‘Não faço da minha vida um reality’, diz Carol Trentini, única top a desfilar na SPFW

Esqueça o glamour. O cenário é uma concessionária da marca de motocicletas Harley-Davidson, onde Carol Trentini, 30, fotografou para uma revista de moda. No local, uma cabana improvisada dá o mínimo de privacidade para as trocas de roupas de grifes, amontoadas num canto.

Às 15h de uma terça-feira (29) quente em São Paulo, a gaúcha de Panambi —uma das mais bem pagas do mundo e entre as poucas brasileiras no ranking de ícones do portal Models.com, referência para a indústria da moda— está acordada desde as 5h.

No fim da noite, terceiro dia de SPFW, Trentini ainda desfilaria para a marca Água de Coco. Cansa muito? “Tiro de letra, já acostumei.”

Mexem no seu cabelo e um “ai” indica desconforto. Poucas vezes ela pega no celular. No lugar da tela de pixels, envolta no vapor de spray e no calor de um secador, ela segura outro aparelho, bem menos atraente, que serve para tirar leite.

150429651159a9be3fae32e_1504296511_3x2_mdCarol Trentini posa para uma revista de moda em uma concessionária de motos – Lalo de Almeida/ Folhapress


É que Trentini precisa esvaziar os seios quando o filho caçula, Benoah, 1, não mama —Bento, o mais velho, tem 4 anos. “Vivo intensamente essa coisa da maternidade. É muita emoção. No sentido bom, no sentido de preocupação, de superação, de tudo.”

Loira, alta, jovem, carreira consolidada, Trentini é queridinha de Anna Wintour, diretora criativa do grupo editorial americano Condé Nast, da revista “Vogue” (foi ela quem inspirou o filme “O Diabo Veste Prada”). Desde 2012, a top é casada com o fotógrafo de moda Fábio Bartelt, com quem fixou residência no Brasil, em Balneário Camboriú, Santa Catanina.

Na sua cola estão o agente Anderson Baumgartner e o a assessor Zé Macedo. “Ela não dá um passo sem eu saber”, diz Baumgartner, dono da Way Model e cunhado da modelo. Em abril, Trentini completou 15 anos de carreira, contabilizados desde o dia em que conheceu o atual empresário.

Na contramão de outras tops, Trentini não vive imersa nas redes sociais. “Não faço da minha vida um reality”, afirma. Mas os fãs pedem e cobram diretamente Baumgartner. “Querem saber onde ela está, o que está fazendo”, diz.

Para as fotos, Trentini vestia um macacão de motoqueiro. As outras trocas de roupas também seguiam no estilo “borracharia”. Alheia ao burburinho que a cerca, ela permanece concentrada e quase não fala. Pediu água uma única vez e não fez nenhuma pausa.

São longuinho
A modelo de 1,85 m, alta até para os padrões da moda, não escapa de dar saltos para a câmera –uma espécie de marca registrada. “As pessoas dizem ‘ah, você gosta de pular’. Não é bem que eu goste, é que me pedem sempre e acabei criando técnicas”, diz.

Nas últimas fotos, a pedido da produção, Trentini suja o rosto de graxa. Macedo ri quando questionado se ela iria descansar em seguida.

“Agora bateu um leve cansaço”, diz, na única vez em que boceja. É dentro do veículo, a caminho do evento, que se descontrai. Fala com os filhos pela câmera de um celular e pergunta a Bento se “quer que cante aquela música” –ele não gosta de ver a mãe muito maquiada. A modelo coloca a aliança. “Costumo tirar porque não faz parte do personagem.”

O carro chega por uma entrada isolada. Nenhuma queixa quando pedem que, como uma pessoa comum, vista a pulseira de acesso.

150429999759a9cbddd6d8e_1504299997_3x2_mdCarol Trentini se prepara para entrar na passarela após troca de roupa – Lalo de Almeida/ Folhapress


Tem um camarim grande e exclusivo, mas sem qualquer firula (os únicos móveis são penteadeiras vazias dispostas lado a lado com um banco cada). As peças das duas entradas do desfile estão a postos, mas até a principal estrela do evento precisa esperar: o maquiador ainda não terminou de preparar outras modelos.

Planos para depois? Voar cedo para os filhos. A minutos de entrar na passarela, Trentini está nervosa. “Minha mãe está na plateia e eu vou desfilar de biquíni” —uma das poucas exigências, desde o início da carreira, é nunca permitir ser fotografada nua. Mas a roupa está mais para saída de praia do que para biquíni… “Para mim é a mesma coisa.”

Anúncios

Um comentário sobre “‘Não faço da minha vida um reality’, diz Carol Trentini, única top a desfilar na SPFW

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s