Espaço para a privacidade dentro de uma caixa

IW_05_OFFICE1A Jabbrrbox é oferecida em versões individuais (US$ 13.500) ou para duas pessoas (US$ 24 mil). (Will Glaser/The New York Times)


Jeremy Jennings trabalha na indústria dos oásis. Nos escritórios de planta aberta que se tornaram populares recentemente, as escrivaninhas ficam mais próximas umas das outras do que na era dos cubículos. Alguns escritórios ocupam o espaço aberto livre com mobília casual como sofás, mesas e cadeiras.

Jennings, 42, é um dos fundadores de uma empresa que produz caixas de metal que oferecem privacidade para todos esses escritórios abertos. Ali onde ficam as escrivaninhas, o barulho tende a ser mais alto, porque há mais pessoas em menos espaço. “As pessoas podem vir aqui para pensar”, disse Jennings. Ou para fazer telefonemas privativos, acrescentou.

Como uma cabine telefônica, a caixa de Jennings (chamada de Jabbrrbox) tem uma porta que fecha. Diferentemente das cabines telefônicas, não há telefone na Jabbrrbox, a não ser que alguém traga um consigo: não há função telefônica incorporada.

Originalmente, Jennings e o outro fundador da Jabbrrbox, Brian Hackathorn, queriam criar espaços de privacidade no Central Park, em Nova York, para as pessoas que precisassem de um pouco de silêncio para atender um telefonema.

Hackathorn, um designer cujo currículo inclui um prêmio de Melhor do Ano oferecido pela revista Interior Design em 2014, projetou muitos escritórios de planta aberta.

Jennings disse que Hackathorn tinha planos para até 20 cabines no parque, envoltas em obras de arte. “Como na instalação ‘The Gates’”, disse ele, referindo-se à obra de Christo e Jeanne-Claude que iluminou o inverno de 2005 com 7.500 portais laranjas.

Jennings disse que a burocracia para se obter a aprovação da construção de estruturas permanentes no parque parecia insuperável.

Eles pensaram em colocar caixas em aeroportos e saguões de hotel, cobrando dos usuários que procurassem o espaço para um telefonema privativo. “Como se fosse um Zipcar do espaço privativo”, disse Jennings.

Então eles perceberam que o espaço para escritórios estava diminuindo e eles poderiam vender as caixas para escritórios de planta aberta. Hackathorn ficou tão animado com a ideia que disse, “Vamos construir algo do tipo”.

Jennings lembra daquele momento. “Pensei que ele tivesse perdido completamente o juízo”.

Eles agora oferecem modelos individuais (US$ 13.500) e para duas pessoas (US$ 24 mil). O site da Jabbrrbox diz que há nove cores disponíveis para o exterior, incluindo “brancura profunda”, “laranja de trânsito” e “cinza tundra”. Para o interior, as opções de cores incluem “retiro” (creme), “equilíbrio” (verde-água), “felicidade” (verde claro) e “empolgação” (roxo).

A Jabbrrbox seria para aqueles funcionários que ainda não conquistaram o espaço privativo no escritório para pensar livremente. E, num escritório de planta aberta, nem mesmo aqueles de cargo mais elevado têm garantido o espaço de uma sala particular.

Jennings levou um comprador em potencial para ver a Jabbrrbox instalada num escritório de Midtown, em Manhattan. Tiveram de esperar, pois havia uma mulher usando o espaço, falando ao celular. Quando ela saiu, o cliente começou a interrogá-la.

“Ele disse, ‘Qual é o seu cargo aqui?’”, lembrou Jennings. “Ela respondeu, ‘Sou diretora do departamento jurídico’”. [James Barron]

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s