Rogéria morre aos 74 anos

40917-rogeria-01-590x352Rogéria: bem-humorada, glamourosa, uma diva. Veja mais fotos dela abaixo!


Ela se autoentitulava o “travesti da família brasileira”. Rogéria, que já havia sido internada com infecção urinária na CTI da Clínica Pinheiro Machado em Laranjeiras, na Zona Sul do Rio, em julho, morreu hoje, 4/09, à noite, em um hospital na Barra da Tijuca. Ela tinha 74 anos. Quem divulgou a informação foi a colega e amiga Divina Valéria e o empresário da artista, Alexandre Haddad.

Rogéria começou a trabalhar como maquiadora no teatro e na TV Rio. Uma das pessoas que a incentivou a entrar nos holofotes foi Fernanda Montenegro. Com sua transformação e, ao mesmo tempo, com a ditadura, ela foi uma das expoentes entre as artistas transformistas que fizeram teatro de revista na época, substituindo as vedetes. A história está contada no documentário de Leandra LealDivinas Divas“, que acabou de sair de cartaz nos cinemas.

Mas ela, ao contrário das outras, acabou ultrapassando barreiras: fez carreira no cinema e na TV com seu cabelo loiro inconfundível, ora glamourosa ora cômica e na maioria das vezes dosando muito bem as duas coisas, ficando mais famosa que as colegas. A gente também recomenda, além do filme de Leandra, a biografia lançada no ano passado “Rogéria: Uma Mulher e Mais um Pouco“. [Lilian Pacce]


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s