma agência até o momento, ela já trabalhou para algumas pequenas marcas e conseguiu trabalhos com a Nars e a Mansur Gavriel.

Ao contrário do que muitas pessoas pensam, Natalia não faz nada para cuidar das sobrancelhas além de penteá-las com frequência porque isso estimula o crescimento dos fios.

Natalia, porém, ainda precisa lidar eventualmente com os haters que fazem comentários maldosos sobre a sua aparência no Instagram. “Muitos trolls deixam comentários horríveis sobre as minhas sobrancelhas, mas eu não costumo responder. Eu só desativo as minhas notificações porque quero que as redes sociais sejam o mais positiva possível!” [ELLE]

Moda I O novo tênis da Adidas foi feito com plástico retirado do oceano

O novo lançamento da Adidas é a prova máxima de que moda e sustentabilidade podem andar de mãos dadas. Desde 2015, a empresa uniu forças com a organização Parley for The Ocean – que se dedica a reduzir os resíduos de plástico no oceano – para trabalhar em um protótipo de sapato eco-friendly. O projeto finalmente saiu do papel e o resultado é surpreendente: o “Ultra BOOST Uncaged Parley” foi feito com o material descartado nos oceanos e é superfashionista.

Até o fim de 2017, a Adidas se comprometeu a produzir 1 milhão de pares do tênis, que possui em sua composição 95% de seu material proveniente do plástico retirado dos oceanos, e outros 5% de poliéster reciclável. Com esse lançamento, a marca esportiva dá um salto e lança o modelo mais eco-friendly até agora com 100% de recursos recicláveis. A empresa ainda vai além e diz que seu objetivo a longo prazo é reduzir completamente o uso de plástico virgem em suas produções.

O modelo ainda não tem previsão de lançamento no Brasil mas lá fora vai custar 220 dólares. Enquanto isso, veja o vídeo da campanha de lançamento:

Caroline de Maigret veste o sapato-desejo da coleção Cruise 2017 da Chanel

chanel-caroline-de-maigret_-the-derbies_003.jpg
CHANEL – Caroline de Maigret & The Derbies (Foto: Divulgação)

Para a wish list de verão: a Chanel convidou sua embaixadora Caroline de Maigret para vestir o sapato derby da coleção Cruise 2016/17 (desfilada em Cuba em maio passado), que promete conquistar em cheio os closets mais elegantes mundo agora.

Em um fashion film em preto e branco, a parisiense mostra como investir na estética genderless ao exibir os novos modelos com uma série de looks da maison. Disponível em diversas combinação de cores, incluindo rosa, prata, dourado, preto e branco, o modelo chega em dezembro às boutiques da grife no Brasil. Play!

CHANEL - Caroline de Maigret & The Derbies (Foto: Divulgação)CHANEL – Caroline de Maigret &The Derbies (Foto: Divulgação)
CHANEL - Caroline de Maigret & The Derbies (Foto: Divulgação)CHANEL – Caroline de Maigret &The Derbies (Foto: Divulgação)
CHANEL - Caroline de Maigret & The Derbies (Foto: Divulgação)CHANEL – Caroline de Maigret &The Derbies (Foto: Divulgação)

Bella Hadid confessa que não queria ter perdido tanto peso

bella-hadid-by-terry-richardson-4

Bella Hadid sabe que agora que foi escalada para um dos desfiles mais televisionados do ano, o Victoria’s Secret Fashion Show, muitos comentários sobre seu corpo vão acabar surgindo nas redes sociais, principalmente porque seu figurino deixa muita pele à mostra.

“Eu já perdi e ganhei peso”, explicou para a People. “O meu peso variou muito. Eu não tinha a intenção de perder peso. Eu quero os meus peitos. Eu quero o meu bumbum de volta. Mas não é minha culpa. O meu peso varia muito e é assim com muita gente também, e eu acho que julgar é o pior que você pode fazer porque todo mundo é diferente”.

Bella ainda explica que ela perdeu peso ‘acidentalmente’ por conta de uma dieta mais rígida e a rotina de exercícios intensa. “Eu me esforcei muito e tudo mundo fala ‘Ah, ela está muito magra, blá, blá, blá. Mas eu acho que se você focar em apenas uma coisa, você consegue realizar muito. Eu tenho comido proteína todos os dias e malhando de três a quatro horas por dia. É louco, mas eu acho que você sabe que se colocar a sua mente focada em uma coisa, você pode ser bem-sucedida”.

Mesmo quando viaja, a modelo prefere seguir à risca a sua alimentação e rotina de exercícios e dispensa a comida de avião sempre que pode. Apesar de tudo, ela explica que, como todo mundo, também tem inseguranças, e que isso não muda só porque ela está desfilando para a VS.

“Todos têm inseguranças. É loucura porque eu acho que quando as pessoas olham para as modelos da VS ou as outras meninas na passarela, elas pensam ‘elas não são humanas, não têm inseguranças’. Mas eu acho que todas as meninas que vão andar na passarela têm, sim, algum tipo de insegurança”.

Negócios I Twitter está recebendo ofertas pela compra do Vine

vine-android

O plataforma de vídeos curtos Vine pode ganhar uma nova vida em breve: segundo o site norte-americano de tecnologia TechCrunch, o Twitter recebeu inúmeras ofertas para aquisição do serviço, que exibe vídeos de até seis segundos.

De acordo com a publicação, a maioria das ofertas vem de empresas asiáticas, e surgiram após o Twitter anunciar que encerraria a plataforma, no último dia 27 de outubro.
Rumores dão conta de que, entre as empresas interessadas, estaria a empresa japonesa de mensagens e games Line, que abriu capital este ano. Segundo o TechCrunch, o Twitter já negou algumas ofertas pela plataforma – a maioria delas gira em torno de US$ 10 milhões pelo Vine, o que indica que o Twitter não deve ter uma receita significativa ao vender o sistema.
De qualquer forma, o Twitter ainda pode se beneficiar do Vine caso seu comprador mantenha a forte integração entre os dois apps – o Vine é um dos poucos sistemas que toca vídeos automaticamente no Twitter.
O Twitter se recusou a comentar o assunto.

Esta casa na colina de 1977 tem estilo bunker e parou no tempo

casas-01-2

Parcialmente subterrânea, cravada na colida de McLean, na Virgínia, Estados Unidos, esta casa leva assinatura de Donald Reed Chandler e tem estilo rústico
Uma das primeiras casas com telhado verde em uma berma nos Estados Unidos, esta morada é parcialmente subterrânea, cravada na colida de McLean, na Virgínia, Estados Unidos.

Reprodução | Apartment Therapy
02-casa-1977-bunker-virginia-colina

Em estilo bunker, a construção data de 1977 e leva assinatura do arquiteto Donald Reed Chandler, totalizando 159 metros quadrados, com três quartos e dois banheiros.

Reprodução | Apartment Therapy
03-casa-1977-bunker-virginia-colinaSituada em um terreno de 2,59 acres, a casa é cercada pela natureza.
No interior, a decoração charmosa parece ter parado no tempo. Na sala, um longo sofá de couro marrom percorre uma das laterais acompanhada por prateleiras. Ali, as vigas aparentes adicionam charme e chamam a atenção para a entrada de luz natural, abundante.

Reprodução | Apartment Therapy
05-casa-1977-bunker-virginia-colinaReprodução | Apartment Therapy

06-casa-1977-bunker-virginia-colinaNa ponta, a cozinha é toda equipada e leva revestimento de madeira. Já o quarto conta com um janelões que substituem duas paredes. O estilo rústico se repete pelo uso do concreto, madeira e xadrez.
Reprodução | Apartment Therapy
07-casa-1977-bunker-virginia-colinaA casa está à venda por 1,3 milhões de dólares.

Reprodução | Apartment Therapy
04-casa-1977-bunker-virginia-colinaReprodução | Apartment Therapy

08-casa-1977-bunker-virginia-colina
Reprodução | Apartment Therapy
09-casa-1977-bunker-virginia-colina

Reprodução | Apartment Therapy
10-casa-1977-bunker-virginia-colinaFonte: Apartment Therapy

A moda agora é usar top cropped por cima de tudo

top-por-cima
Usar o top por cima da blusa virou lugar comum nos looks do dia (Foto: Reprodução / Instagram)

O look em camadas pode ser uma tendência do inverno, porém, as últimas semanas de moda provaram que existe espaço para usar mais de duas peças de roupa em qualquer época do ano. Principalmente em vista do look anos 1990 que vem conquistando o mundo fashion.

Dentro desse clima vintage, usar tops por cima de blusas se tornou uma constante no cenário da moda, criando um novo estilo mais despojado e com um quê elegante. A ideia é colocar tops cropped por cima de camisetas e malhas, por exemplo, como uma forma de dar um up na produção.

Thassia Naves incorporou o visual ao seu guarda-roupa (Foto: Rerpdoução/Instagram)Thassia Naves incorporou o visual ao seu guarda-roupa (Foto: Reprodução/Instagram)

Por isso, é possível criar diversos tipos de looks com essa ideia. A blogueira Thassia Naves , por exemplo, é uma fã da combinação e se mostrou uma verdadeira representante do visual. Para ela, vale combinar blusas estampadas e mais soltinhas com tops no estilo bandagem e mais chiques e elegantes.

Até mesmo para um dia mais relax, é possível encarar o visual usando uma combinação de top de renda, por exemplo, com camisetas listradas e peças mais despojadas.

Tops de renda casam bem com camisetas (Foto: Imaxtree)Tops de renda casam bem com camisetas (Foto: Imaxtree)

Os tops de renda transparente foram um queridinho para essas produções e se tornaram um ponto mais chamativo em look bastante simples e minimalistas. Assim como, no street style, as camisas as campeãs dos looks em camadas, sendo combinadas com tops cropped listrados, lisos e de texturas variadas, como o couro.

Na hora de combinar, o ideal é optar por uma camisa ou blusa mais comprida e deixar a peça por cima da parte de baixo: ou seja, não colocar a camiseta por dentro da calça ou saia, para criar um efeito mais marcante e brincar com a ideia de uma das peças ser mais justa e a outra, mais soltinha no corpo. [Marie Claire]

Visita guiada: apartamento tem área social contínua e cheia de plantas

apto1

No duplex em Lisboa, os ambientes do andar de baixo são organizados ao longo de uma única parede, com painéis móveis para dar privacidade
Em um bairro dos anos 1930 em Lisboa, o duplex na cobertura do edifício ganhou um espaço social comprido e uma porção de plantas, na reforma assinada pelo Atelier Data.

Reprodução | Richard John Saymour | Dezeen
02a-apartamento-tem-area-social-continua-e-cheia-de-plantasReprodução | Richard John Saymour | Dezeen2b-apartamento-tem-area-social-continua-e-cheia-de-plantasIsso porque os ambientes do andar de baixo são organizados ao longo de uma única parede, com painéis móveis que permitem criar áreas com mais privacidade quando necessário. Na cozinha, por exemplo, eles escondem a bancada e a despensa.
Reprodução | Richard John Saymour | Dezeen

03-apartamento-tem-area-social-continua-e-cheia-de-plantasJá as plantas remetem às vistas de um jardim próximo ao prédio. Na varanda, as cadeiras verdes ficam entre as folhas.
Reprodução | Richard John Saymour | Dezeen
04-apartamento-tem-area-social-continua-e-cheia-de-plantasComo outro objetivo do projeto era separar os ambientes sociais da área íntima, os três quartos e os dois banheiros ficam no andar superior. Para trazer mais luz natural aos dormitórios, o telhado inclinado conta com claraboias retangulares.

Reprodução | Richard John Saymour | Dezeen
05-apartamento-tem-area-social-continua-e-cheia-de-plantasParedes brancas e piso de madeira se espalham pelo interior do apartamento de 180 metros quadrados.
Fonte: Dezeen