Livro “Ricochet: David Bowie 1983” de R$ 13 mil traz fotos inéditas de Bowie no auge da carreira

JULIANA RESENDE
DE LONDRES

Fotografia do livro “Ricochet: David Bowie 1983”, que retrata David Bowie em Toronto, durante sua turnê. (Denis O’Regan/The Guardian)

Um novo livro que traz imagens inéditas de David Bowie (1947-2016) sugere que o leitor ouça a canção “Golden Years” (1976) enquanto folheia suas páginas.

Afinal, são anos de ouro que estão cristalizados em centenas de negativos que agora vêm à luz na forma do livro “Ricochet: David Bowie 1983”. Trata-se de um registro da turnê Serious Moonlight pelas lentes de Denis O’Regan, fotógrafo britânico de rock que passou dez meses na estrada clicando o Camaleão, no palco e na intimidade.

Uma versão prévia do livro foi apresentada à imprensa na Photographer’s Gallery, em Londres. A obra está mais para um robusto objeto de arte do que para livro de mesa de centro: são quatro camadas em papel e acrílico, recheadas com reproduções de ingressos dos shows pela Europa, Ásia, Oceania e América do Norte (Bowie só viria pela primeira e única vez à América do Sul a bordo da Sound & Vision Tour, em 1990), reproduções de fotos numeradas, pôsteres da turnê.

Fotografia do livro “Ricochet: David Bowie 1983”, que retrata David Bowie e Mick Jagger em Nova York. /Denis O’Regan

A edição de luxo é limitada a 2.000 cópias. Cada uma delas custará 3.000 libras (cerca de R$ 13 mil), e serão vendidas pelo site http://www.bowie1983book.com<http://www.bowie1983book.com>. As primeiras 250 cópias estarão em pré-venda no fim de novembro, e virão com um pôster autografado de brinde, além de convites para o lançamento oficial – e muito VIP -, numa festa em maio de 2018, em Londres.

Escolhidas por ele

“É um projeto que David e eu planejamos há 30 anos”, conta Denis O’Regan. “Ele escolheu todas as imagens, mas infelizmente não conseguimos fazer esse livro antes de sua morte repentina”. O fotógrafo conheceu o músico por intermédio de Bill Zysblat, contador da turnê europeia dos Rolling Stones para promover o álbum “Tattoo You”, de 1982 –Zysblat seguiu como empresário de Bowie por 25 anos.

“Este é um livro de David Jones”, define O’Regan, se referindo ao nome de batismo de David Bowie. Não foi a única lenda com quem o fotógrafo trabalhou. O’Regan também viajou com o Queen (Freddie Mercury o chamava de ‘Doris’) e Pink Floyd. Mas Bowie foi um dos mais generosos.

“Bowie me deu acesso a momentos privados dele como quem abre sua casa a um amigo”, conta. Amizade pode definir a relação deles? “Sim. Foi amadurecendo com a convivência. Ele pedia fotos quando queria e eu seguia fazendo meu trabalho, quase como fotojornalismo (há pouquíssimas imagens posadas). Ele ia ao meu quarto e dizia: ‘Sim’, ‘Não’, ‘Amei esta’, ‘Odiei aquela’, ‘Guarde para o livro’.”

Na estrada, era show atrás de show (96, no total, em cerca de 300 dias), com mais de 2,6 milhões de ingressos vendidos em 15 países. “David estava feliz e em grande forma. Passava esse astral a todos, apesar de saber exatamente o que queria. Era rígido, sem ser chato. Pra mim, era um momento mágico pois decidi ser fotógrafo de rock após ficar hipnotizado por Ziggy Stardust, que vi em 1973”, conta O’Regan. Sua carreira deslanchou: foi fotógrafo oficial de festivais como Live Aid, Glastonbury e Coachella.

“David não era bom em aceitar elogios”, revela o fotógrafo. “Acho que é por isso que ele se deixava fotografar ao baixar a guarda. São destes momentos as minhas melhores imagens” – como estas que Serafina publica agora.

Boa notícia para quem não tem R$ 13 mil para pagar em um livro: no segundo semestre de 2018, a Penguin Random House lançará “Ricochet” numa edição mais simples, menor e mais barata.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.