Chalé de 68 m² esbanja amplitude com madeira clara

Tons de cinza, conforto e poucos móveis: esta cabana na Bielorússia tem a simplicidade como foco para uma idosa viver e, ainda, é perfumada pelo cedro
Texto Carol Scolforo I Fotos Alexandra Kononchenko/ Divulgação

Neste chalé de 68 m² moram ideias grandiosas com madeira. Na Bielorússia a casa de campo Smuga foi construída com amplitude e soluções de marcenaria que a fazem parecer maior do que é, no projeto do escritório Zrobym Architects, que tem à frente o arquiteto Alexey Korablyov. As ripas de madeira dos painéis do living são uma dessas estratégias que “alongam” o pé-direito e a tornam ampla.

Poucos móveis e mais espaços vazios causam a boa sensação que toma os espaços, e tem uma explicação: a casa foi um presente do cliente à mãe idosa, por isso deveria ser aconchegante, confortável, com o mínimo de objetos e móveis que pudessem dar a ela uma rotina segura.

O cedro, madeira que reveste a casa, perfuma os ambientes e dá personalidade, junto do pínus, outra madeira em alta. As grandes janelas panorâmicas permitem que ela seja cheia de luz natural e que a moradora possa observar os pássaros ao redor, por um telescópio.

O Zrobym faz um retorno às formas tradicionais de construção com uma base simples em estilo contemporâneo, com cinzas e madeiras pontuadas pelo preto, um resultado elegante e atual.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s