Os bastidores da São Paulo Fashion Week n44

sacc83o-paulo-fashion-week-n44-20170830-0010A modelo Mariana Coldebella corre para fazer troca de roupa durante o desfile da Água de Coco (Felipe Cotrim/VEJA.com)


Meia hora antes de um desfile, o cenário nos bastidores ainda é tranquilo. Conforme o relógio vai se aproximando do horário marcado para o início da apresentação, maquiadores começam a ficar mais agitados, cabeleireiros se dividem em três para terminarem o corte ideal, produtores andam de um lado para o outro, modelos em cruzamento chegam correndo para serem preparadas, enquanto o estilista mostra a coleção para uma equipe de reportagem.

Na São Paulo Fashion Week, todos sabem que o relógio funciona com no mínimo 40 minutos de atraso em relação à Brasília, é um fuso horário próprio do evento. Se o desfile está marcado para as 18h, os fotógrafos só chegam no pit às 18h20, a sala só abre para os convidados às 18h30, celebridades e outras editoras de moda chegam na hora que a sala começa a ficar escura, e o desfile começa pontualmente com 40 minutos de atraso. [

Confira os bastidores da São Paulo Fashion Week primavera verão 2018:

Este slideshow necessita de JavaScript.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s