Zaha Hadid Architects divulga projeto habitacional para Bristol, Inglaterra

Por  Traduzido por Camilla Sbeghen

ext
Empreendimento Temple Island. Imagem Cortesia de Zaha Hadid Architects

O terreno da Arena Bristol enfrenta mais uma série de acontecimentos já que Zaha Hadid Architects e o investidor imobiliário Legal & General divulgaram planos para um grande empreendimento residencial próximo à Estação Temples Meads. O local é um dos dois propostos para a Arena Bristol, um projeto suspenso por mais de 15 anos enquanto o Conselho Municipal de Bristol continua debatendo sua localização. A proposta de Zaha Hadid Architects incluiria blocos de escritórios, um hotel de 345 quartos, centro de conferências e mais de 500 residências.

A ideia de criar uma arena em Bristol surgiu pela primeira vez em 2003 com o objetivo de completá-la até 2008. Originalmente planejada para abrigar os clubes de futebol Bristol City e Bristol Rovers, a arena com 12.000 lugares ainda aguarda uma decisão imobiliária. O projeto anterior da Populous foi aprovado em 2016 pelo prefeito George Ferguson. Porém, foi colocado em espera pelo atual prefeito de Bristol, Marvin Rees, e agora a cidade pretende tomar uma decisão em setembro. Se o plano Populous for abandonado, a Arena de Bristol provavelmente se mudará para Filton, no norte da cidade. Em julho deste ano, um relatório do contador KPMG concluiu que uma nova arena em Filton teria uma melhor relação custo-benefício.

Legal & General disse que o novo projeto de ZHA “ajudaria a construir um resiliente centro urbano para Bristol em face das atuais mudanças estruturais no comércio, cultura e lazer”. Eles também afirmaram que a proposta seria mais ecologicamente correta do que uma arena, concentrando-se em projetos de status BREEAM Excellent. O prefeito Rees disse “eu agradeço ao Legal & General por compartilhar essa visão do local com a cidade – isso fornece outra contribuição útil à medida que avançamos na tomada de uma decisão bem informada sobre o melhor uso de Temple Island.” Jim Heverin, diretor de Zaha Hadid Architects, acredita que o projeto iria “integrar uma gama usos comerciais, de lazer e cívicos que criarão um novo bairro vibrante para a cidade”.

O prefeito Rees deve tomar uma decisão no dia 4 de setembro, após uma reunião completa do conselho convocada para discutir a gestão do projeto. [ArchDaily]

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s