União Europeia aumenta pressão de investigações sobre o Facebook

Mark Zuckerberg está sendo convidado para falar no Parlamento da UE; enquanto isso, Aleksandr Kogan falará no Parlamento Britânico e executivo da rede social, na Alemanha

Facebook CEO Mark Zuckerberg Meets With Members Of Congress On Capitol Hill
Mark Zuckerberg é o presidente do Facebook

O presidente executivo do Facebook, Mark Zuckerberg, está sendo pressionado por parlamentares da União Europeia nesta semana a ir para a Europa ajudar a esclarecer a violação de dados envolvendo Cambridge Analytica que afetou quase 3 milhões de europeus.

A maior rede social do mundo está sob fogo cruzado em todo o mundo depois que informações sobre cerca de 87 milhões de usuários acabaram erroneamente nas mãos da consultoria política britânica, contratada por Donald Trump para sua campanha presidencial nos Estados Unidos em 2016.

O presidente do Parlamento Europeu, Antonio Tajani, repetiu na semana passada seu pedido a Zuckerberg para comparecer perante a assembleia, sob alegação de que enviar um executivo júnior não seria suficiente. “Deixe-me também salientar que uma das prioridades futuras do Parlamento será reforçar o quadro regulamentar para garantir um mercado digital que funcione bem com uma proteção de alto nível para os nossos cidadãos”, escreveu ele.

A comissária da Justiça da UE, Vera Jourova, que recentemente conversou com a diretora de operações do Facebook, Sheryl Sandberg, disse que Zuckerberg deveria atender ao apelo dos legisladores. “Este caso é importante demais para tratar como de costume”, disse Jourova a parlamentares. O Facebook não retornou a um pedido de comentário.

Kogan. Enquanto isso, o pesquisador Aleksandr Kogan, responsável pelo quiz This is Your Digital Life, que coletou os dados que formaram a base de dados da Cambridge Analytica, será chamado a depor no Parlamento Britânico em 24 de abril. A meta do Parlamento é discutir o relacionamento de Kogan com a Cambridge Analytica.

Já na Alemanha, o vice-presidente de políticas públicas do Facebook, Joel Kaplan, será a chamado a falar para parlamentares sobre privacidade de dados pessoais, também como repercussão do caso da Cambridge Analytica nessa sexta-feira, 20. A sessão será feita a portas fechadas. [Reuters]

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s