A Chanel simplesmente colocou um navio em sua passarela!

Ao invés de levar seus convidados para uma viagem, o Cruise da etiqueta trouxe a viagem para dentro do Grand Palais, em Paris.

chanel.jpg
 (CHANEL/Divulgação)

Karl Lagerfeld não simplifica. Ninguém aqui está defendendo o suas posições políticas controversas reveladas recentemente. No entanto, não dá para negar que, quando se fala de coleções Resort, o kaiser da moda é um pioneiro. Para começar, está no DNA da Chanel essa relação com o guarda-roupa de viagem de verão. Na época da própria Gabrielle “Coco” Chanel, a couturier criava looks icônicos para as suas clientes que viajam para Biarritz — uma comuna francesa perfeita para um refúgio ensolarado à beira-mar.

O poder de Lagerfeld entra em cena no momento em que ele passa a levar suas clientes, alguns influenciadores digitais e editoras de revistas ao redor do mundo para diferentes destinos no intuito de exibir as suas propostas para a pré-temporada. Ontem (3,5), o designer fugiu de HavanaSeul ou Hamburgo. Ali mesmo, em Paris, ele fez com que seus convidados viajassem sem sair do lugar. Como? O cenário do desfile era nada menos que um navio gigantesco!

640_b16f87ea5af9f2f357df15638615350c
 (CHANEL/Divulgação)

De dentro dele, 90 modelos saíram apresentando o Cruise 2019 preparado pelo estilista para a maison. Entre suas principais propostas está uma bem-vinda volta aos anos 1980. Para quem estava cansado da seriedade 90’s, a coleção trouxe um frescor de diversão e fantasia para a passarela. Esses toques aparecem, é claro, nos acessórios intencionalmente literais (bolsa boia, boina de marinheiro e por aí vai) e também nos shapes: mangas arredondadas e calças baggy dão um aspecto espalhafatoso cool para as roupas da marca nesta temporada.

O mergulho no universo náutico é intenso: as cores também fazem parte da paleta tradicional (azul, preto, branco e vermelho). Mas, elas colorem vestidos surpreendentes que parecem ter vindo de uma divertidíssima festa nos anos 1940 no deck de algum navio de luxo. O mood é 100% Titanic com uma injeção de contemporaneidade que promete agradar tanto as clientes mais tradicionais da casa, assim como as millennials que estão chegando agora ao hall de amigas da maison. Confira os melhores looks abaixo! [ELLE]

‘Sei que ele vai se explicar’, diz Kris Jenner sobre Kanye West

Socialite comentou declarações polêmicas feitas pelo genro

1525473797294.jpg
Socialite Kris Jenner e apresentadora Ellen DeGeneres

A apresentadora Ellen DeGeneres recebeu Kris Jenner, matriarca da família Kardashian/Jenner, em seu programa que irá ao ar nesta sexta-feira, 4, e abriu a entrevista com duas perguntas básicas sobre Kanye West: “O que está acontecendo?” e “Ele está bem?”.

Desde a última semana de abril, o rapper tem colecionado declarações e comentários polêmicos como, por exemplo, dizer que a escravidão nos Estados Unidos foi “uma escolha” e elogiar o presidente Donald Trump.

Antes de ouvir a resposta de sua convidada, ela disse que apesar do foco da conversa não ser esse, todo mundo gostaria de saber a resposta e, por isso, passariam rapidamente pelo assunto.

“O Kanye tem muito amor por todo mundo, todos os seus fãs e todos que sempre o apoiaram. Eu sei que ele vai se explicar à sua maneira”, respondeu Kris. Ela ainda saiu em defesa do genro: “Tem algo importante que precisa ser dito: tudo o que Kanye faz é com boas intenções”.

Confira (em inglês):

Designer paulistana Vera Cortez cria joias a partir de ossos de descarte e madeira de refugo

Vera Cortez é especialista na criação de peças com pegada sustentável

1525470375347.jpg
Nova coleção de Vera Cortez foi inspirada na energia do mar Foto: Foto cedida pela Vera Cortez

A designer paulistana Vera Cortez, pauta o seu trabalho em sua marca homônima de joias, fundada em 2010, em três pilares principais: a natureza, o bem e o respeito ao meio ambiente.

Por isso, materiais sustentáveis são uma grande fonte para seu trabalho e ela sempre coloca elementos naturais em suas coleções. Madeira de refugo, que são retalhos descartados, chifres e ossos de descarte são alguns materiais que ela está acostumada a trabalhar. Depois de tratados, os elementos são preparados para o uso na joalheria e ganham aplicações de ouro e diamantes. Cada item é desenvolvido em processos artesanais e esculpido à mão.

Para esta temporada, a Vera Cortez traz duas novidades. A primeira, batizada de coleção mar, inspirada na energia das águas salgadas, composta por peças com formatos de elementos marítimos, como conchas e peixes, esculpidos em ossos e madeiras. A outra coleção, Elementos Essenciais, é composta por medalhas que representam os desejos para o futuro, confeccionadas com banho de ouro de 18k e diamantes.

Christina Aguilera aparece novamente sem maquiagem em capa de CD

Cantora está apostando no visual natural nesse seu novo ciclo de trabalho

liberation-aguileraConhecida por estar sempre bem maquiada, com direito a base de cobertura alta, batom vermelho e cílios postiços, Christina Aguilera está apostando em um visual mais natural nesta nova etapa de sua vida.

Primeiro, ela quebrou a internet ao aparecer sem maquiagem (ou quase), na revista Paperem março. Agora, ela aparece na capa do seu novo álbum Liberation com os cabelos bagunçados e quase nada de maquiagem em uma foto em preto e branco.

Esse é o primeiro lançamento da cantora em seis anos, e parece que ela quis mostrar uma nova versão de si mesma ao público com esse trabalho. O visual ‘quase nada’ também foi sua escolha para o primeiro single do álbum, Accelerate.

WSJ Magazine Maio 2018 Liz Kennedy by Jeff Boudreau

Sem títuloPublication: WSJ. Magazine. Photography: Jeff Boudreau, Fashion Editor: Alexander Fisher. Hair: Adam Szabó. Makeup: Maki H at The Wall Group. Model: Liz Kennedy.

Quem for ao casamento de Harry e Meghan tem de levar o próprio lanche

Palácio de Kensington disse que atitude ‘contribuirá para recriar um ambiente familiar’

meghan1Se você for um dos felizes agraciados com um convite para assistir à chegada do príncipe Harry e de sua noiva Meghan Markle ao castelo de Windsor, no próximo 19 de maio, terá de levar seu lanche de casa.

Questionado pela agência de notícias AFP, o Palácio de Kensington, residência oficial de Harry, afirmou que estimula o público a levar seu próprio lanche, já que serão servidos apenas bebidas e lanches leves.

Ficar sob o sol – se o tempo permitir -, consumindo sua própria comida e bebida contribuirá para recriar um ambiente familiar, disse uma fonte.

Saeed Atcha, de 21 anos, cuja associação ajuda na formação dos jovens, disse ao jornal The Guardian que pessoas sem recursos que conhecia ficaram surpresas.

Elas questionam como é possível que “eles (a família real) tenham tanto dinheiro e tenhamos de levar nossa própria comida”, contou. “Pensei na mesma coisa. É incompreensível”, completou.

Ao todo, 2.640 pessoas são esperadas nos jardins do castelo de Windsor, no oeste de Londres, para assistir à chegada do príncipe Harry, de sua noiva e de outras personalidades, assim como à passagem da carruagem depois da cerimônia.

Entre os convidados, estão 1.200 ‘membros do público’, de idades diferentes, procedentes de todo Reino Unido. Entre eles, estará Amelia Thompson, de 12 anos, uma sobrevivente do atentado suicida contra uma sala de shows de Manchester em maio de 2017. [AFP]