Skip to content
Anúncios

Spotify abre capital nesta terça nos EUA com oferta direta de ações

Heterodoxo, método usado por serviço de streaming de música põe papéis à venda sem ‘ritual de apresentação’ com bancos de investimento

spotify.png

Daniel Ek, fundador e presidente executivo do Spotify


O serviço de streaming de música sueco Spotify abrirá seu capital nesta terça-feira, 3. Mais do que apenas um marco em sua própria história, no entanto, a oferta de ações feita pela empresa fundada por Daniel Ek pode gerar uma tendência no mercado de tecnologia. Isso porque, ao contrário do que costuma ocorrer, a startup fará uma oferta pública direta de ações (DPO, na sigla em inglês), na qual simplesmente colocará suas ações no mercado, sem o processo prévio de leilão pelo preço das ações ou preparação com bancos de investimento.

Será a primeira vez que uma manobra desse tipo será feita por uma empresa do porte do Spotify, avaliado em torno de US$ 20 bilhões. Também será a primeira vez que uma DPO será feita na bolsa de valores de Nova York.

É um caminho que pode ser tomado raramente, também: o Spotify está abrindo seu capital, mas não precisa levantar recursos, e é uma marca suficientemente conhecida para não precisar “educar os investidores”.

Em uma apresentação ao investidores transmitida ao vivo em março, o cofundador e presidente do grupo, Daniel Ek, destacou que a abertura de capital é apenas um passo, não um fim em si mesma. “Não vão ver a gente tocar o sino”, uma tradição em que representantes de uma empresa simbolicamente abrem a sessão do dia, “nem fazer uma festa”, disse o líder.

Para o mercado, será um dia de entender se as ações do Spotify não foram superestimadas em avaliações anteriores. Para os bancos de Wall Street, também será um grande dia: com as opiniões dos investidores, eles poderão apontar se as DPOs vão funcionar no futuro.

Perfil. Fundado em 2008 por Daniel Ek, o Spotify é hoje o líder de mercado de streaming de música, com 71 milhões de assinantes em todo o mundo. Seu maior rival é o Apple Music, da Apple, que foi lançado no mesmo ano e tinha 38 milhões de assinantes no mundo. Além disso, empresas como Google, Amazon, Deezer e Pandora também disputam espaço no setor.

Em 2016, a empresa garantiu ainda que obteve 42% das receitas do mercado mundial de transmissão online de música naquela temporada. A empresa será listada na bolsa com o símbolo “SPOT” e a operação deve girar cerca de US$ 1 bilhão, segundo dados da Securities and Exchange Comission, órgão dos Estados Unidos semelhante à Comissão de Valores Mobiliários do Brasil.

O Spotify contratou os bancos Goldman Sachs, Morgan Stanley e Allen & Company para atuar como supervisores financeiros, mas eles não terão o papel de determinar o valor das ações da empresa. “É uma tática que faz o Spotify economizar dinheiro, mas pode levar à volatilidade quando as ações forem negociadas, até que o mercado ache um preço confortável”, disse Laith Khalaf, analista da consultoria Hargreaves Lansdown, em nota.

Caso a empresa seja bem sucedida, analistas afirmam que seu caminho pode ser seguido por outras startups do momento, como os aplicativos de carona paga Uber e Lyft. [Reuters]

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: