Gigi Hadid: “Eu estou escolhendo o que vou mostrar para vocês”

gigi-hadid-vanity-fair-italy-2016-01-662x919Uma gigante nas redes sociais, Gigi Hadid anunciou no começo deste mês que vai tirar uma folga de aplicativos como Instagram, Twitter e Facebook no novo ano. A modelo explicou que não pretende deletar as suas contas permanentemente, mas apenas apagar os apps do seu celular por um mês.

“Isso é empoderador para todo mundo porque, no fim do dia, eu estou escolhendo o que vou mostrar para vocês. Uma boa parte do mundo sente um direito de fazer parte disso e comentar sobre a vida das outras pessoas, o que é uma loucura e algo muito novo para os seres humanos”, explicou ela para a ELLE UK.

Gigi, que se tornou uma das maiores modelos do ano, ao lado de nomes como Kendall Jenner, Hailey Baldwin e da própria irmã, Bella Hadid, comentou ainda que a escolha de fazer uma pausa nas redes sociais é dela e apenas dela e que isso será usado como uma forma de ela focar o tempo nos seus relacionamentos na vida real além da sua carreira de modelo.

“Se você quiser me apoiar e ainda me seguir, eu vou ser muito grata, mas se você for negativo e não gostar do fato de que eu vou ser humana por um mês, então eu não quero que você me siga de qualquer maneira. É empoderador para todo mundo escolher quando estar lá [nas redes] ou não. Isso não precisa definir as nossas vidas”.

Com mais de 27 milhões de seguidores no Instagram, Gigi reconhece a importância que a internet e as próprias redes tiveram na sua vida, mas entende que o seu sucesso não está totalmente ligado ao fato de ela ser famosa online.

“Eu sou muito grata pelas redes sociais porque me deram muito na minha carreira, mas eu também respeito a minha carreira sem elas. Eu quero focar a minha atenção no meu trabalho como uma arte e nos relacionamentos que são significativos para mim – não por causa de contratos ou dinheiro, mas na forma como eu inspiro os designers e como eles me inspiram”, completou.

Coroa britânica anuncia nomes que serão condecorados em 2017

anna-modfa

Anna Wintour (Foto: Camila Guerreiro)
A Rainha Elizabeth divulgou neste sábado, dia 31.12, sua lista dos nomes que receberão honrarias da coroa britânica no decorrer do ano seguinte.

Dentre os homenageados de 2017 pela contribuição ao universo da moda estão Anna Wintour, inglesa por trás da Vogue americana e diretora artística da Condé Nast, a designer Anya Hindmarch, a estilista Victoria Beckham, Imran Amed, fundador do Business of Fashion, Terry Jones, fundador da i-D e Simon Ward, ex-chief operating officer do British Fashion Council.

Wintour receberá o título de Dame Commander of the Order of the British Empire (DBE) pelos serviços prestados à indústria da moda e do jornalismo, unindo-se a um rol da fama que já conta com mulheres como  Vivienne Westwood, Judi Dench e Natalie Massenet. Este é o segundo título da editrix, que em 2008 recebeu o OBE, ou Officer of the Most Excellent Order of the British Empire – segundo o comunicado oficial, esta nova honraria é um reconhecimento a sua contínua contribuição e ajuda a talentos emergentes.

“Anna Wintour tem sido uma incansável defensora de estilistas estabelecidos e em ascensão. Só no Reino Unido ela ajudou a promover as carreiras de talentos como Sarah Burton, John Galliano, Christopher Bailey, Erdem Moralioglu e Christopher Kane”, disse o porta-voz da realeza ao divulgar a lista.

Já Hindmarch receberá o título de Commander of the Order of the British Empire (CBE), enquanto Victoria Beckham será homenageada com o OBE, ou Officer of the Most Excellent Order of the British Empire, fato que deixou a estilista “encantada e intimidada por este reconhecimento”.
Ward, Amed e Jones também receberão o OBE.

Vogue Mexico Janeiro 2017 Joan Smalls by Jason Kibbler

vogue-mexico-january-2017-joan-smalls-by-jason-kibbler-6

Fotografia: Jason Kibbler
Styled by: Patrick Mackie
Hair: Michael Silva
Makeup: Fulvia Farolfi
Model: Joan Smalls

Este slideshow necessita de JavaScript.

Hoyeon Jung & Sam Rollinson na Vogue Japão February 2017 by Marcus Ohlsson

jpp
Time To Party
Vogue Japão Fevereiro 2017
www.vogue.co.jp
 Fotografia: Marcus Ohlsson
 Model: Hoyeon Jung & Sam Rollinson
 Styling: Charles Varenne
 Hair: Martin Cullen
 Make-Up: Fredrik Stambro
 Manicure: Mike Pocock

Este slideshow necessita de JavaScript.

Total branco: muitas opções para você montar o look de Ano Novo

02-2
Confira opções para quem quer adotar o look total branco (Foto: Imaxtree)

O dia 31 se aproxima e se você é time das mulheres tradicionais, então provavelmente vai escolher branco para a ocasião. Isso significa que é hora de buscar o look ideal para a festa de ano novo – isso, claro, se você já não tiver montado o look!

Mas quem ainda está indecisa sobre o que usar e quer aproveitar a semana entre uma festa e outra para pensar com carinho na produção, pode aproveitar esta seleção de Marie Claire para se inspirar e e criar um visual inteiro branco para a ocasião.

Look total branco (Foto: Divulgação)Look total branco (Foto: Divulgação)

1. C&A, R$ 179,90
2. A. Niemeyer, R$ 1.682
3. Alphorria, R$ 1324,75
4. Coca-Cola Jeans, R$ 288
5. Strend, R$ 413,90
6. Maria Filó para Shop4gether, R$ 218,90

Look total branco (Foto: Divulgação)Look total branco (Foto: Divulgação)

1. Cris Barros, preço sob consulta
2. Elegance, R$ 581,80
3. Florinda, R$ 432,25
4. Iódice, R$ 1.078
5. J.Chermann, R$248
6. Forum, R$ 288

Look total branco (Foto: Divulgação)Look total branco (Foto: Divulgação)

1. Andrea Bogosian, R$ 225
2. TVZ, R$ 229,90
3. Petite Jolie, R$ 134,90
4. Luiza Barcellos para Zattini, R$ 318,90
5. Isabella Piu para Zattini, R$319,90
6. Seiko, R$1.198

Twitter quer liberar edição de tweets, mas existem problemas na ideia

twitter-building-620x349.png

Jack Dorsey, CEO do Twitter, está consultando alguns usuários na rede social sobre quais recursos eles gostariam de ver no site no próximo ano. Entre um dos mais pedidos está a capacidade de edição de tweets, e Dorsey está interessado nisso.sass

O executivo declarou que ficou feliz ao ver que esse desejo é compartilhado por muitos usuários na rede social, mas ressalta que não é uma tarefa fácil.sass1

Apesar de parecer simples, a edição pode comprometer a dinâmica do Twitter. Imagine alguém que publicou um tweet falando “eu adoro filhotes de cachorro” e recebeu 23.183 retweets; agora imagine que meses depois esta pessoa resolveu editar esta publicação para afirmar que “Hitler não fez nada de errado” e manteve a quantidade de compartilhamentos. Apesar disso, resta esperar para saber como Dorsey e o Twitter atenderão aos pedidos dos usuários.
Via The Verge

Google quer dobrar número de anunciantes de aplicativos no Brasil em 2017

google3.jpg

SÃO PAULO (Reuters) – O Google pretende dobrar em 2017 o número de anunciantes de aplicativos no Brasil, com novas ofertas para sua campanha de marketing de aplicativos, chamada Universal App Campaign (UAC).

Segundo representantes do Google no Brasil, a procura pelo serviço de anúncios de aplicativos no Brasil tem crescido, com expansão de 165 por cento nos investimentos de anunciantes na promoção de apps neste ano em comparação com 2015. A empresa não informa valores.

O Google criou a Universal App Campaign (UAC), uma unidade do departamento de anúncios da companhia, em outubro de 2015, com foco na criação de campanhas de marketing para fomentar o download de aplicativos.

“Bancos, empresas de turismo, empresas de telefonia, eles estão olhando muito para aquele usuário que está disposto a gastar 30 megabytes do celular deles com o aplicativo”, disse o especialista em soluções para apps do Google Brasil, Felipe Almeida.

De acordo com a companhia, a UAC consegue selecionar os perfis de usuários potencialmente mais interessados em aplicativos específicos e, desta forma, cria uma taxa maior de downloads e provável conversão destes em consumo ou utilização dos serviços.

Entre as principais novidades oferecidas pela campanha está a criação de espaços de destaque dedicados aos anúncios de aplicativos na loja de apps da empresa. O Google também planeja para a nova fase da campanha oferecer novos formatos de anúncios para o serviço de email Gmail e também espaço publicitário de textos integrados aos conteúdos no YouTube.

Em meados deste mês, o diretor de relações institucionais do Google Brasil, Marcelo Lacerda, afirmou à Reuters que acredita que o ritmo de crescimento da publicidade online no país deve se manter estável no próximo ano mesmo com as perspectivas de um ano ainda difícil para a economia. Como um todo, o Google teve um aumento de 20 por cento na receita global no terceiro trimestre, para 22,45 bilhões de dólares, apoiada em anúncios em dispositivos móveis e no YouTube. [Natália Scalzaretto]

Apple vai cortar produção de iPhone no 1º trimestre de 2017, diz jornal ‘Nikkei’

apple-store-nova-york

(Reuters) – A Apple vai cortar a produção de iPhones em cerca de 10 por cento no primeiro trimestre de 2017, informou o jornal financeiro diário Nikkei, citando cálculos baseados em dados de fornecedores.

A empresa cortou a produção em 30 por cento no primeiro trimestre deste ano devido ao estoque acumulado, disse o jornal.

Às 16h18 (horário de Brasília) as ações da Apple recuavam 0,87 por cento, em linha com o índice Nasdaq.

Uma porta-voz da Apple se recusou a comentar a reportagem.
(Por Aishwarya Venugopal, em Bengaluru, e Stephen Nellis, em San Francisco)

Relembre os fashion films mais legais do ano

The One Day – Miu Miu

Kenzo World – The New Fragance
Gucci com Petra Collins
Come Together – H&M (Dirigido por Wes Anderson)
The Uncanny Valley – Stella McCartney
Gucci Stories: The Myth of Orpheus and Eurydice – Dirigido por Gia Coppola
Kanye West – Wolves (Balmain)
Stella McCartney – Pop Perfume com Lourdes Maria e Grimes