Charlize Theron diz em entrevista que pensa em sair dos EUA para proteger os filhos do racismo

Atriz é mãe adotiva de Jackson e August, dois meninos negros

52d97ec10613bc3c94d841e49b39aff0688b669c.jpgHá muitas pessoas atentas ao clima de radicalismo que tomou a sociedade dos Estados Unidos após a eleição de Donald Trump, e Charlize Theron é uma delas. Mãe adotiva de dois meninos negros, ela contou que pensa em se mudar do país caso a situação não melhore.

“O racismo está muito mais presente e forte do que nós pensávamos, não podemos mais negar. Há lugares nos Estados Unidos nos quais, caso eu conseguisse um emprego, não aceitaria. Eu não viajaria com meus filhos a certos lugares do país, e isso é problemático”, disse Charlize à revista Elle.

A atriz cresceu na África do Sul durante o apartheid e contou que viver em um país com um regime de segregação racial a deixou mais consciente sobre igualdade e direitos humanos.

“Há muitas vezes em que olho para meus filhos e penso que, se essa intolerância continuar, eu talvez tenha que deixar os Estados Unidos. A última coisa que quero é que meus filhos se sintam inseguros”, continuou.

Charlize não se deixa abater e diz que conversa sobre desigualdade com os dois meninos. Ela deseja que eles conheçam sua história e tenham orgulho de ser quem são.

“Eles precisam saber que as coisas são diferentes para mim e para eles e como isso é injusto. Se eu puder fazer algo para mudar isso, claro que vou fazer”, falou.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s