“Oh Lucy!”: Azeda, mal-humorada – e adorável

Em cartaz nos cinemas, “dramédia” japonesa com Josh Hartnett e a ótima Shinobu Terajima acerta todas as notas
Por Isabela Boscov

3c739bb8a67017ca8ee9653c117c3710.jpg
 (Imovision/Divulgação)

Pode ter sido o abraço apertado que ganhou do professor, pode ter sido a peruca loira engraçada com que ele a fantasiou: pressionada pela sobrinha a ficar com um pacote de aulas de inglês, a desconfiada Setsuko (Shinobu Terajima) – a escola tem um jeito suspeito de bordel – experimenta fortes emoções quando o americano John (Josh Hartnett) abre a porta da salinha, sorri para ela com mil dentes brancos, batiza-a de Lucy, ensina-a a falar “Hi!!!!” com entusiasmo bem pouco nipônico e, para ajudá-la a formar as vogais, enfia uma bolinha de pingue-pongue na sua boca. Funcionária subalterna de um escritório que detesta, moradora de um apartamento que parece um depósito de tranqueiras, solitária brigada com a única irmã (a mãe da tal sobrinha) e mal-humorada em período integral, Setsuko não contava com tanta excitação comprimida em menos de uma hora de aula. É quase demais para ela e para o outro aluno, Takeshi (o maravilhoso Koji Yakusho), um tipo muito doce mas também ele desiludido, como Setsuko. Portanto, quando descobre que John e sua sobrinha se mandaram juntos para Los Angeles, ela nem pensa: cata a irmã e vai atrás deles, esperando, quem sabe, por um milagre – que John a prefira à namorada. A qual, ela descobre na chegada à Califórnia, já não está mais com ele.

Parte road movie, parte drama tratado com humor afiado mas afetuoso, parte comédia sobre choques culturais, o filme da diretora Atsuko Hirayanagi não erra uma. Josh Hartnett, encantador, é o contraponto ideal para a Setsuko/Lucy da grande atriz Shinobu Terajima, que consegue ser ao mesmo tempo um poço de azedume e uma bolha de sabão cheia de sonhos coloridos. Atsuko, que também assina o roteiro, é um talento: não é só que ela tire algo novo de uma premissa tão conhecida. É que ela faz questão de usar todos os aspectos mais banais e já trabalhados dessa premissa para transformá-la em uma experiência única e duradoura para o espectador. Lucy já saiu da minha vida faz dias, mas não do meu coração.

OH LUCY!
Japão/Estados Unidos, 2017
Direção: Atsuko Hirayanagi
Com Shinobu Terajima, Josh Hartnett, Kaho Minami, Koji Yakusho, Shioli Kutsuna, Megan Mullally, Reiko Aylesworth
Distribuição: Imovision

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s