Facebook diz que suspendeu 200 aplicativos durante investigação de uso de dados

Empresa disse que suspensão de apps se deu após suspeitar de que eles fizeram mau uso de dados; investigações, que começaram no fim de março, ainda não têm data pra acabar

1523300533453.jpg
Facebook é a maior rede social do mundo

A rede social mais popular do mundo, o Facebook disse que 200 aplicativos estão suspensos da plataforma até que sejam concluídas as investigações sobre o uso de dados pessoais de usuários coletados por meio desses apps. A nova estratégia faz parte das tentativas do Facebook de controlar o mau uso de terceiros de dados pessoais de seus 2 bilhões de usuários, anunciadas após o escândalo de privacidade envolvendo a consultoria Cambridge Analytica.

As informações foram dadas por Ime Archibong, vice-presidente de parcerias de produtos da empresa. Segundo ele, a rede social já analisou “milhares de aplicativos” desde que as investigações foram anunciadas pelo presidente da empresa, Mark Zuckerberg, dia 21 de março.

O executivo alertou, no entanto, que as investigações não terminaram e que outros aplicativos podem ser suspensos nos próximos dias.

“Há muito mais trabalho a ser feito para encontrar todos os aplicativos que possam ter usado mal os dados do Facebook das pessoas – e isso levará tempo”, disse Archibong ao anunciar que mais de uma equipe trabalha nesse processo para tornar as investigações mais rápidas o possível.

Durante o anúncio das investigações, Zuckerberg prometeu avaliar todos os aplicativos que tiverem acesso a grandes quantidades de informação antes de 2014, quando o Facebook reduziu o acesso dos aplicativos às informações publicadas nas redes sociais.

Estratégia. As mudanças aconteceram depois do escândalo envolvendo a empresa de consultoria Cambridge Analytica que acessou indevidamente dados para construir perfis sobre os eleitores americanos e influenciar a eleição presidencial de 2016.

O incidente levou a uma reação das celebridades e resultou na perda de bilhões de dólares em valor de mercado. Zuckerberg pediu desculpas pelos erros cometidos por sua empresa e testemunhou perante os legisladores dos EUA.

A empresa, no entanto, recuperou boa parte do seu valor de mercado depois de ter reportado um incrivelmente forte aumento de 63% no lucro e um aumento nos usuários quando anunciou resultados trimestrais em 25 de abril.

As ações da empresa subiram 0,4%, para US$ 187,65 no pregão de pré-mercado desta segunda-feira, 14. [Reuters]

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s