CINEMA I Estreias da Semana: Nico, 1988, O Candidato Honesto 2, Ferrugem, Os Jovens Titãs em Ação!, A Destruição de Bernardet

‘O Candidato Honesto 2’, ‘Ferrugem’ e ‘Os Jovens Titãs em Ação!’ chegam aos cinemas

11922
Nico, 1988, de Susanna Nicchiarelli

O Candidato Honesto 2
Brasil, 2018. Direção: Roberto Santucci. Com: Leandro Hassum, Rosanne Mulholland e Paulinho Serra. 106 min. 14 anos.
Sequência do longa de 2014, a comédia conta a história de um político que, após ser preso e cumprir quatro dos 400 anos de prisão aos quais foi condenado, retorna para a política, se candidata novamente e vence as eleições.

A Destruição de Bernardet
Brasil, 2016. Direção: Claudia Priscilla e Pedro Marques. 72 min. 10 anos.
O documentário retrata o cinema brasileiro através da experiência do crítico e teórico Jean-Claude Bernardet, que decidiu, aos 70 anos, atuar em longas. Na trama, Bernardet faz uma reflexão sobre as críticas que recebeu ao mesmo tempo em que lida com os percalços do tratamento do HIV.

Deus Não Está Morto – Uma Luz na Escuridão
God’s Not Dead: A Light in Darkness. EUA, 2018. Direção: Michael Mason. Com: Megan Alexander, Adeeja Rochele Anderson e Carrlyn Bathe. 102 min. 12 anos.
Na trama, quando uma igreja evangélica localizada dentro de uma universidade é incendiada, um pastor resolve investigar o caso.

Ferrugem
Brasil, 2018. Direção: Aly Muritiba. Com: Giovanni de Lorenzi, Tifanny Dopke e Enrique Diaz. 100 min. 14 anos.
No drama, uma adolescente perde o celular em uma festa e tem um vídeo íntimo com o ex-namorado divulgado no grupo da escola. Ela, então, passa a sofrer bullying dos colegas. Sem saber quem divulgou as imagens, ela se isola e entra em crise. Selecionado para o Festival de Sundance.

Fica Mais Escuro Antes do Amanhecer
Brasil, 2016. Direção: Thiago Luciano. Com: Caco Ciocler, Imara Reis e Lucy Ramos. 87 min. 14 anos.
Após uma tragédia familiar que leva um homem a lutar contra a depressão, ele decide trabalhar em uma fábrica de gelo em um povoado afetado por mudanças climáticas extremas e fadado a presenciar o último pôr do sol.

As Herdeiras
Las Herederas. Paraguai/Alemanha/Uruguai/Noruega/Brasil/França, 2018. Direção: Marcelo Martinessi. Com: Ana Brun, Margarita Irun e Ana Ivanova. 95 min. 14 anos.
Quando duas irmãs, herdeiras de uma família rica paraguaia, veem a fortuna se acabar, elas começam a vender os bens da família. Vencedor do Urso de Prata de melhor atriz no Festival de Berlim.

Os Jovens Titãs em Ação! Nos Cinemas
Teen Titans Go! To the Movies. EUA, 2018. Direção: Aaron Horvath e Peter Rida Michail. 88 min. Livre.
Quando Robin, Ciborgue, Estelar, Ravena e Mutano percebem que todos os super-heróis estão estrelando filmes mas eles não, decidem partir em busca de um diretor de Hollywood que queira fazer um longa sobre eles, mas acabam enganados por um supervilão.

Meu Tio e o Joelho de Porco
Idem. Brasil, 2017. Direção: Rafael Terpins. 76 min. 14 anos.
Um homem cruza São Paulo em um surrado landau azul colhendo histórias sobre a banda de seu tio Tico, o lendário grupo punk satírico Joelho de Porco.

Nico, 1988
Idem. Itália/Bélgica, 2017. Direção: Susanna Nicchiarelli. Com: Trine Dyrholm, John Gordon Sinclair e Anamaria Marinca. 93 min. 16 anos.
A biografia retrata os dois últimos anos de vida da cantora e compositora alemã Nico, considerada uma das musas de Andy Warhol. Venceu o prêmio Horizontes do Festival de Veneza.

O Renascimento do Parto 3
Brasil, 2018. Direção: Eduardo Chauvet. 73 min. Livre.
O terceiro documentário da série retrata a atuação do SUS na realização de partos humanitário através da experiência da Casa Angela, centro de parto normal localizado na zona sul de São Paulo.

Takara – A Noite em que Nadei
Takara – La Nuit Où J’ai Nagé. Japão/França, 2017. Direção: Kohei Igarashi e Damien Manivel. Com: Takara Kogawa, Keiki Kogawa e Takashi Kogawa. 78 min. Livre.
No Japão, toda noite um pescador parte em direção ao mercado da cidade. Um dia, seu filho, de seis anos, acorda com a saída do pai e não consegue voltar a dormir. Logo depois, ao ir para a escola, ainda sonolento, ele se afasta do caminho e decide vagar sozinho pela neve

Yonlu
Brasil, 2017. Direção: Hique Montanari. Com: Thalles Cabral, Nelson Diniz e Lorena Lorenzo. 90 min. 14 anos.
No drama, um garoto fluente em quatro idiomas, poeta, músico e desenhista, resolve dar fim à vida depois de ingressar em uma comunidade virtual para potenciais suicidas.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s