Samsung registra lucro recorde de US$ 14,4 bi no primeiro trimestre

O mercado de chips foi a principal fonte de renda da empresa durante os primeiros três meses do ano; companhia alerta para queda na compra de celulares

WS-06-14-01-Publication_14.jpg
Samsung é a maior fabricante de celulares e chips de memória do mundo

A Samsung lucrou US$ 14,4 bilhões no primeiro trimestre do ano, um aumento de 58% em relação ao mesmo período do ano anterior. A receita da companhia também cresceu, registrando 19,8% a mais que os três primeiros meses do ano passado, cerca de US$ 55 bilhões. O balanço da empresa sul coreana foi divulgado na manhã desta quinta-feira, 26.

A Samsung explicou que o lucro recorde era incomum e impulsionado principalmente pela forte demanda por semicondutores, usados em servidores. A empresa sul coreana também alertou para o enfraquecimento do mercado mundial de smartphones que impactará no crescimento dos lucros no futuro.

Outro segmento que deve sofrer baixa na demanda da companhia são os painéis OLED de smartphones, apontado como principal desafio para o segundo trimestre do ano. A maior fabricante de chips de memórias, smartphones e televisores no mundo, no entanto, disse que o negócio de chips deve permanecer forte no próximo trimestre.

“A geração de crescimento geral dos lucros em toda a empresa será um desafio devido à fraqueza no segmento de telas e um declínio na rentabilidade do negócio de telefonia móvel, em meio à crescente concorrência no segmento high-end”, disse a Samsung em um comunicado.

No início da manhã, as ações da companhia operavam em alta de 2,7% e o índice dos preços cresceram 1,3%. O movimento foi visto como uma falta de preocupação dos investidores com o mercado de smartphones que comemoravam as perspectivas de vendas de chips de memória.

Mercado. O negócio de chips foi a principal fonte da Samsung nos três primeiros meses do ano, garantindo um lucro operacional de US$ 10,7 bilhões. A expectativa é que a participação da Samsung cresce depois que os Estados Unidos proibiram de empresas americanas fecharem negócios com a fabricante chinesa ZTE.

Apesar da queda, a Samsung informou que o seu negócio de telefonia móvel lucrou 82% a mais nesse trimestre em relação ao ano passado, o equivalente a US$ 3,5 bilhões. E destacou que seu principal smartphone, o Galaxy S9, chegou ao mercado apenas no fim de março.

A demanda por smartphones caiu globalmente e foi especialmente lento na China e na América do Norte. De acordo com pesquisas de mercado feitas pela agência GfK, a procura por smartphones caiu 2% no primeiro trimestre do ano, uma queda de 347 milhões de aparelhos.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s