A nova leva de mochilas da Farm com a JanSport

20117-farm-jansport-mochila-04-505x600

Fez tanto sucesso que está de volta: uma nova leva da parceria entre a Farm e a JanSport!
O ano começa com novidade boa pras fãs da Farm: a marca acaba de lançar uma nova leva de sua parceria com a JanSport! Parece que a 1ª deu certo, né? São mais 3 estampas, cada mochila saindo por R$ 279 (ou seja, o mesmo preço das anteriores) – e agora ainda tem uma coleção de lenços (R$ 98 cada) pra amarrar na mochila e fazer um charme!
Farm: (21) 2540-0082

Samsung revelará resultados de investigação sobre Galaxy Note 7 este mês, diz jornal ‘JoongAng Ilbo’

samsung-2016-11-08t025632z_425199248_s1aeulopiuaa_rtrmadp_3_southkorea-politics-e1478599763112

Meses após os primeiros casos de explosão envolvendo o Galaxy Note 7, a Samsung anuciará este mês os resultados de uma investigação sobre o que fez com que alguns de seus smartphones pegassem fogo. As informações foi divulgada nesta segunda-feira, 2, por um jornal da Coreia do Sul, JoongAng Ilbo, citando fontes não identificadas.

A fabricante de celulares disse em outubro que estava examinando todos os aspectos do telefone, sugerindo que poderia haver uma nova combinação de fatores que contribuíram para uma das mais caras falhas de segurança do produto na história da tecnologia.

A maior fabricante de smartphones do mundo alertou sobre um impacto negativo de US$ 5,1 bilhões em seu lucro operacional por três trimestres após a decisão de suspender permanentemente as vendas do Galaxy Note 7 em outubro.

Investidores e analistas disseram que é fundamental para a Samsung identificar a causa dos incêndios, a fim de reconstruir a confiança do consumidor e evitar repetir os mesmos erros.
Um porta-voz da Samsung Electronics recusou-se a comentar. [Reuters]

Brilho: saiba como dar um up na maquiagem em 2017

brilho-maquiagemColocar mais brilho nos lábios e nos olhos com gloss e cores metalizadas são algumas formas de mudar o visual sem precisar de muito. (Foto: Imaxtree)

Não existem dúvidas de que o brilho veio para a ficar. Principalmente nas maquiagens, foi-se o tempo em que usar produtos que são totalmente opacos eram a regra na moda, e a ideia agora é colocar o máximo de brilho na maquiagem – até mesmo investindo no glitter.

Mas, se você não tem ideia de como começar, nós podemos te ajudar. Siga as dicas a seguir para variar o visual de sempre e dar up nas suas produções – inclusive para as festas de fim de ano! [Marie Claire]

1.Contaste com o matte
Sim, a era do total matte se foi, mas isso não significa que os produtos opacos agora são persona non grata na beleza. Pelo contrário. Usar um batom matte combinado com um gloss dá brilho e volume para os lábios, por exemplo, sem exageros. Comece passando uma camada de batom opaco, depois coloque um lenço de papel delicadamente sobre os lábios e aplique pó translúcido na região por cima do lenço – uma parte do pó vai ficar na boca mesmo com a barreira. Repta a aplicação entre 3 e 4 vezes e então coloque o gloss apenas no centro dos lábios. Volume na hora!

2.Brilho hidratante
Colocar um pouco de brilho na pele passa sensação de uma cútis mais saudável e iluminada. Um truque para conseguir esse resultado é misturar um pouco de iluminador líquido na sua base antes de passar o produto no rosto. Depois, coloque um pouco mais de iluminador nas maçãs do rosto, para deixar a produção inteira mais radiante, mas ainda assim com um ar natural.

3.Olho esfumado metálico
As cores metálicas também estão em alta, e elas podem ser o destaque da sua maquiagem. Invista em um olho esfumado usando um tom de azul ou verde metálicos como base, por exemplo, e combine com sombra prata ou dourada no canto interno dos olhos, para iluminar ainda mais o olhar. Camadas de máscara para os cílios completam a produção e deixam o look ainda mais marcante.

Truque de styling: use pintas animalier com vermelho-sangue

onca-corada-num-1

1. Valentino R$ 6.980 2. Bottega Veneta R$ 2.540 3. Alexandre Birman R$ 1.885 4. Dolce &Gabbana 5. Marni 6. Longchamp R$ 7.790 7. Maria Filó R$ 249 (Foto: Imaxtree e Rafael Evangelista (Stills))

Saia da toca vestindo a combinação mais quente para a working woman poderosa: pintas e animalier e vermelho-sangue.

Vogue Brasil mostra ao longo desta página uma seleção de roupas e acessórios para aderir já a esta tendência!

1. Carmen Steffens R$ 400 2. Dvf R$ 2.400 3. Jimmy Choo R$ 4.010 4. Dolce & Gabbana R$ 12.100 5. Ralph Lauren R$ 6.700 6. Tiffany & Co. R$ 3.335 7. Gucci (Foto: Imaxtree e Rafael Evangelista (Stills))1. Carmen Steffens R$ 400 2. Dvf R$ 2.400 3. Jimmy Choo R$ 4.010 4. Dolce & Gabbana R$ 12.100 5. Ralph Lauren R$ 6.700 6. Tiffany & Co. R$ 3.335 7. Gucci (Foto: Imaxtree e Rafael Evangelista (Stills))
1. Ana Hickmann R$ 489 2. Andrea Conti R$ 15 Mil 3. Calvin Klein Jeans Na Marchon R$ 420 4. Bo.bô R$ 2.498 5. Just Cavalli 6. Dior (Foto: Imaxtree e Rafael Evangelista (Stills))1. Ana Hickmann R$ 489 2. Andrea Conti R$ 15 Mil 3. Calvin Klein Jeans Na Marchon R$ 420 4. Bo.bô R$ 2.498 5. Just Cavalli 6. Dior (Foto: Imaxtree e Rafael Evangelista (Stills))

Sarah Chofakian revela seu refúgio em Trancoso

cv376-editorial-sarah-chofakian07

Um dos pontos preferidos de Sarah na casa, o pergolado de eucalipto no gramado diante da piscina e da fachadavoltada para o mar foi construído após o término da obra, por trabalhadores locais – o condomínio fica dentro de uma fazenda de extração de borracha natural, cercada pela Mata Atlântica
Desde o início, a designer de sapatos e empresária Sarah Chofakian queria que tudo em sua casa de veraneio em Trancoso fosse o mais local possível: dos materiais utilizados ao estilo arquitetônico. Uma vez por mês, ela pega o avião rumo ao sul da Bahia, especificamente a 60 km do centro de Porto Seguro, e instala-se na Fazenda Rio da Barra, de frente para o gramado central, uma área que reproduz a disposição do célebre Quadrado. Há dois anos, este é o lugar escolhido para reunir amigos e familiares, reabastecer energias e cuidar da saúde – além de organizar festas, claro. “O maior valor dessa casa é a elegância de sua simplicidade”, elogia Sarah.

Ela tinha no telhado de taubilha um pedido especial, desejo posto ao arquiteto Gui Mattos, que lidou com um limitante: ao erguê-lo, a construção não poderia ultrapassar 5 m de altura (norma do condomínio; manter as casas baixas dá chance a moradias posteriores de também terem vista para o centro da vila). Resultado: quando chega ao ponto máximo, o telhado sofre um corte horizontal e as taubilhas mudam de sentido – elas descem tal qual uma veneziana em direção a um pátio interno totalmente aberto para o interior.

“A primeira vez que choveu, não tínhamos certeza se ia dar certo, mas foi perfeito”, diz. Hoje, esta é a característica com que a designer mais se identifica ali. “Esse detalhe é único, eu nunca tinha visto antes.” Quem olha o refúgio por dentro, observa o telhado pairar sobre os caixilhos e os cômodos de alvenaria. A solução da cobertura deu liberdade para buscar uma visão diferente da arquitetura regional, exemplificada pelas “caixas” que delimitam alguns ambientes. “É a releitura do que poderia ser a casa de um pescador ou de um morador local”, afirma Gui Mattos.

A sintonia com a região se mostra, ainda, na natureza. Não é raro ver corujas no jardim, revoadas de periquitos e luares inesquecíveis. “A gente até se confunde se está no campo ou na praia”, conta Sarah. Por situar-se no topo de uma falésia, o mar fica ao alcance dos olhos, mas a areia distante o suficiente para criar variadas atmosferas. O pergolado, feito a pedido da designer após o término do projeto, foi construído por trabalhadores do entorno e é o ambiente preferido para contemplar a paisagem. “Ver o mar e o pôr do sol de lá é algo imperdível. O sol fica rosa e é a coisa mais linda do mundo”, conta.

A decoração da morada foi toda feita por Sarah, que chegou a desenhar móveis e mandar fabricá-los em marcenarias de Trancoso. A prioridade é sempre para a utilidade do objeto: “É tudo muito funcional. Gosto de coisas usáveis, simples.” Os conhecidos que visitavam também ajudaram com presentes variados. Um amigo de longa data, que é já “patrimônio da família”, esteve na casa e sentiu falta de um sofá. Mandou vir o móvel da Califórnia, eleito por meio de fotos. “Ele sugeriu este e foi perfeito.”

O cair da tarde é imbatível, segundo a proprietária, para quem “a Bahia é muito agradável durante os 365 dias do ano”. “E a casa é gostosa até quando chove”, diz a psicanalista de formação, que clinicou por cinco anos antes de fazer carreira na moda e comandar a grife com cinco lojas próprias. Além do interior arejado, a área externa é ideal para repor as energias. Há uma sauna subterrânea que surpreende grande parte dos convidados. “Chamo meu massagista todos os dias no final de tarde”, afirma. “Depois, entro na piscina à noite, quando a água fica quente. Com o luar, é mágico.”
Texto: Betina Marcon; Produção: Tiago Cappi; Fotos: Marcos Antonio

12 opções de maiôs e biquínis para você arrasar no verão

maios-e-biquinis-destaque

Opções incríveis de maiôs e biquínis para o verão (Foto: Instagram)

Verão é sinônimo de praia, e se você está planejando a sua viagem para o literal em algum momento dos próximos vezes, com certeza vai precisar de um biquíni para aproveitar o sol e o mar. As tendências das últimas temporadas são variadas, mas, com certeza, os maiôs e os tops mais comportados ou os biquínis de cintura alta, no melhor estilo retrô, são uma constante nas passarelas e na moda das celebridades – vide Taylor Swift, verdadeira adepta da moda praia de ar vintage.

Pensando nisso, Marie Claire separou alguns modelos incríveis para você experimentar e arrasar na sua próxima visita à praia. São modelos que vão dos mais estampados aos lisos, dos mais simples ao texturizados, para você encarar o litoral sem medo de ser feliz. Confira!

Maiôs (Foto: Divulgação)Maiôs (Foto: Divulgação)


1. Tufi Duek, R$ 290
2. Dimy, R$ 274,90
3. Água de Coco por Liana Thomaz, R$ 459
4. Renner, R$ 99,90
5. A. Niemeyer, R$ 468
6. Forum, R$235

Biquínis (Foto: Divulgação)

Biquínis (Foto: Divulgação)


1. Água de Coco por Liana Thomaz
Top: R$ 299
Calcinha: R$ 199
2. Renner
Top: R$ 79,90
Calcinha: R$ 79,90
3. Bossa Nova
Top: R$ 69,90
Calcinha: R$ 59,90
4. Dimy: R$ 299,90
5. Cris Barros, preço sob consulta
6. Lança Perfume: R$ 375

Porto na Antuérpia lembra navio e parece flutuar sobre a cidade

g8Dando continuidade ao trabalho da arquiteta Zaha Hadid, que faleceu em março de 2016, o escritório Zaha Hadid Architects continua lançando obras impressionantes pelo mundo. Entre elas, uma das mais ousadas é a nova sede do porto da Antuérpia.

Porto na Antuérpia lembra navio e parece flutuar sobre a cidade (Foto: Reprodução)

Com a fachada repleta de trinângulos espelhados, o edifício faz referência a fama da cidade, conhecida como “a cidade dos diamantes“, mas engane-se quem pensa que a estrutura espelhada pejudica o interior. Na realidade, entre os espelhos, foram colocados painéis opacos para controlar a entrada de luz natural no prédio.

Porto na Antuérpia lembra navio e parece flutuar sobre a cidade (Foto: Reprodução)

Além disso, o formato da nova sede lembra um grande navio que flutua sobre uma antiga sede de bombeiros da Ilha México. A clássica construção  estava em desuso desde a construção da nova estação de bombeiros, com as instalações necessárias para atender o porto em expansão.

zaha-hadid-architects-port-house-antwerp-belgium-designboom-05zaha-hadid-architects-port-house-antwerp-belgium-designboom-06zaha-hadid-architects-port-house-antwerp-belgium-designboom-04

Com 12 km de cais, o porto de Antuérpia recebe o segundo maior número de embarques da Europa, servindo 15.000 navios comerciais e 60.000 balsas fluviais por ano. Toda essa movimentação é coordenada por 500 funcionários, que por falta de espaço estavam espalhados em pequenos prédios e agora foram reunidos neste grande escritório.

Porto na Antuérpia lembra navio e parece flutuar sobre a cidade (Foto: Reprodução)

O novo volume que “flutua” acima do antigo edifício, respeita as antigas fachadas e, de forma inusitada, insere uma torre vertical ao edíficio – que, na realidade, estava no projeto do prédio original, embora nunca tenha sido construída.

Porto na Antuérpia lembra navio e parece flutuar sobre a cidade (Foto: Reprodução)

A torre criada pelo ZHA, ainda foi projetada para valorizar as quatro fachadas do edifício, sem uma fachada principal, afinal de todas elas é possível ver a razão de existência do porto, o mar e os navios que chegam e partem da cidade.

Porto na Antuérpia lembra navio e parece flutuar sobre a cidade (Foto: Reprodução)

Por Giovanna Maradei; Fotos Reprodução