Kim Kardashian aparece em fotos inéditas de famoso ensaio nu no deserto

kim-3a7b96ea00000578-3947334-image-m-4_1479416143503

Kim Kardashian voltou a dar as caras nas redes sociais em fotos inéditas divulgadas no seu aplicativo, que está sob os cuidados de amigos de confiança. Nos mais recentes posts, foi a vez de Kesler Tran, assistente pessoal de Kim.
Nos cliques, feitos em maio, Kim aparece seminua – coberta apenas por uma toalha branca logo abaixo do bumbum – enquanto posa ao ar livre em um deserto da Califórnia. As imagens foram divulgadas na edição de setembro de 2015 da C Magazine.

kk-3a7b96f300000578-0-image-a-3_1479416008860

Cyndi Lauper e Debbie Harry, do Blondie, farão turnê conjunta

blonnDebbie Harry e Cyndi Lauper.
Cyndi Lauper e Debbie Harry, vocalista do Blondie, se encontraram no início do mês de novembro no estúdio da Warner Music, em Nova York, para gravar entrevistas para alguns canais de televisão e divulgar a turnê conjunta que as duas farão em abril de 2017 na Austrália. A banda The Clouds será responsável por abrir as apresentações.

Laís Ribeiro posa de “mamãe Noel” ultrasexy

lais-ribeiro (2).jpg
Laís Ribeiro (Foto: Reprodução/Instagram)

Amodelo e Angel brasileira Laís Ribeiro já está no clima do Natal. Para as festas de fim de ano da grife Victoria’s Secret, ela acaba de posar para uma foto em quem encarna uma “mamãe Noel” para lá de sexy, de lingerie vermelha e adereço de tule. “Desembrulhe o sexy, é a época certa, no final das contas”, comenta da top em inglês, no seu Instagram. De tirar o fôlego!

As marcas mais amadas pelos consumidores no mundo

  • Divertido – Se prende a atenção de uma forma divertida;
  • Relevante – Se fornece informações claras e personalizadas, relevantes para o consumidor e no momento certo;
  • Engajador – Se se relaciona com o consumidor e se adapta às suas expectativas;
  • Social – Se ajuda o consumidor a se conectar com os outros;
  • Útil – Se simplifica tarefas e organiza aspectos da vida do consumidor.

Segundo o estudo, que revela algumas tendências do marketing, não adianta mais marcas que criam experiências que as pessoas comentam. Agora, precisam ser experiências que as pessoas amam.

Outra tendência observada é chamada de “expectativas líquidas”, induzida pelas experiências no mundo digital e pela rápida troca de informações: quando o consumidor tem uma boa experiência em uma marca “líder”, ele leva essa expectativa para outras marcas, ele espera que elas tenham a mesma qualidade de serviço e experiência.

Assim, quando Netflix, Facebook ou Apple proporcionam uma boa experiência e se tornam amadas, os consumidores ficam mais exigentes e esperam o mesmo de outras marcas e serviços.
Países
Há certas diferenças no modo como os consumidores de cada país percebem as marcas.
Nos EUA, Apple e Microsoft aparecem no topo. E só entre os americanos marcas como Walmart e Fitbit aparecem no top 10.
No Reino Unido, Netflix e Google lideram. Sky e Ebay só aparecem entre os britânicos.
Já no Brasil, a Netflix lidera, seguida de YouTube – marca do top 10 citada só entre os brasileiros, assim como WhatsApp e LG.
Resultados
Ao todo, 70 marcas foram avaliadas – entraram na conta tanto suas ações no mundo físico quanto no digital.
Confira os resultados em cada país:

Brasil

lai

Estados Unidos

lai1

Reino Unido

lai2

10 maiôs incríveis para usar na cidade

body
Os bodys podem sair da praia e invadir os looks da cidade (Foto: Reprodução/Instagram)
Os maiôs voltaram com tudo para o mundo da moda e prometem continuar com força total no próximo verão. Porém, além de chamar atenção nas praias mundo afora, a peça também ganhou um status fashion a ponto de ser usada na cidade.
Isso significa que os maiôs podem ser combinados com calças e saias, indo do escritório para o happy hour. A ideia é optar por um modelo no estilo body: de um tecido diferente (como o veluldo, por exemplo), e um corte mais comportado – com um decote discreto, uma gola alta ou então mangas longas e soltas. A peça, muito sexy, fica ótima quando usada com uma calça de cintura alta e sapatos de salto. Jogue um blazer por cima para o expediente e troque a calça por uma saia mais ajustada no corpo para a noite.
Vale também investir em combinações com saia lápis ou calças no estilo pantacourt para aproveitar o melhor que o verão tem a oferecer. [Marie Claire]
Escolha o maiô perfeito para você (Foto: Divulgação)Escolha o maiô perfeito para você (Foto: Divulgação)

1. A.Niemeyer, R$ 665
2. Andrea Bogosian, R$ 1136
3. S.Trend, R$367,90
4. Forum, R$344
5. Mormaii Original, R$168

Combine os modelos com calça de cintura alta ou saia lápis (Foto: Divulgação)Combine os modelos com calça de cintura alta ou saia lápis (Foto: Divulgação)
1. Dimy, R$ 299,90
2. Cris Barros, preço sob consulta
3. Florinda, R$ 277,25
4. Tigresse, R$590
5. Giuliana Romanno, R$ 770

Dani Braga: “não adianta a embalagem ser bonita se o conteúdo não for bom”

19 dias and counting. O tempo não para e o relógio que marca os dias, horas e segundos restantes para o desfile da Victoria’s Secret está correndo. Ainda bem!  Ano após ano, a ansiedade para o incensado fashion show é tanta que a contagem do tempo para a primeira modelo cruzar a passarela envolve a imprensa, clientes da grife, pessoas curiosas e, claro, as principais modelos de todo o globo.

E o Brasil, aliás, está brilhantemente representado no casting do grande dia. Pela terceira vez consecutiva, Dani Braga se prepara para exibir suas curvas em lingeries provocantes. Enquanto não embarca para Paris, onde acontece a apresentação deste ano, a top bate um papo com a Vogue, e nos conta tudo: desde o trabalho como caixa de farmácia até curiosidades de backstage. Confira abaixo! [Camilla Bello]

Antes de ser modelo, você era caixa de farmácia na sua cidade, Taboão da Serra. Olhando para esse período da sua vida, o que mais mudou? O que a fama te trouxe? Sente falta de algo?
Antes de ser modelo, há seis anos, eu trabalhava em uma farmácia do Itaim Bibi, em São Paulo, e todos os dias precisava sair muito cedo de casa, pois morava em Taboão. Hoje moro em Nova York e viajo o mundo, então isso é uma grande mudança. Tive que passar pela adaptação de idioma e de cultura. Tudo isso exigiu um tempo, mas acabei me acostumando, afinal, são seis anos fora, né?! É muito bom ser reconhecida pelo seu trabalho, até porque ser modelo não é uma profissão fácil, então sentir o carinho e a admiração das pessoas que trabalham comigo e das pessoas que gostam do meu trabalho é muito gratificante.

Sente que existe um tipo de concorrência entre as modelos?
Concorrência com certeza existe, acho que em todo o tipo de trabalho e principalmente no meio fashion. Nesse universo, lidamos com autoestima, diferentes tipos de personalidades, trabalhamos diretamente com o nosso corpo, com a nossa aparência. Tudo isso acaba mexendo com o nosso lado mais sensível, e, além disso, são varias meninas com o mesmo biótipo se apresentando para o mesmo trabalho que você, então è impossível não ter competição numa hora dessas. Claro que eu acredito que as coisas funcionam como um pacote: não adianta a embalagem ser bonita se o conteúdo não for bom.

Já passou por alguma situação chata em relação a isso?
Já passei por varias situações chatas referentes à modelos que são bem competitivas, mas eu consigo me sair muito bem. Sei que, independentemente de quem chegou primeiro ou de quem está com o salto maior, a decisão final é do cliente e isso é uma coisa que está fora do alcance das modelos, então eu fico supertranquila.

Qual foi o elogio que você recebeu que mais te marcou? E a crítica?
O elogio que mais me marcou veio de Carine Roitfeld: ela disse que eu tenho todas as qualidades para ser uma grande modelo. E a critica veio da minha mãe, que um dia, cinco anos atrás, me disse que eu deveria parar de ser tão séria e ser mais brincalhona. Resolvi seguir o conselho e hoje os meus clientes me amam justamente por isso.

Como foi receber a notícia que iria desfilar novamente para a Victoria’s Secret?
Foi uma mistura de sentimentos. Fiquei feliz e surpresa. Eu sempre quis muito trabalhar para a marca e, desde que comecei, tinha a vontade de estar no fashion show. A vibe, as cores, a alegria das modelos no backstage, na passarela, é tudo muito incrível! Esta é a terceira vez que estou realizando o sonho de desfilar para eles e este ano vai ser ainda mais especial, já que a apresentação vai acontecer na minha cidade favorita: Paris.

É certo que você desfila nos próximos anos ou precisa participar de um casting como todas as meninas novatas?
O casting só é feito uma vez. O time já me conhece por trabalhar comigo no dia a dia e por todos os desfiles que já fiz com eles, então quando chega a época de castings o meu nome já esta na lista de call back. O que eu faço é ir conversar com eles no dia marcado, para mostrar como está a minha passarela, depois disso é só esperar pela ligação da agência.

Conta pra gente: como é o processo de fitting?
Depois da confirmação do show, eles marcam o dia da prova de roupa. Quando você chega, eles já têm em mente a roupa que querem que você use. Então é só provar, fazer os ajustes necessários, andar para checar se esta tudo ok e beijo, tchau, te vejo no show (risos).

Em Paris, vocês ficarão todas juntas?
O hotel em Paris vai ser fechado para o grupo. Ficamos juntas lá, inclusive nos dias seguintes, quando tudo acaba e eu volto para NY.

Como é a sua relação com as outras meninas que irão desfilar?
No geral, eu sempre tive um bom relacionamento com as modelos, acho que, antes de tudo, temos que respeitar o trabalho de quem está conosco, até porque estamos no mesmo barco. Na Victoria’s Secret também não tenho nenhum problema, as meninas são todas tranquilas e, quando uma ou outra está tensa ou estressada, procuro apenas dar o tempo que elas precisam para relaxar.

Com quais delas você tem um relacionamento fora das passarelas?
Com a maioria. Tenho algumas delas no Whatsapp, outras no Instagram, outras no Snapchat. Quando estamos na mesma cidade, sempre fazemos algo juntas, vamos ao parque, ao cinema, ou,  até mesmo, lanchamos em algum lugar.

Como você faz para segurar a ansiedade nesses dias que antecedem o desfile? Tem algum truque?
Os dias antes do desfile são tranquilos, a ansiedade vem mesmo é no dia do show. Aí eu faço tudo o que me dizem: respiro fundo, conto até dez, canto, danço, faço de tudo um pouco…  Mas eu gosto muito de ler, isso me relaxa. Por isso, sempre que preciso me acalmar, leio.

Tem um ritual que costuma fazer minutos antes de entrar na passarela, para aliviar de vez a tensão?
Agachamento e respiração profunda. Daí é só pedir a benção e arrasar!

Como você se prepara nesse período pré-desfile? Tem uma rotina de treinos e dietas?
Sim. Antes do show, sempre procuro cortar besteiras do meu cardápio, evito chocolate, sorvete, batata frita… Também faço de 1h30 a 2 horas de exercícios todos os dias. Depois do show, dou uma maneirada nos treinos e volto a comer meus doces (risos).

E durante o resto do ano, você costuma fazer dieta ou algum exercício específico?
Eu tenho muita facilidade de perder peso, então eu não costumo fazer dieta, mas faço exercício para manter o shape e trabalho sempre a barriga.

Como é a sua alimentação normalmente? É mais regrada ou chega a comer frituras e coisas mais gordas? Ah, e além do chocolate, qual o seu guilty pleasure?
Eu tenho uma alimentação supernormal. Como carne e, de vez em quando, fritura e doce. Adoro sorvete, mas não deixo os exercícios de lado, são eles que me ajudam a manter a forma.

Delfina Delettrez cria o mais novo relógio da Fendi

fendi-delfina-delettrez-1.jpg
Designer de joias e uma das herdeiras do império Fendi, Delfina Delettrez é quem assina o mais novo relógio da grife italiana, lançado na noite de quarta-feira (16), em Nova York. Batizado de Polichromia, o modelo foi inspirado na cidade de Roma e no Fendi Palazzo, e surge em 20 combinações de cores diferentes – todas mesclando ouro, diamantes e outras pedras preciosas. Por enquanto, não há data definida de chegada da joia no Brasil.

Para celebrar a novidade, Delettrez escalou o diretor Daniel Sannewald para criar um vídeo de perfume mezzo art déco, mezzo futurista, que mostra o relógio flutuando em uma versão gráfica do Fendi Palazzo.
Aperte o play e confira abaixo:

CINEMA | Estreias Da Semana: Animais Fantásticos e Onde Habitam, Elle, Um Estado de Liberdade, Sob Pressão…

elle-3352463675

Confira agora os filmes que chegam às telas em 17 de novembro

Elle

O filme conta a história de Michèle, uma executiva séria e dona de uma empresa de vídeo games que é estuprada em casa por um assaltante desconhecido. Ela começa a perseguir o homem em um jogo que pode sair do controle a qualquer momento.

Drama, Suspense – (Elle) França, Alemanha, Bélgica, 2016. Direção: Paul Verhoeven. Elenco: Isabelle Huppert, Laurent Lafitte, Anne Consigny. Duração: 100 min. Classificação: 16 anos.

Animais Fantásticos e Onde Habitam

As aventuras do escritor Newt Scamander na sociedade secreta de bruxas e bruxos nova-iorquina 70 anos antes da leitura de seu livro por Harry Potter.

Aventura, Fantasia – (Fantastic Beasts and Where to Find Them) EUA, Reino Unido, 2016. Direção: David Yates. Elenco: Eddie Redmayne, Katherine Waterston, Colin Farrell. Duração: 93 min. Classificação: 12 anos.

Um Estado de Liberdade

O destemido agricultor do Sul, Newt Knight, lidera uma rebelião armada contra a Confederação. A partir de sua união com outros pequenos agricultores e escravos locais, Knight incita uma revolta para se separar da Confederação e criar um estado livre. Ao longo dos anos, ele continua sua luta e enfrenta muitos outros desafios, além da Guerra Civil.

Ação, Biografia, Drama – (Free State of Jones) EUA, 2016. Direção: Gary Ross. Elenco: Matthew McConaughey, Gugu Mbatha-Raw, Keri Russell. Duração: 139 min. Classificação: 14 anos.

Sob Pressão

Em um dia bastante tenso, com um cenário típico de guerra, os médicos de um hospital público, acostumados com uma dura realidade, vão ter que enfrentar mais uma tensa decisão quando três pacientes em estado grave precisam de socorro ao mesmo tempo. Com poucos recursos, eles precisam atender a todos e lidar com as pressões sociais daquela situação.

Ação, Drama – Brasil, 2016. Direção: Andrucha Waddington. Elenco: Julio Andrade, Marjorie Estiano, Andrea Beltrão. Duração: 85 min. Classificação: a definir.

O Amor de Catarina

Rose deveria ter a vida perfeita. Porém, após descobrir que está sendo traída por seu marido, o que antes era vazio, se torna escombros. Na tentativa de recomeçar, de redescobrir a si mesma e as pessoas que ama, Rose acaba encontrando combustível na mais inusitada das fontes: As rocambolescas reviravoltas da novela “O Amor de Catarina”, a nova febre nacional.

Drama – Brasil, 2014. Direção: Gil Baroni. Elenco: Kéfera Buchmann, Greice Barros, Ciliane Vendruscolo. Duração: 95 min. Classificação: Livre.

Maresia

Obcecado pela obra e pela persona de Emilio Vega, um mítico pintor desaparecido há anos, o perito em arte Gaspar Dias recebe a visita de um senhor que diz ter conhecido o artista que ele idolatra durante a juventude. Apresentando um quadro para ser autenticado, o encontro começa a misturar passado e presente, falso e verdadeiro.

Drama – Brasil, 2016. Direção: Marcos Guttman. Elenco: Julio Andrade, Pietro Mario, Vera Holtz. Duração: 89 min. Classificação: 14 anos.

Depois da Tempestade

Ryota gasta o dinheiro que faz como detetive particular em apostas e mal consegue pagar a pensão de seu filho.

Drama – (Umi yori mo mada fukaku) Japão, 2016. Direção: Kore-eda Hirokazu. Elenco: Hiroshi Abe, Yôko Maki, Taiyô Yoshizawa. Duração: 117 min. Classificação: a definir.

Coragem

Através de um programa social, um jovem brasileiro é introduzido, ainda criança, no universo da música clássica, tornando-se um dedicado estudante de violoncelo. Durante seus estudos ele conhece Diana Ligetti, uma romena, musicista reconhecida internacionalmente e professora do Conservatório de Paris.

Documentário – Brasil, França, 2016. Direção: Sebastião Braga. Duração: 72 min. Classificação: Livre.

As Confissões

Em um hotel de luxo na Alemanha, um G8 dos ministros de economia está para se reunir pronto a adotar uma manobra secreta que afetará gravemente alguns países. Além deles, também está ali um monge italiano, Roberto Salus. Um fato trágico e inesperado faz com que a reunião seja suspensa. Em um clima de dúvida e medo, inicia-se um embate: os ministros suspeitam que Salus, por meio da confissão de um deles, tenha descoberto sobre a terrível manobra, e fazem de tudo para que ele diga aquilo que sabe.

Drama – (Le confessioni) França, 2016. Direção: Roberto Andò. Elenco: Toni Servillo, Daniel Auteuil, Pierfrancesco Favino. Duração: 100 min. Classificação: a definir.

Marias

Uma jornada pelo feminino através das festas marianas da América Latina. A diretora viajou pelo Brasil, Cuba, México, Peru e Nicarágua acompanhando as festas das padroeiras desses países, todas Nossas Senhoras, observando as semelhanças e diferenças entre suas culturas e buscando vozes com grandes histórias para contar.

Documentário – Brasil, 2016. Direção: Joana Mariani. Duração: 76 min. Classificação: Livre.

BR 716

Em meio a complicada situação políticia do Brasil durante a década de 60 a boemia carioca vive. Felipe, engenheiro e aspirante a escritor, vive uma vida regada aos prazeres do álcool e festas no apartamento dado por seu pai, localizado na famosa rua Barata Ribeiro, em Copacabana.

Drama – Brasil, 2016. Direção: Domingos de Oliveira. Elenco: Caio Blat, Sophie Charlotte, Maria Ribeiro. Duração: 85 min. Classificação: 14 anos.

Creepy

Takakura, um ex-detetive detetive da polícia de Tóquio, é agora professor de psicologia criminal na universidade. Esperando que esta nova carreira o leve a uma vida mais tranquila, ele e sua esposa Yasuko se mudam para um tranquilo bairro no subúrbio. Embora Takakura tenha se afastado completamente do trabalho policial, ele não pode conter sua curiosidade quando Nogami, seu ex-colega, pede um conselho sobre um caso sem solução: o estranho desaparecimento de uma família que aparentemente fugiu de casa e seus corpos nunca foram encontrados.

Suspense – (Kurîpî: Itsuwari no rinjin) Japão, 2016. Direção: Kiyoshi Kurosawa. Elenco: Yuko Takeuchi, Hidetoshi Nishijima, Teruyuki Kagawa. Duração: 130 min. Classificação: 14 anos.

Stella McCartney fala sobre sustentabilidade em faculdade de moda!

stella-mccartney-stella-mccartney-jumpsuit-1

Stella McCartney solta o verbo sobre sustentabilidade e veganismo em bate-papo na London College of Fashion, em Londres!

Desde 2014 rola anualmente no London College of Fashion – uma das faculdades de moda mais bem conceituadas do mundo – o “The Kering Talks”, promovido pela grupo Kering (dona de marcas como Gucci, Bottega Venetta, Balenciaga, Saint Laurent, Alexander McQueen e Stella McCartney) pra discutir assuntos relacionados ao mercado e à sustentabilidade na moda com profissionais da indústria, estudantes, jornalistas e especialistas de outras disciplinas. Dessa vez, a convidada pra um bate-papo foi a Stella McCartney, que não poderia deixar de falar sobre o veganismo e a moda ética!

A estilista reafirma sua posição de proteção aos animais e clama por melhorias sustentáveis na indústria da moda, que é uma das mais nocivas do planeta. Ela diz também que conseguiu convencer outras marcas a parar de usar pele, dizendo que “ninguém nota a diferença entre uma falsa e uma verdadeira, e portanto não é necessária a morte de milhões de animais indefesos.”

Fica a dica da estilista: “Seja consciente do que consome. Uma coisa que esquecemos é de que fazemos nossas escolhas. É muito importante saber o que você está consumindo, perguntar, reduzir o consumo de carne, olhar como você vive sua vida e como isso traz impacto ao meio-ambiente. Pergunte a si mesmo, pergunte às grandes corporações; qual é o porquê deles usarem materiais como PVC e por que aquele relógio custa £ 3? O que aconteceu nesse processo?” Serve pra todos nós, certo? [Lilian Pacce]