BB Dakota Spring 2017 Look Book Annika Krijt by Zoey Grossman

bb-dakota-spring-2017-look-book-annika-krijt-by-zoey-grossman-12Campanha: BB Dakota Spring 2017
Fotografia: Zoey Grossman
Model: Annika Krijt

Este slideshow necessita de JavaScript.

Meghan Markle desabafa sobre sua experiência com o racismo

Meghan-Markle-Hi-Res_March-2016-e1460474778600.jpgAinda preponderante na sociedade como um todo, o racismo tem entrado cada vez mais para o debate público. Não permanecer em silêncio sobre o preconceito racial é uma dar armas importantes no combate a esse problema social. Há dois anos, Meghan Markle, atriz de “Suits” e namorada do Príncipe Harry, decidiu falar abertamente sobre o assunto em um artigo escrito para o site The Tig, e que acaba de ganhar repercussão.

Em um relato sincero, a atriz conta um episódio tocante enfrentado pelos seus avós e que ela carrega até hoje. “Quando meus avós decidiram se mudar de Ohio para a Califórnia, minha mãe tinha sete anos. Uma família de cinco, eles pegaram o carro e embarcaram em uma viagem para Los Angeles”, começa dizendo.

“Meu avô contou esta história quando eu tinha sete anos de idade. Nesta época, viagens de carro eram pra mim uma coleção de ‘Está chegando?’, de drive-troughs para se encher de comida (quando o McDonald’s era menos um deleite e mais uma regra), de placas de boas-vindas de um site para outro e paradas em restaurantes para esticar as pernas. ‘As coisas eram diferentes antes’, disse meu avô.”

Em seguida, o progenitor relatou à neta que em suas viagens, na juventude, ele e a avó de Meghan eram forçados a comer no estacionamento do fast food Kentucky Fried Chiken pelo simples fato de serem um casal inter-racial. “O pessoal da cozinha nos entregava o frango pelas portas dos fundos e nós comíamos no estacionamento. Era exatamente assim”, contou.

“Essa história ainda me toca”, lembrou Meghan. “Me faz lembrar o quão jovem nosso país é. O quão longe chegamos e até onde ainda precisamos ir. Isso me faz relembrar inúmeras piadas racistas que as pessoas compartilham na minha frente, sem perceber que sou misturada, sem saber que sou misturada etnicamente. Me faz questionar o que meus pais passaram enquanto um casal inter-racial. Isso ecoa a vez em que eu estava com a minha mãe na saída de um show no Hollywood Bowl e uma mulher a chamou de ‘criola’, porque ela estava demorando. Lembro-me do quão quente senti a minha pele. Como isso aqueceu o ar ao meu redor.”

Para finalizar, Megahn deixou um agradecimento. “A Martin Luther King Jr., Harvey Milk, Gloria Steinem e Cesar Chavez, à minha mãe e ao meu pai por escolherem uns aos outros não ‘pela cor da pele, mas pelo caráter’. A todos os heróis da mudança: Muito obrigada”.

Netflix supera 90 milhões de usuários no mundo

netflixO serviço de streaming de vídeo Netflix divulgou ontem que adicionou 7 milhões de assinantes a sua base de clientes ao longo do quarto trimestre de seu ano-fiscal de 2016, encerrado em 31 de dezembro. O número ficou bastante acima da expectativa de analistas, que esperavam um crescimento de 5,2 milhões de assinantes no período. Agora, a empresa reúne mais de 93 milhões de usuários em todo o mundo.

Os resultados financeiros também foram positivos. A receita subiu 35,9%, chegando a US$ 2,48 bilhões.

Apesar do resultado positivo, a empresa desacelerou nos Estados Unidos, seu principal mercado: registrou crescimento de apenas 1,9 milhões de assinantes. No mercado internacional, a empresa cresceu com 5,12 milhões de novos assinantes – a estimativa era de 3,75 milhões.

Crescimento. No resultado anual, a Netflix surpreendeu: ganhou 19 milhões de novos usuários — em 2015, para comparação, o serviço teve um ganho de 17,4 milhões. Para analistas, a expansão está diretamente ligada às produções originais da empresa, como a premiada série The Crown, e as populares Black Mirror e Stranger Things.

Além disso, a expansão internacional também deve ter ajudado a empresa de streaming. No começo de 2015, a Netflix anunciou que estava disponível em mais de 130 países. “Estamos agora em todos os lugares do mundo, menos na China – onde esperamos chegar em breve”, disse o presidente-executivo da empresa, Reed Hastings, na época do anúncio.

Planos. Diante da desaceleração nos EUA, o Netflix agora tenta aperfeiçoar o serviço nos outros países. Para isso, a empresa pretende gastar US$ 6 bilhões em conteúdo original em 2017 — um aumento de US$ 1 bilhão em relação ao ano passado.

A companhia também informou que pretende lançar mais de mil horas de programação original este ano, acima das 600 horas em 2016. [Reuters]

Testamento de Zaha Hadid é aberto e revela o tamanho da fortuna da arquiteta

zahahadidvisitsglasgowriversidemdibitj3c9rlZaha Hadid, que morreu em março do ano passado, possuía um patrimônio de US$ 81,4 milhões (R$ 262 milhões), de acordo com uma parte do testamento dela que foi tornada pública no Reino Unido nessa terça-feira. A soma total do espólio da arquiteta iraquiana é de US$ 85 milhões (R$ 273,6 milhões) e a diferença equivale ao valor de US$ 3,6 milhões (R$ 11,6 milhões) em dívidas que ela possuía.

A fortuna deixada por Hadid, a primeira mulher a conquistar o Prêmio Pritzker de Arquitetura, uma espécie de Nobel da área, em 2004, inclui a participação dela no escritório Zaha Hadid Architects, bens pessoais, obras de arte e a cobertura onde ela morava em Clerknwell, bairro trendy de Londres. Os principais beneficiários são o sócio dela, Patrik Schumacher, seu irmão Haytham Hadid, quatro de suas sobrinhas e a Zaha Hadid Foundation.

Hadid também fez algo pouco comum em relação ao documento: ela determinou que seus herdeiros recebam as somas a que têm direito no prazo de 125 anos. Geralmente, nesses casos, o período de distribuição de bens não passa de dois anos. Os administradores do espólio são o desenvolvedor imobiliário Peter Palumbo, o artista britânico Brian Clarke, além de Shumacher e de Rana Hadid, uma das sobrinhas da arquiteta. (Por Anderson Antunes)

Kiki Willems I Re-Edition FW 2017

re-edition_collier_schorr_re-edition_magazine_cover6a82efd7012a00dd55ac3e3b4ce61525_thumb.jpgModel(s): Kiki Willems
Fotografia: Collier Schorr
Stylist: Alastair McKimm
Hair: Holli Smith
Make-Up: Dick Page

Twitter vende unidade de negócios para o Google

1484776575290Valor da aquisição do Fabric pelo Google não foi revelado pelas empresas


O Google anunciou nesta quarta-feira, 18, que vai comprar diversas plataformas do Twitter – a principal delas é o Fabric, uma plataforma de apoio a desenvolvedores de aplicativos criada pela rede social em 2014. O valor da transação não foi divulgado pelas duas empresas.

Hoje, o Fabric tem 2,5 bilhões de usuários espalhados em 580 mil aplicativos – entre as funções permitidas pelo Fabric, está a de criar uma nova conta em um aplicativo a partir das informações de conta do usuário no Twitter.

Além do Fabric, o Google também está adquirindo serviços como o Crashlytics, um sistema de informações de erros, o Answers, aplicativo de análise de dados, e o sistema Digits, serviço de autenticação de contas com auxílio de mensagens de texto. Segundo texto publicado no blog do próprio Fabric, o time todo de desenvolvimento da empresa será transferido para a divisão de Produtos para Desenvolvedores do Google.

De acordo com texto publicado no blog do Twitter assinado pelo presidente executivo da empresa, Jack Dorsey, a venda para o Google está baseada na “decisão de focar nos nossos produtos principais para melhor posicionar o Twitter no mercado para crescimento de longo prazo.” Ao repassar a plataforma para o Google, o Twitter consegue resolver um problema: se livrar dos custos de manutenção do Fabric sem necessariamente deixar os desenvolvedores de aplicativos na mão.

Para Francis Ma, gerente de produto do Firebase, principal plataforma de apoio do Google a desenvolvedores de aplicativos, a união com o Fabric é parte de “um esforço de longo prazo para entregar o melhor kit de funcionalidades para desenvolvedores de aplicativos no iOS, Android e também para a web.”

Homem-Aranha negro e hispânico ganhará animação em 2018

o-personagem-miles-morales-dos-quadrinhos-chegou-a-ser-cotado-para-substituir-peter-parker-como-o-novo-homem-aranha-do-cinema-14847O personagem Miles Morales, dos quadrinhos, chegou a ser cotado para substituir Peter Parker como o novo Homem-Aranha do cinema

O Homem-Aranha está prestes a voltar ao cinema, em julho deste ano, mas já ganhou um novo projeto para 2018, desta vez, sem Peter Parker.

A Sony Pictures divulgou detalhes de uma animação com o super-herói, sob a identidade de Miles Morales, o Homem-Aranha hispânico e negro da série “Ultimate Spider-Man”.
A animação não terá ligação com “Homem-Aranha: De Volta ao Lar” (o longa estrelado por Tom Holland) ou com os demais filmes do Universo Marvel.

O filme será produzido e escrito por Phil Lord e Chris Miller, conhecidos por Anjos da Lei e Uma Aventura LEGO. Fora dos quadrinhos, Morales já apareceu na televisão como o Aranha, na série animada Ultimate Spiderman.

Hyundai gravará comercial para o Super Bowl durante o próprio evento

hyu.jpgDepois do sucesso do Super Bowl 50, a Hyundai anunciou alguns planos ousados para a 51ª edição. A empresa vai usar seu espaço de 90 segundos logo após o final do jogo para transmitir um comercial gravado inteiramente durante o próprio Super Bowl.

O comercial deve ser dirigido por Peter Berg, conhecido pelos filmes “Horizonte Profundo” e “O Grande Herói“, com a assistência das produtoras Film 45 e Pony Show Entertainment, enquanto a Innocean Worldwide cuidará da parte de criação e roteirização.

O evento é conhecido como uma das maiores oportunidades de publicidade nos Estados Unidos e no mundo. Pouco se sabe sobre o comercial, mas ele deve abordar, segundo a Hyundai “alguns dos melhores momentos fora do campo do Super Bowl”. Dois teasers devem ser divulgados em breve durante o final de semana do AFC e NFC Championship. Os teasers devem contar com Joe Montana e Mike Singletary.

Esta será a nona vez, dentre os últimos 10 eventos, em que veremos anúncios da empresa. Agora só nos resta esperar e torcer para que tudo corra como o planejado e assistir o resultado final. []

Iris Law, filha de Jude Law e Sadie Frost, vira embaixadora de marca de maquiagem

tamanho-Burberry-Liquid-Lip-Velvet-copy.jpgIris Law, filha de Jude Law e Sadie Frost, é a nova embaixadora da Burberry Beauty. Foto: Divulgação

Mais uma modelo filha de famosos conquistou o mundo da moda. Depois de Lilly Rose Depp, Kaia Gerber e os irmãos Willow e Jaden Smith, Iris Law, filha de Jude Law e Sadie Frost, ganha destaque no universo fashion.

A menina de 16 anos é a nova embaixadora da Burberry Beauty e estrela a campanha da nova linha de batons Liquid Lip Velvet.

Cada vez mais focada na “Geração Z”, jovens nascidos entre 1990 e 2010, a marca também lançou uma página no Tumblr, que mostra a campanha com outra forma de narrativa, e hospeda no Pinterest a série  “histórias das cores”.

cine-modelo.jpgCliques da campanha de Iris Law para a Burberry Beauty || Créditos: Divulgação/Angelo Pennetta