Uber lança botão de pânico para passageiros em situação de emergência nos EUA

Ferramenta foi criada para ajudar usuários ao notarem comportamento estranho durante as viagens; botão faz ligação direta com central de emergência

uber open-office-office-spaces.jpgeO Uber lançou um botão de pânico, dentro do aplicativo, para que passageiros acionem o serviço de emergência quando se sentirem em risco durante as viagens. A ferramenta está disponível apenas para usuários dos Estados Unidos e foi criada para atender exclusivamente os passageiros.

O botão de pânico faz parte de uma nova área do aplicativo chamado de “centro de segurança”. Ao abrir essa opção do menu, os americanos vão se deparar com um grande botão vermelho escrito “Emergência”. Antes de ligar para a equipe de 911, ainda é preciso fazer algumas etapas de confirmação uma forma de evitar que existam discagens acidentais.

A ferramenta, no entanto, não foi totalmente comemorada pelos usuários. Isso porque, ao acionar o botão de emergência, o Uber não compartilha a localização exata do usuário com a central de emergência. Além disso, especialistas já criticaram a dificuldade da equipe de emergência atender o caso quando a vítima está dentro de um carro em movimento.

Para resolver esse problema, o Uber anunciou que está testando um programa de compartilhamento de dados de localização de usuários em crise com a central do 911 para fornecer dados de localização via GPS. Até agora, apenas cinco cidades dos Estados Unidos estão testando esse modelo.

Além do botão, a nova área do menu prevê ainda documentos que ajudará os usuários a conferir como deve ser o comportamento dos motoristas de acordo com as diretrizes da empresa, além de dicas de como agir em situações de risco e a opção de compartilhar detalhes da viagem e localização do veículo para um contato. A ferramenta foi testada por dois meses, na Índia.

Estratégia. Os novos recursos de segurança fazem parte de uma série de esforços anunciados pelo presidente do Uber, Dara Khosrowshashi, como forma de melhorar a imagem da empresa que se envolveu em dezenas de escândalo nos últimos anos.

Em uma recente entrevista ao site de tecnologia The Verge, Khosrowshahi disse que o botão de pânico e as melhorias na triagem de escolha de motoristas seriam apenas o começo. “É como se tivéssemos começado a trabalhar nisso de maneira mais pesada e determinada. Isso vai ser um verdadeiro diferencial para nós. E a propósito, o benefício é bom para todos”.

A medida também pode ajudar a empresa a ter uma nova licença para operar em Londres. Governantes da cidade alegavam que a empresa tinha uma abordagem frouxa em relação a segurança. O Uber recorreu da suspensão da licença e o serviço ainda está operando na cidade.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s