NºDez, a marca da Dona Coisa, desembarca em SP

290118-numero-dez-02
O luxo simples da NºDez!

Há 12 anos no mercado com a multimarcas carioca Dona CoisaRoberta Damasceno está com marca própria: a NºDez! Ela a lançou no ano passado, apenas na própria Dona Coisa, mas a novidade é que agora o outono-inverno 2018 chega em showroom de SP para atacado! Para uma mulher cosmopolita e com modelagens mais soltas, a NºDez é minimalista e faz roupa feita para durar: o capricho no acabamento é nítido! Vestidos e blazers assimétricos, inspirações em pinceladas de Alexandre de Aquino (ex-marido de Roberta) e no trabalho artístico de Mira Schendel (esse, especificamente, em maiôs), camisas sóbrias e malhas fazem parte dessa coleção que você vê aqui abaixo!

200118-numero-dez-01 (1)
NºDez é minimalista e feita para durar
290118-numero-10-03
E as modelagens são mais soltas, com cores mais sóbrias…
290118-numero-dez-04
Para Roberta Damasceno, “a intenção da NºDez é ser a base de seu guarda-roupa; uma seleção de peças que se coordenam entre si e resultem em muitos visuais instigantes. Um resumo do seu closet”
290118-numero-dez-05
Há 12 anos no mercado com a multimarcas Dona Coisa, Damasceno completa: “A marca é o reflexo do que gosto, do que procuro e, às vezes, não acho”. E aí? Curtiu?

“Raspar a cabeça foi meu maior risco de beleza”, declara Cara Delevigne

Vogue bateu um papo exclusivo com a modelo que é o novo rosto do skincare da Dior
Por Luiza Souza e Juliana Vaz

fe030543-388d-42c4-b79d-254f26256654.jpg
Cara Delevingne é o novo rosto da Dior

Sinônimo de beleza com doses de rebeldia, a top e atriz Cara Delevingne é o novo rosto do skincare da Dior. Ela bate um papo exclusivo com a Vogue sobre sua rotina de beleza, o que pensa sobre envelhecer e revela as mulheres que a inspiram. Confira:

VOGUE: Você fica confortável com a ideia de envelhecer? 
CARA: Não me preocupo muito com isso, já que associo a ficar mais sábia e experiente. As pessoas me dizem que eu sou um espírito livre, acho que isso me permite não ter medo de envelhecer.

V: Qual a sua maior preocupação em relação à pele? 
C: Como frequentemente estou dentro de um avião, tomo cuidado em mantê-la hidratada. Gosto de misturar ao creme Capture Youth o sérum Glow Booster quando minha pele está sensibilizada

V: Qual o maior risco pela beleza que você já correu?
C: Raspar a cabeça. Nunca me senti tão forte e libertada ao fazer algo que me parecia tão aterrorizante!

V: Quais são seus modelos de mulher? 
C: Me inspiro em mulheres fortes que não têm medo de fazer escolhas ousadas. Tilda Swinton, Jennifer Lawrence, Emma Thompson, Reese Witherspoon, Natalie Portman, Angelina Jolie e Meryl Streep são minhas heroínas.

Maquiagem: Kate Synnott
Cabelo: Ben Skervin
Manicure: Ama Quashie
Stylist: Gillian Wilkins

Kaia Gerber | Vogue UK Março 2018

tumblr_p3ipvzQoHp1qad56lo1_500
Kaia Gerber photographed by Steven Meisel for Vogue UK March 2018 

Model(s): Kaia Gerber
Photographer: Steven Meisel
Stylist: Joe McKenna
Hair: Guido Palau
Make-Up: Pat McGrath

As marcas mais desejadas do momento

O Lyst e o The Business of Fashion organizaram uma pesquisa que define quais são as labels mais cobiçadas pelo mercado.

Gucci_s-Spring-2018-“Utopian-Fantasy”-Campaign-2-1
Gucci’s Spring 2018 “Utopian Fantasy” Campaign 

Ao lado do site Lyst, o The Business of Fashion — portal especializado em negócios de moda — conseguiu criar uma lista das marcas mais desejadas do momento. Segundo a publicação, o resultado é baseado em uma pesquisa que levou em consideração os dados de mais de 70 milhões de usuários. Confira abaixo!

  • Gucci: depois da entrada de Alessandro Michele, os acessórios e roupas com estilo vintage ornamental da grife ganharam o posto mais alto do coração das fashionistas. A linha de produtos mais acessíveis da grife também ajudou a catapultar o seu sucesso no último ano.
  • Balenciaga: apelando para a geração Z e para os Millennials, a etiqueta comandada por Demna Gvasalia trocou de logomarca, mudou sua abordagem e deve essa medalha de prata aos seus tênis que são o hit mais recente (e quente!) da moda.
  • Vetements: provando o talento de Demna Gvasalia para capturar o espírito do tempo, não só a Balenciaga, mas a marca que fez o seu nome brilhar no mundo da moda segue logo atrás da etiqueta histórica que ele dirige atualmente em paralelo ao seu projeto inicial.
  • Valentino: Sem Maria Grazia Chiuri, Pierpaolo Piccioli deu asas a sua criatividade e está se tornando um dos nomes mais interessantes da alta moda. Ainda mais com a reinvenção da linha Rockstud — um de seus maiores sucessos.
  • Off-White: em pouco tempo, a grife do norte-americano Virgil Abloh tem mais status entre os consumidores do que grandes maisons históricas da França. Seu approach ligado à moda esportiva é a prova de que o significado do luxo mudou radicalmente nos últimos anos.
  • Givenchy: mesmo em um momento de troca de direção criativa, a Givenchy continua sendo uma das marcas mais desejadas do mercado. Considerando o histórico estrelado de Clare Waight Keller em criar bolsas hit, a marca deve crescer ainda mais em 2018.
  • Moncler: as jaquetas doudoune e gigantes da marca estão cada vez mais populares entre o alto circuito do hip-hop. Não à toa, acabaram conseguindo um espaço na lista.
  • Stone Island: a etiqueta italiana conquistou uma vaga aqui muito devido a ajuda de Drake. O rapper usou a marca em praticamente todos os seus shows e, com isso, gerou uma onda de novos fãs que não hesitaram em pesquisar por ela em todo canto.

Bilheteria EUA: Jumanji: Bem-Vindo à Selva, Maze Runner – A Cura Mortal, A Maldição da Casa Winchester, O Rei do Show, Hostiles

Jumanji Welcome to the Jungle.jpg
Jumanji: Welcome to the Jungle

Depois de ser desbancado por Maze Runner – A Cura Mortal na semana passada, Jumanji: Bem-Vindo à Selva retomou o primeiro lugar em um fim de semana fraco nas bilheterias dos EUA. Com mais US$ 11  milhões, a produção da Sony já arrecadou US$ 352,6 milhões em sete semanas em exibição.

O novo longa acompanha quatro jovens que encontram um antigo videogame com o jogo de Jumanji. Ao ligarem e escolherem um personagem, eles são transportados para a floresta. O nerd da turma entra no corpo de Dwayne Johnson, enquanto a jovem mais popular fica na pele de Jack Black. O elenco principal conta ainda com Kevin Hart e Karen Gillan. O filme está em cartaz no Brasil.

Maze Runner – A Cura Mortal, o terceiro filme da série, que encerra a adaptação ao cinema dos livros de James Dashner, ficou com a segunda posição. Foram mais US$ 10,2 milhões para o longa, que soma US$ 39,7 milhões em duas semanas.

O filme coloca Thomas e seus aliados em direção à cidade onde a CRUEL mantém Minho preso.

A maior estreia da semana, o terror A Maldição da Casa Winchester ficou com a terceira posição. O filme estrelado por Helen Mirren dominou as bilheterias na sexta-feira e chegou a US$ 9,2 milhões em três dias de exibição. Na trama, a atriz vive a excêntrica herdeira de uma fortuna, que passa a vida construindo uma enorme mansão cheia de passagens secretas, por acreditar que isso a manterá afastada de espíritos malignos. A estreia no Brasil está prevista para 1º de março.

A quarta posição ficou com O Rei do Show, que depois de sete fins de semana tem se mostrado resistente na bilheteria e manteve sua posição em relação ao fim de semana anterior. O longa arrecadou mais US$7,8 milhões. Assim, o musical estrelado por Hugh Jackman totaliza US$ 137,4 milhões localmente.

O Rei do Show é a cinebiografia do apresentador P.T. Barnum, interpretado por Jackman. Nascido em Connecticut, em 1810, Barnum começou a trabalhar com shows de variedades em Nova York, em 1834. Ficou famoso por sua facilidade para atrair uma plateia ingênua e por criar um novo formato de circo itinerante, sob um picadeiro, com tipos bizarros e animais exóticos, que Barnum nada humildemente chamava de “O Maior Show da Terra”. O longa já está em cartaz no Brasil.

Hostiles, faroeste estrelado por Christian Bale, ficou com a quinta posição, com US$5,5 milhões. Situado em 1892, o filme conta a história de um lendário capitão do exército (Bale), que concorda em escoltar um chefe da tribo Cheyenne e sua família de volta para suas terras. Durante a perigosa jornada, que vai do Novo México até Montana, eles encontram uma jovem noiva que teve sua família inteira assassinada. Juntos, os três unem forças para terminar o percurso. Rosamund PikeBen FosterStephen Lang e Jesse Plemons também estão no elenco. Hostiles ainda não tem previsão de estreia no Brasil.

Jessica Chastain repreende Quentin Tarantino depois de declarações de Uma Thurman

Atriz usou o Twitter para comentar sobre o caso de abuso de poder no set de Kill Bill

jessica-chastain-linda.jpg
Jessica Chastain 

Fico imaginando Tarantino cuspindo na cara de Uma e a esganando com uma corrente para Kill Bill. Quantas imagens de mulheres na mídia nós celebramos que mostram abuso? Quando isso se tornou um entretenimento corriqueiro? Diretores entrando em uma cena que retrata abuso é ultrapassar um limite. Como um ator pode se sentir a salvo quando o diretor está o estrangulando? Quando a violência contra a mulher é usada como um fator narrativo para tornar as personagens mais fortes temos um problema. Não é empoderador apanhar e ser estuprada, mas ainda assim muitos filmes fazem disso o seu momento da fênix para mulheres. Não precisamos de abuso para nos tornarmos poderosas. Já somos poderosas“, escreveu Chastain em uma série de tweets.

No seu depoimento, Thurman diz que aceitou ser esganada e cuspida em cena pelo diretor por sentir que fazia parte do processo criativo, mas que perdeu a confiança no diretor depois que ele a forçou a dirigir um carro danificado, o que causou um grave acidente no set – saiba mais – e levou lesões permanentes no pescoço e nos joelhos.  O artigo do NYT sugere que o arrependimento do diretor sobre o acidente pode ter inspirado a criação de À Prova de Morte (2007), filme que segue um serial killer que usa seu carro “à prova de morte” para causar acidentes fatais em carros dirigidos por mulheres. Zoë Bell, dublê de Uma Thurman, é uma das vítimas que consegue se vingar do personagem vivido por Kurt Russell.

Tarantino, que liberou o vídeo do acidente de Thurman depois de 15 anos, ainda não se pronunciou sobre o caso. O diretor trabalha atualmente em um novo filme, que deve mostrar Los Angeles na época dos assassinatos da família Manson. [Natália Bridi]

Telegram X é o melhor IM do Android

56231_59210010Enquanto o Google Allo e WhatsApp seguem um rumo questionável (ex: como exigir que o celular fique ligado nos desktops), o Telegram mantém seu caminho de possuir um bate-papo simples e funcional em qualquer ambiente.

Avançando ainda mais em sofisticação, o Telegram anunciou a chegada de um versão experimental chamada “Telegram X“, uma versão mais leve, rápida e totalmente retrabalhada do aplicativo com o objetivo de otimizá-lo ao máximo.

“O projeto Telegram X foi escrito a partir do zero, com uma base de código inteiramente nova e sem todos os componentes legados que nossos aplicativos mais antigos se acumularam ao longo dos anos”, diz a empresa.

Entre as novidades estão algumas animações suaves, novo design, modo sem sem bolhas para os bate-papos e canais, e ações úteis ao arrastar as mensagens para os lados (responder e compartilhar).

O Telegram esclarece que o X não deve substituir os aplicativos oficiais existentes, mas será uma forma de testar novos recursos e funcionalidades. [Google Discovery]

Monastério para a produção de mostarda e conservas / Dhooge & Meganck Architecture

D_M_CAMPS-EXT1_FOTOGRAAF_VERCRUYSSE
© Frederik Vercruysse

Arquitetos: Dhooge & Meganck Architecture
Localização: 9700 Oudenaarde, Bélgica
Arquitetos responsáveis: David Dhooge e Saar Meganck
Área: 1200.0 m2
Ano do projeto: 2017
Fotografias: Frederik VercruysseDhooge & MeganckJohnny Umans
Fabricantes: ASSA ABLOY, Skylux, Aco, eco futural
Outros participantes: Judith De Pau

Descrição enviada pela equipe de projeto. Um local para a produção de mostarda, picles e outros vegetais segundo princípios bastante inovadores e contemporâneos do monastério. Não é uma grande linha de produção, mas sim uma ilha dentro dos processos industriais e também dentro da reserva natural onde está inserida.

Em razão ao baixo orçamento, toda a “gordura” foi eliminada, transformando o projeto em algo extremamente simples e compacto. A “arena” que se estende em frente ao edifício é a pavimentação mínima necessária (raio de rotação) para carregar e descarregar os caminhões. O conceito foi criado em conjunto com o cliente, transformando a tradicional linha horizontal de produção em vertical, com a torre de mostarda simbolizando este novo conceito único desenvolvido especialmente para este projeto. O portão central é uma espécie de buraco enorme na fachada maciça construída em enormes painéis de concreto.

O edifício segue os mais exigentes padrões de segurança alimentar, onde a zona higiênica e não higiênica devem estar estritamente separadas. A escada helicoidal edifício faz com que isso seja facilmente resolvido, expressando o funcionamento prático e o DNA do edifício.

O projeto é artesanal, assim como os processos de fabricação que se realizam em seu interior. A torre de mostarda é resultado de dois anos de pesquisas e simboliza o novo sistema de produção vertical. A linguagem arquitetônica é surpreendentemente simples, sacra e derradeira: como a lembrança de um fenômeno do passado. As fachadas externas fazem uma tradução literal do interior do edifício. A frente sólida acomoda apenas as áreas de armazenamento, sensíveis aos raios ultravioletas, enquanto que a parte posterior é completamente aberta para a paisagem banhando os espaços de trabalho com luz natural. Não é a típica caixa asséptica, mas um espaço que se abre para o exterior e também para o interior, através da sua escada helicoidal que induz os encontros ao longo dos processos de produção.

Camp é um monastério moderno: um lugar onde, através da arquitetura, podemos experimentar o mágico processo de produção da mostarda. A partir da arena você adentra um outro mundo, onde o incrível e maravilhoso surrealismo de Ledoux e Boullée não parece nem um pouco distante.

Arena Pública
O tamanho exato da arena foi definido pelo raio de giro do maior caminhão. O mínimo esforço para alcançar o máximo. O círculo perfeito é coroado por uma espécie de púlpito. O portão central resguarda a propriedade da vista da rua e é o seu único acesso. Uma entrada, um controle e uma cerca que define o perímetro da zona protegida.

Mais além, a natureza é exuberante: os arbustos selvagens, as sebes e as árvores da reserva natural vizinha chegam até o limite do terreno, minimizando a área disponível do terreno.

A arena é também um espaço público polivalente aberto à comunidade local. Desde a sua inauguração, o edifício tem se transformado em um espaço público de grande interesse em um contexto mais amplo.

Integração com a Comunidade Local 
Na parte posterior do edifício, será criada uma horta coletiva à disposição da comunidade local. Todos os tipos de vegetais serão cultivados no monastério. Produção de conservas e técnicas de armazenamento de vegetais serão compartilhadas no edifício na forma de oficinas e cursos regulares. Traduzido por Vinicius Libardoni [ArchDaily]

Aniquilação | Natalie Portman descobre os perigos da evolução em novo trailer do filme

Filme não tem data para chegar ao Brasil

4BDE8B50-E6F1-4F48-9E08-1DF915F4D7C5-585x300.jpeg
Annihilation (2018) – Evolution – Paramount Pictures

Aniquilação (Annihilation), longa do diretor de Ex-Machina Alex Garland, ganhou um novo trailer. Confira:

Baseado no livro de Jeff VanderMeer, o filme conta a história de uma bióloga (Natalie Portman) que embarca em uma expedição de quatro mulheres para um local chamado de “Área X”, que é totalmente isolado da civilização. Lá ela precisará enfrentar uma misteriosa contaminação, o desaparecimento de colegas e um animal mortal chamado de Crawler, enquanto procura pistas sobre o desaparecimento do marido. Oscar Isaac será o gênio da tecnologia Nathan e Jennifer Jason Leigh (Os 8 Odiados) também está no elenco.

O filme tinha estreia marcada para 22 de fevereiro no Brasil, mas teve o lançamento adiado por conta das estreias dos indicados ao Oscar. Uma nova data deve ser anunciada em breve. [Natália Bridi]