French 80’s: A moda com estilo francês volta às ruas

Blazers com ombros estruturados, calças de cintura marcada e camisas são os clássicos da década que voltam às ruas. Atualize a produção com peças de tons escuros, rendas e poás. Boinas e lenços finalizam os looks com elegância. [ELLE]

180409_marie_claire_0260.jpg
 (Foto: Caroline Curti)

Blusa Morena Rosa, R$ 400. Calça Forever 21, R$ 100. Lenço B.Luxo, R$ 120. Brincos Guerrero, R$ 8.877. Cinto Michael Kors, R$ 810. Sapatos Versace, R$ 3.170

180409_marie_claire_0475Blazer Louis Vuitton, R$ 14.400. Body Dimy, R$ 120. Shorts B.Luxo, R$ 268. Faixa acervo. Brincos, R$ 4.780, e bolsa, R$ 4.760, Saint Laurent por Anthony Vaccarello. Meia-calça Lupo, R$ 24 (usada em todas as fotos). Sapatos Capodarte, R$ 320.180409_marie_claire_0606Blazer Amíssima, R$ 614. Blusa Juliana Jabour, R$ 898. Faixa acervo

180409_marie_claire_0098Blazer Dolce & Gabbana, R$ 13.500. Camisa Forever 21, R$ 90. Calça Apartamento 03, R$ 2.072. Boina Morena Rosa, R$ 140. Cinto Minha Avó Tinha, R$ 80. Pulseira Versace, R$ 3.080. Sapatos Sarah Chofakian, R$ 698

180409_marie_claire_0317Blazer Fedra, R$ 738. Saia Bottega Veneta, R$ 13.240. Cinto Michael Kors, R$ 810. Faixa acervo. Brincos Canal, R$ 119

180409_marie_claire_0007Casaco Michael Kors, R$ 5.580. Camisa Renner, R$ 140. Calça C&A, R$ 100. Lenço B.Luxo, R$ 120. Brincos Guerrero, R$ 3.224. Bolsa Versace, R$ 6.800

Styling André Puertas / Produção-executiva Vandeca Zimmermann / Modelo Isabela Eing (Mega Model) / Beleza Kaká Oliveira (RM MGMT) com produtos M.A.C Cosmetics e L’Oréal Paris / Assistente de beleza André Rodrigues / Assistentes de fotografia Tamires Prado e Patricia Corvo / Tratamento de imagem Re.Toque / Agradecimento Sesc 24 de Maio (locação)

YouTube Music está contratando especialistas para fazer curadoria de novo app

Empresa diz que ter a curadoria de especialistas de várias partes do mundo é importante para que o aplicativo não tenha apenas músicas americanas
Por Agências – Reuters

YouTube Music1
YouTube Music é a nova plataforma de streaming de música

O YouTube está contratando especialistas em música ao redor do mundo para tornar mais nacional – e autêntico – seu novo serviço de música, o YouTube Music. Entre as regiões que devem receber mais investimentos está o Brasil e a França, segundo divulgou a própria empresa.

Para T. Jay Fowler, presidente do YouTube Music, a curadoria de especialista locais e é uma maneira de evitar que as músicas norte-americanas definam a experiência do usuário de outros países. “Estamos fazendo um trabalho pesado de varredura nos catálogos para termos certeza de que estamos refletindo o que está acontecendo culturalmente no mundo”, explicou.

O novo aplicativo estará disponível na terça-feira, 21, para usuários nos Estados Unidos, Austrália, Nova Zelândia, México e Coreia do Sul. Mas ainda não há previsão para o serviço chegar ao País. A contratação de novos funcionários para atuar na nacionalização do app também não foi confirmada pelo YouTube Brasil.

O Google já tem curadores de playlists que trabalham no Google Play Music, mas eles têm tido um papel menor no aplicativo YouTube Music. Com as novas contratações, o novo aplicativo de streaming quer se destacar frente aos rivais Spotify e Apple Music.

A empresa anunciou ainda que está apefeiçoando seu serviço de assinatura de música e planejando uma grande estratégia de marketing para facilitar a usabilidade do aplicativo.

O novo streaming de música será inicialmente gratuito, mas já disse que terá uma versão premium para assinantes. Quem desejar desembolsar US$ 10 por mês terá acesso a recursos extras para assinantes como playlists personalizadas com base no histórico do YouTube.

Metade dos bilionários de tecnologia do mundo mora no Vale do Silício, diz pesquisa da Wealth-X

Relatório da Wealth-X mostra que 74 dos 143 bilionários do ramo moram na região; o patrimônio líquido médio é de US$ 6 bilhões

1521654236626.jpg
Mark Zuckerberg é presidente do Facebook

O novo relatório sobre as pessoas mais ricas do mundo feito pela empresa de pesquisa de mercado Wealth-X indica que a metade dos bilionários de tecnologia do mundo mora no Vale do Silício. Segundo a pesquisa, na região moram 74 dos 143 bilionários do ramo, cada um deles com um patrimônio líquido médio de US$ 6 bilhões.

A região é considerada uma loteria porque apesar de ser um local onde jovens ambiciosos ganham milhões outros perdem tudo em questão de meses. Isso porque, para dar certo no mercado de startup, diz o estudo, é necessário que o empreendedor tenha uma ótima ideia, apresente no momento certo e, claro, tenha bastante sorte.

“A quantidade de bilionários é distorcida pelas enormes fortunas acumuladas por um número muito pequeno de indivíduos” diz o relatório ao lembrar que “seis das dez pessoas mais ricas do mundo tiraram a maior parte de sua riqueza do setor de tecnologia”.

O relatório destacou ainda que as baixas barreiras de entrada, a alta capacidade de inovação e o crescimento da demanda global por soluções tecnológicas tem feito crescer o número de bilionários nesse setor.

Isso também explica o aumento na quantidade de bilionários que moram no Vale do Silício. O último registro, feito em 2016, indicava a existência de 60 bilionários na região. Com o acréscimo, o Vale do Silício se tornou o terceiro lugar do mundo em número de bilionários, passando de Moscou e Londres, que respectivamente possuem 69 e 62 bilionários. E ficando atrás apenas de Nova York e Hong Kong.

Comparação. Uma diferença entre aqueles que ficaram ricos por conta das empresas de tecnologia do Vale do Silício e de outros setores, no entanto, é que parte da riqueza em tecnologia está em estoque inicial sem liquidez. Isso faz com que algumas pessoas questionem se certos bilionários de tecnologia são realmente tão ricos.

Há um debate legítimo, por exemplo, se uma pessoa como o fundador da Uber, Travis Kalanick, deveria ter sido considerado bilionário antes dele ter vendido alguma de suas ações da empresa.

Há ainda, tipos de bilionário de tecnologia que não estão necessariamente ligados a empresas. É o caso dos investidores que ficaram ricos com as moedas virtuais, onde a situação é ainda mais volátil.

Os irmãos gêmeos Winklevoss, por exemplo, considerados no fim do ano passado os primeiros bilionários do mundo do bitcoin  entraram e saíram da lista em alguns meses depois que o valor das moedas virtuais despencou no início deste ano. É o exemplo do que a pesquisa de Wealth-X chama de “visita transitória à classe dos bilionários”, especialmente comum na loteria dos bilionários do mercado de tecnologia.

Puma lança coleção em parceria com a Barbie

Novidades chegam às lojas no segundo semestre de 2018

barbie-main
Puma e Barbie planejam parceria (Foto: Divulgação)

Depois de Rihanna e Selena Gomez, a nova colaboradora da Puma é… Barbie! Sim, a boneca da Mattel será a estrela de uma linha de calçados e roupas (entre US$ 50 e US$ 100) com previsão de lançamento para o segundo semestre deste ano.

Segundo o WWD, a parceria é parte de uma série de ações afirmativas da nova identidade da boneca, que já aderiu ao movimento de body positivity ao lançar brinquedos com diversos perfis, tamanhos e diferenças. As iniciativas devem culminar em 2019, quando a Barbie comemora 60 anos.

Atriz Maggie Gyllenhaal diz que não aguenta mais fazer cenas de sexo na série The Deuce

Atriz interpreta uma prostituta na Nova York dos anos 1970 em The Deuce

The Deuce con James Franco Nueva serie HBO.jpg
Maggie Gyllenhaal como Candy em The Deuce (Foto: Divulgação)

A atriz Maggie Gyllenhaal, que interpreta uma prostituta em The Deuce, disse que não aguenta mais fazer cenas de sexo na série. A declaração foi dada em um painel no Vulture Festival.

“Há muito sexo”, reclamou a atriz, segundo o The Hollywood Reporter. “Para ser honesta, eu me cansei um pouco disso no final de The Deuce. Acho que um pouco disso é como Candy se sentiu”.

Candy é o nome da prostituta de Nova Iorque interpretada por Maggie. Boa parte da primeira temporada foca na personagem da atriz se frustrando cada vez mais com seu trabalho nas ruas e ansiando por uma vida nova.

O papel fez com que Maggie tivesse que filmar frequentes cenas de sexo, o que fez ela e seu personagem atingerem um ponto de ruptura na metade da primeira temporada. “Candy no começo se sentia tipo: ‘Sou legal, estou bem, está tudo bom’ e no quinto episódio ‘Não posso mais funcionar assim ou vou morrer’”, contou a atriz. “Acho que meus sentimentos sobre isso mudaram assim como os sentimentos dela, e talvez os sentimentos dela mudaram porque eu estava me cansando”.

ELLE Sérvia Junho 2018 Amelia Roman by Liv Friis Larsen

Sem título.jpgPhotography: Liv Friis Larsen. Styling: Maria Angelova. Hair & Makeup: Sofie Begtrup. Model: Amelia Roman.

Chrissy Teigen revela nome do seu segundo filho com John Legend

O casal já tem uma filha, Luna Simone Stephens, de dois anos

600
A cantora Chrissy Teigen fez post no Instagram revelando o nome do seu segundo filho com o cantor John Legend Foto: Andrew Kelly/Reuters

A modelo e escritora Chrissy Teigen publicou a primeira foto e revelou o nome do seu segundo filho com o cantor John Legend, que nasceu prematuramente na quinta-feira, 17. Concebido a partir de um procedimento de fertilização in vitro, o bebê se chamará Miles Theodore Stephens (o nome verdadeiro de Legend é John Roger Stephens).

“Olá, mundo! Aqui é Miles Theodore Stephens”, escreveu Chrissy no Instagram. “Nós estamos nos afogando nos seus barulhinhos e espreguiçadas. Nossa casa está repleta de amor. Obrigada a todos pelos votos de felicidade!”, continuou a modelo.

O casal também é pai de Luna Simone Stephens, que completou dois anos em abril. Naquela ocasião, Chrissy falou abertamente sobre a sua luta para engravidar e também o processo que fez para vencer a depressão pós-parto. “Espero que, falando sobre esse assunto, outras mulheres que estão lutando contra essa doença vejam que há esperança e uma luz no fim do túnel para sair disso”, disse ela na época.

Veja abaixo o post.

Sem título.jpg
chrissyteigen Hello, world! This is Miles Theodore Stephens – We are drowning in his little peeps and nuzzles. Our household feels overwhelmed with love. Thank you for all your well wishes!

Barack e Michelle Obama assinam acordo de produção de conteúdo para Netflix

‘Um dos prazeres simples de nosso tempo no serviço público foi conhecer tantas pessoas fascinantes e ajudá-las a compartilhar experiências com um público mais amplo’, disse o ex-presidente
Eric Kelsey e Mekhla Raina – Reuters

5a959366881a7147e425a8bd0ae5c56c
Michelle e Barack Obama assinaram contrato com a Netflix.  Foto: Jim Young/AFP Photo

O ex-presidente dos Estados Unidos Barack Obama e sua mulher, Michelle Obama, fecharam um acordo de vários anos com a Netflix para produzir filmes e séries, anunciou nesta segunda-feira, 21, o serviço de vídeos por streaming.

Trabalhando com o nome Higher Ground Productions, o casal Obama tem a opção de produzir séries com e sem roteiros, documentários e longa-metragens, disse a Netflix em um comunicado. O acordo leva a crer em uma atuação pública pós-Casa Branca do casal Obama mais abrangente do que o tradicional.

O contrato com a Netflix, que se orgulha de ter cerca de 125 milhões de assinantes em todo o mundo, dará ao casal uma voz que transcenderá as aparições públicas tradicionais, os livros e os trabalhos de caridade a que ex-presidentes recentes têm recorrido.

“Um dos prazeres simples de nosso tempo no serviço público foi conhecer tantas pessoas fascinantes de todas as ocupações e ajudá-las a compartilhar suas experiências com um público mais amplo”, disse Barack Obama em um comunicado. “É por isso que Michelle e eu estamos tão empolgados por nos associarmos ao Netflix – esperamos cultivar e dar espaço às vozes talentosas, inspiradoras e criativas que conseguem fomentar uma empatia e uma compreensão maiores entre povos e ajudá-las a compartilhar suas histórias com o mundo inteiro”, acrescentou no texto.

As fotos oficiais do casamento de Meghan Markle e príncipe Harry

Duque e Duquesa de Sussex selecionaram três cliques oficiais para celebrar o casamento

mw-1240.jpg
The Duke and Duchess of Sussex have released three official photographs taken on their wedding day by photographer Alexi Lubomirski.

último sábado (19.05) foi monotemático: só se falava sobre o casamento de Meghan Markle e príncipe Harry. E nesta segunda-feira (21.05), o Palácio de Kensington divulgou, por meio de suas redes sociais, os três cliques oficiais selecionados pelos noivos pra marcar o enlace matrimonial que os transformou em Duque e Duquesa de Sussex.

“O Duque e a Duquesa de Sussex acabam de divulgar as três fotografias oficiais do dia de seu casamento. Este registro foi feito prlo fotógrafo Alexi Lubomirski no The Green Drawing Room, no Castelo de Windsor, logo após a procissão da carruagem”, o palácio descreveu sobre o clique em que o casal aparece ao lado da rainha Elizabeth II, rei Philip, príncipe Charles, Camilla Bowles, príncipe William, Kate Middlton, Doria Ragland, princesa Charlotte e príncipe George, e todos os outros pajens e daminhas de honra – Florence van Cutsem (afilhada de Harry), Remi e Rylan Litt (afilhadas de Meghan), Ivy, John e Brian Mulroney (filhos de Jessica e Benecdit Mulroney), Zalie Warren (afilhada de Harry) e Jasper Dyer (afilhado de Harry).

Na segunda foto, a fofura se repete e os noivos posaram com a turma de daminhas e pajens em um clique descontraído ao chão.

33145764_1867661029922385_4242418353953570816_o-1024x768.jpg
(Foto: Reprodução/Instagram)

Por último, Alexi Lubomirski registrou o Duque e a Duquesa em um momento de romance, que emulou o clique do noivado, aos pés da escadaria, e seguiu com um agradecimentos dos noivos. “O Duque e a Duquesa de Sussex gostariam de agradecer a todos que participaram das celebrações de seu casamento no sábado. Eles se sentem muito sortudos de serem capazes de celebrar o seu dia com todos aqueles que se juntaram em Windsor e aos que assistiram ao casamento pela televisão pelo Reino Unido, Commonwealth e ao redor do mundo”, dizia a legenda.

image_S35RGDo.png
(Foto: Reprodução/Instagram)