Designer Sérgio J. Matos recebe prêmio na ICFF 2018, em Nova York

Banco Carambola, poltrona Bodocongó e poltrona Arreio, criados pelo mato-grossense, foram eleitas melhor mobiliário externo

sergio-mattos-premio-icff-2018-1
Sérgio J. Matos posa em seu stand na 30ª ICFF com as poltronas Arreio (à esq.) e Bodocongó (à dir.) e o banco Carambola

O designer mato-grossense Sérgio J. Matos acaba de ser premiado em sua participação na 30ª International Contemporary Furniture Fair (ICFF), em Nova York. O profissional recebeu o ICFF Editors Awards na categoria Mobiliário Externo pelo banco Carambola, a poltrona Bodocongó e a poltrona Arreio, todas exibidas na feira.

O prêmio é desenvolvido pela organização da ICFF e conta com júri formado por profissionais da área com atuação na mídia especializada. Todos os anos, os melhores expositores são avaliados em dez categorias: Mobiliário, Mobiliário Externo, Assento, Carpetes e Pavimentos, Iluminação, Papel de Parede, Acessórios, Soluções para Cozinha e Banheiro, Soluções para Escolas e Galerias e Artistas.

Sérgio participa na feira pelo segundo ano consecutivo, como parte de uma ação promovida pelo Projeto Raiz (iniciativa desenvolvida pelo Sindicato das Indústrias do Mobiliário de Bento Gonçalves – Sindmóveis e Apex-Brasil para promover o designe brasileiro no exterior). Já é a terceira edição do projeto Raiz na Apex – neste ano, outros 11 profissionais participam do evento.

Sem título.jpg
Banco Carambola, design Sergio Mattos

Mango Spring Summer 2018 Steffy Argelich by Angelo Pennetta

mangoo7.jpgSummer Diaries | O silêncio da manhã reina entre as paredes da casa e eu me sento para observar a luz do crepúsculo. As cores da terra e o céu azul fundem-se num contraste impossível de esquecer. Memórias de um verão entre palmeiras, estampas geométricas, notas de açafrão e tricô texturizado em tons de areia. Photography: Angelo Pennetta. Model: Steffy Argelich.

Colar da Cartier é a peça central do filme ‘Oito Mulheres e Um Segredo’

Filme com Cate Blanchett, Rihanna e Sandra Bullock conta a história do roubo de joia no Baile do MET

1527107925740.jpg
Anne Hathaway com colar criado pela Cartier para o filme ‘Oito Mulheres e Um Segredo’ Foto: WB Film Images / Divulgação

Em julho chega ao cinema o mais novo remake do filme de Onze Homens e Um Segredo (1960), que, dessa vez, conta a história de um grupo de ladras, vividas por Sandra Bullock, Cate Blanchett, Anne Hathaway, Rihanna, Sarah Paulson, Helena Bonham Carter,  Awkwafina e Mindy Kaling.

Desta vez, o roubo cinematográfico (e cheio de ação) será de um colar de diamantes e irá ocorrer no Baile do MET. A peça chave da história foi feita pela joalheria francesa Cartier, que recriou um colar de diamantes de 136.25 quilates, desenhado por Jacques Cartier, fundador da empresa, em 1930. Embora a peça original não exista mais, a nova foi baseada nos arquivos e é um tributo à Jeanne Toussaint, designer da marca, uma das responsáveis por estabelecer o DNA da Cartier.

A nova versão foi ajustada às medidas de Anne Hathaway, tendo o tamanho diminuído entre 15 e 20%, para ficar proporcional ao corpo da atriz. Todas as outras joias do filme também foram feitas pela Cartier.

Uma das cenas principais irá se passar no Baile de Gala do MET (apesar de todo o elenco estar presente na última edição do evento, o filme não foi gravado lá) e fashionistas como Anna Wintour, Kendall Jenner, Kim Kardashian, Zayn Malik, Alexander Wang e Zac Posen atuaram na reprodução da festa. Outras cenas foram gravadas na Cartier Maison, loja da grife em Nova York.

Alexa agora permite que você evite reuniões

Com atualização da Amazon, ficou mais fácil fugir daquela reunião que poderia tranquilamente ser um email
Por Soraia Alves

600_469595787
Amazon Alexa 

Amazon vem aprimorando todos os recursos da Alexa, inclusive sua capacidade de gerenciar a agenda de seus usuários. O suporte do Outlook.com e do iCloud chegou no ano passado e agora a Alexa já está conseguindo gerenciar reuniões.

A opção de adicionar novos eventos e agendá-los sempre foi possível, mas agora a Alexa oferece suporte às reuniões individuais e a capacidade de remover eventos, ou melhor, remarcá-los. É a oportunidade de fugir daquela reunião (que poderia ser um email) apenas pedindo para a assistente virtual se encarregar da mudança.

O usuário pode dizer “Alexa, moude minha reunião” ou “Alexa, mude minha reunião às 8h para amanhã às 10h” e pronto, resolvido (ou pelo menos, procrastinado).

O agendamento one-on-one também funciona com a mesma facilidade, permitindo que você crie um evento de calendário dizendo “Alexa, agende uma reunião com o João“. A assistente cirtual acessará seus contatos e escolherá a pessoa e sugerirá horários com base na disponibilidade tanto do organizador como do participante.

Os novos recursos de agenda do Alexa estão disponíveis nos Estados Unidos, e para todas as contas do Gmail, do G Suite, do Office 365 e do Exchange.

Suri Cruise está cada dia mais parecida com Katie Holmes

As duas foram vistas em Nova York, nos Estados Unidos, com looks semelhantes e visual chama atenção

Sem título.jpg
Katie Holmes e sua filha Suri Cruise

A atriz Katie Holmes, 39 anos, levou sua filha Suri Cruise, 12 anos, para conferir a abertura do American Ballet Theatre, no The Metropolitan Opera House, em Nova York, nesta segunda-feira (21).

Na ocasião, as duas foram fotografadas com looks floridos e penteados bem semelhantes. A jovem não costuma aparecer ao lado de Katie nos eventos e, muito menos, através de seu perfil do Instagram, porém a aparição das duas no evento levantou comentários a respeito da semelhança entre as duas.

Suri é filha da atriz com o ex-companheiro Tom Cruise.

Sem título.jpg
Katie Holmes e sua filha Suri Cruise

Meghan Markle tinha sonho de ser presidente dos Estados Unidos, revela amiga

A nova Duquesa de Sussex era amiga próxima da família de Barak Obama e chegou a atacar Donald Trump o chamando de “misógino”

me
Meghan Markle, Duchess of Sussex (Chris Jackson/Getty Images)

Quem teria pensado há alguns anos que o príncipe Harry se casaria com uma atriz de série de televisão norte-americana? No entanto, o casamento real poderia ser apenas o começo de um drama anglo-americano ainda maior. De acordo com o Daily Mail, Meghan Markle disse a uma amiga próxima que sua maior ambição é ser presidente dos EUA. A conversa aparentemente aconteceu depois que Meghan começou seu romance com o príncipe Harry.

“Meghan foi bem clara de que ela queria ser presidente um dia”, afirma a fonte. Pode parecer fantasioso, mas a nova duquesa de Sussex mantem essa ambição desde que era uma garotinha. Em 2015, ela teria dito ao jornalista Piers Morgan que ela nem sempre buscou o sucesso de Hollywood. “Quando criança, eu queria ser presidente ou uma jornalista como você”, ela disse. Meghan ainda é cidadã americana porque o processo para se tornar britânica de pleno direito deve durar três anos. Ela deve manter sua cidadania americana, pois a dupla cidadania é permitida. E os candidatos presidenciais devem ser cidadãos dos EUA.

Meghan cultivou uma amizade com o ex-presidente dos Estados Unidos Barack Obama e sua esposa, Michelle, e a apresentadora Oprah Winfrey, que é uma das mulheres mais influentes na América, recebeu um assento privilegiado na Capela Windsor de St. George, durante o casamento real na semana passada. Um historiador real diz que Meghan acharia difícil entrar na política dos EUA ainda casada com Harry. “É uma regra muito forte que os membros da Família Real se mantenham fora da política”, diz ele.

Mas Harry poderia, é claro, desistir dos deveres reais oficiais. Sua mãe, a princesa Diana, teria considerado se mudar para a América. E a alegação parece ter causado consternação no Palácio de Kensington ontem, com a Duquesa dando ao seu porta-voz oficial permissão para dar o passo incomum de emitir uma negação ao público. “Essa conversa que você descreve com uma ‘amiga próxima’ é fictícia”, insistiu o porta-voz.

O ex-editor do Times, Simon Jenkins, disse: “Seus amigos e colegas próximos afirmam que ela é um animal político. Tal é a sua fama, que ela poderia perfeitamente seguir um caminho tomado por um certo Ronald Reagan. Ela pode liderar os democratas contra a republicana Ivanka Trump. Tudo o que posso dizer é, por que não?”. A melhor amiga de Meghan é Jessica Mulroney, cujo sogro, Brian, foi o primeiro ministro do Canadá por nove anos. Meghan tem fortes visões políticas e atacou Donald Trump em 2016 por ser misógino.

Dois dias após o casório, o Duque e a Duquesa de Sussex participaram de seu primeiro evento como casal, juntando-se ao pai do Duque, Príncipe Charles, na celebração do seu 70º aniversário.

A sobrancelha natural está em alta

Liberte-se do visual perfeito e aposte no formato natural de suas sobrancelhas

mila_schon_bbt_s18_017
Despreocupada: Naturalmente despenteadas no backstage de Mila Schon (Foto: Imaxtree/Divulgação)

Me lembro quando, adolescente, comecei a tirar as sobrancelhas. A moda dos 90’s era implacável e todas as minhas amigas tinham adotado a versão mais fina e arqueada da vez – experimente procurar por fotos de Angelina Jolie na época. Hoje, sobrancelhas parecem mais importantes do que nunca e o grau de cuidado vai muito além da simples pinça. Passa por séruns de crescimento, micropigmentação, lápis, canetas delineadoras, tinturas, máscaras e ceras de uso exclusivo, criados para manter cada falha preenchida e os pelos meticulosamente no lugar.

20180416-2065-editar
Corrigidas e, ainda assim, zero certinhas (Foto: João Bertholini)

A versão atual, superdesenhada, precisamente arqueada e geométrica, me causa um pouco de incômodo por ficar perfeita demais e distante do que me parece natural. Há anos, desisti de tirar as minhas, para ganhar o volume perdido na década de 1990, mas consciente das “limitações” do meu desenho de fábrica.

Sem título.jpg
Claríssimas: Quase invisíveis no desfile de Emilia Wickstead (Foto: Imaxtree/Divulgação)

Acho bonito ver maquiadores abraçando as versões rebeldes, despenteadas, e também as ralas. Elas continuam sendo arrumadas, maquiadas e, muitas vezes, preenchidas, mas tudo para que o resultado pareça sem esforço. Se você é do time da atriz Brooke Shields, aposente a tesoura e experimente pentear os fios para cima. Já as donas de pelos clarinhos podem deixá-los crescer livremente e enfatizar o desenho natural com a ajuda de uma máscara marrom. Você vai se surpreender com o quanto pode ganhar uma expressão jovial e altiva, ainda que “imperfeita” para os padrões atuais. [Vânia Goy – @vaniagoy]

Produtos aprovados:

Xadrez tomboy e grid print vão te aquecer nessa temporada

Mais que estar na moda, eles são atemporais, modernos e urbanos
Por Eduardo Vilas Bôas

xadrez-masculino-2018-768x555 (1).pngA moda cada vez mais vez tem valorizado o estilo pessoal e, por isso, as opções são diversas. Hoje encontramos uma enorme variedade de xadrezes nas lojas, independentemente de estações, pois vão bem do calor ao frio, do casual ao formal, do feminino ao masculino.

Obviamente existem estampas e padrões que se destacam mais num dado período e o xadrez, por herança europeia, geralmente é mais revisitado nas coleções de frio. Portanto, para esse Outono (que já chegou chegando!) veremos basicamente dois grupos de xadrezes: preto/branco e o vermelho/preto. Ambos estão associados a uma estética mais urbana e moderna, por isso, esqueça aquela ideia de que xadrez é somente western.

Grid print é um xadrez mais leve, suave e sofisticado. Apesar da predominância do preto e branco, podem aparecer em branco e azul também. Suas linhas são bem fininhas e distanciadas, formando literalmente uma grande grade visual. A geometria regular da estampa confere à peça maior sobriedade, podendo ser com o fundo branco (positiva) ou preto (negativa). Esse xadrez é muito fácil de ser coordenado com outras peças, desde as lisas de qualquer cor, como o jeans, por exemplo, até outros tamanhos de grid, mesmo que misturando positivo com negativo, e estampas geométricas e listras também. Quanto aos biótipos, pode vestir qualquer tipo físico, vale ficar atento, porém, quanto ao tamanho do grid e a cor da peça, já que desenhos grandes e cores claras podem aumentar a silhueta.

Sem título.jpg
Forevere 21 | Antioch Longline 

O xadrez vermelho e preto é outro relevante nessa temporada, principalmente por conta do estilo Tomby, que busca a valorização da moda genderless e, por isso, adotou o padrão como um dos seus ícones e tem crescido entre o público jovem. E, ao contrário do grid print, acaba tendo uma proposta mais despojada e informal. Chamado também de xadrez Tomby ou tartan, pode ser usado de forma mais livre, com estampas florais que tenham preto e vermelho predominantes, camuflados, listras e até animal print de onça, mas classicamente são coordenados com peças lisas e pretas. É um xadrez muito democrático, pois veste bem qualquer biótipo.

Sem título.jpg
C&A | Zattini

Essas estampas podem ser aplicadas em todas as peças de roupas e, por serem atemporais, certamente ficarão muito tempo no seu guarda-roupa. A dica de ouro é investir em poucas e boas peças, já que são visualmente marcantes e terão vida longa. As peças de sobreposição, como camisas e casacos, garantem maior versatilidade em função das coordenações possíveis.

The Observer Magazine Summer 2018 Erin Shea by Jon Gorrigan

%d blogueiros gostam disto: