O que esperar da semana de moda de Nova York

Reunimos os destaques da temporada – para você não perder nada!

marc-jacobs
O desfile de inverno 2018 de Marc Jacobs na NYFW (Foto: Getty Images)

Não é à toa que setembro é o “janeiro da moda: o mês marca a chegada das coleções de outono/inverno às lojas, enquanto o calendário da indústria gira em torno do início de mais uma temporada de desfiles, apontando as tendências para o próximo verão.

semana de moda de Nova York dá o start à maratona de desfiles, que começa oficialmente na quinta-feira (06.09), mas na quarta entrou em modo aquecimento, com o desfile de Tom Ford.

Para você não perder nada do que vai acontecer durante o evento – que conta com uma agenda lotada de novidades –, reunimos aqui alguns dos destaques desta temporada. Para seguir de pertinho!

gettyimages-487772884
 Wes Gordon  na NYFW (Photo by Joe Kohen/Getty Images) (Foto: Getty Images)

As estreias
A temporada vai marcar o primeiro desfile de Wes Gordon para a Carolina Herrera, que se despediu de sua marca na última NYFW. Gordon, que já trabalhava internamente na maison ao lado de Carolina Herrera, já assinou uma coleção de resort – além da linha bridal, e deu um gostinho do quão desejáveis suas peças serão entre um novo público, mais jovem. O diretor criativo, que seguia o mesmo estilo ultrassofisticado da Carolina Herrera em sua marca própria, promete refrescar a marca sem deixar de lado seu perfil elegante.

Além de Wes Gordon, Chris Peters, metade da dupla que formava a Creatures of the Wind, vai apresentar o primeiro desfile de sua marca própria, CDLM, no dia 05.09, assim como a Kate Spade, que com seu primeiro desfile vai apresentar sua nova diretora criativa, Nicola Glass.

gettyimages-856000154
Vivienne Westwood (Foto: Getty Images)

Invasão europeia
Três marcas europeias migram para a NYFW nesta temporada: Longchamp, que vai celebrar seus 70 anos durante o calendário, Escada, que vai apresentar o primeiro desfile de sua história, e Vivienne Westwood, que vai mostrar um preview de seu verão 2019 em um evento exclusivo para compradores, sem presença de editores de moda ou celebridades.

contadoras_de_historia_2
Rodarte (Foto: Autumn de Wilde)

Os retornos
Rodarte
 e Proenza Schouler, por sua vez, fazem o movimento oposto, e após algumas temporadas apresentando suas coleções em Paris retornam ao calendário oficial da NYFW, em 10.09.

doce-visao-1
A designer Rebecca de Ravenel usa os famosos brincos Les Bonbons, da grife que leva seu nome (Foto: Diana Koenigsberg (foto clicada em 2016 no apartamento anterior de Rebecca em Los Angeles))

Circuito CFDA/ Vogue Fashion Fund
Jonathan Cohen
finalista do Prêmio CFDA/ Vogue Fashion Fund, vai apresentar seu primeiro desfile no calendário. Outros finalistas do prêmio que integram o line-up desta temporada são Hunting Season e Rebecca de Ravenelcriadora dos famosos brincos Les Bonbons, e Christian Cowan, que aos 24 já vestiu Beyoncé, Lana Del Rey, Camila Cabello e tantas outras celebs.

gettyimages-845750762
Rosario Dawson e Abrima Erwiah (Foto: Getty Images)

New bloods
Kosaburo Aksasaka, vencedor do Prêmio Especial LVMH de 2017, vai apresentar sua linha masculina durante o calendário, assim como Rosario Dawson e Abrima Erwiah, com sua linha sustentável, Studio 189, vencedora do Prêmio CFDA Lexus para Moda Sustentável. Ainda entre os novos nomes que estreiam na temporada e vale ficar de olho estão Marina MosconeNanushka e Christopher John Rodgers, que já trabalhou com Rosie Assoulin e Jonathan Saunders.

rihanna-announces-savage-x-fenty-brooklyn-pop-up-shops
Rihanna (Foto: Divulgação)

O fator Rihanna
Se na última temporada não tivemos Rihanna e sua colaboração com a Puma, nesta a cantora volta triunfal, com a Savage x Fenty, sua linha de lingerie, integrando o calendário da NYFW pela primeira vez, com um desfile see now buy now. Poderosa, a apresentação de Riri fecha o calendário da semana de moda, em 12.09.

whatsapp_image_2018-05-22_at_12.49.42
Ralph Lauren (Foto: Getty Images)

Cinquentenário
Após ser homenageado pelo CFDARalph Lauren promete ser o host da festa mais badadala desta NYFW, celebrando os 50 anos de sua marca em dose dupla: com um desfile comemorativo e um jantar black tie no Central Park.

Pop-up
Peter Dundas
 vai aproveitar o fervo do calendário para inaugurar sua pop-up shop na cidade – a terceira dentro de seu conceito de flagships itinerantes ao redor do mundo. A loja vai abrir suas portas em 06.09 no número 57 da Greene Street, no Soho, onde funciona até 04.10.

0
Carla Sozzani e Kris Ruhs (Foto: Divulgação)

A Inauguração
10 Corso Como, multimarcas revolucionária fundada por Carla Sozzaniem 1991 em Milão, vai inaugurar seu único endereço nos Estados Unidos no revitalizado Seaport District, em Nova York em 06.09, com um evento especial ao longo de todo o dia. A loja, uma das mais icônicas e cool do mundo da moda, vai ocupar todo o primeiro andar do prédio do Fulton Market – são mais de 1200m², em um projeto assinado pelo artista plástico e designer Kris Ruhs. O espaço, charmosíssimo, vai contar com um café e restaurante italiano, seções de livros, design e moda, além de uma galeria de fotografia e um jardim. Já é imperdível!

gettyimages-967002922
O desfile de verão 2019 da Alexander Wang (Foto: Getty Images)

Vão fazer falta
Alexander WangNarciso Rodrigues e Rosie Assoulin já apresentaram suas coleções de verão 2019 seguindo um calendário próprio, por isso estão fora do lineup desta temporada. Victoria Beckham, por sua vez, migra para Londres para comemorar os 10 anos de sua marca, enquanto Thom BrowneAltuzarra continuam no calendário da semana de moda de Paris. Phillip Plein, com seu desfile milionário que fechou com Irina Shayk de braços dados com um robô, também não desfila nesta temporada, assim como Delpozo, que trocou a NYFW por Londres na temporada passada. Helmut Lang, por sua vez, pula a temporada.

Eis os prováveis preços da nova linha de iPhones

download.jpgDepois de apresentar um smartphone de US$1.000 no ano passado — coisa que parecia impensável até pouco tempo antes, e depois rapidamente tornou-se o novo valor padrão para carros-chefe de grandes fabricantes —, pouca gente espera que a Apple vá subir mais um passo na sua escada de preços de iPhones este ano. E, de acordo com informações obtidas pelo blog alemão Macerkopf [Google Tradutor], isso não deverá acontecer, mesmo — ao menos na gringa.

O blog, que citou fontes próximas do assunto, afirmou que os novos “iPhone 9″ (de 6,1”, com tela LCD), “iPhone Xs” (de 5,8″, com tela OLED) e “iPhone Xs Max” (de 6,5″, com tela OLED) ocuparão as exatas faixas de preço dos iPhones 8, 8 Plus e X atuais — na Alemanha, isso significa 800€910€ e 1.150€, respectivamente. Nada se falou sobre a conversão dos preços para dólar, mas considerando a equivalência dos valores em euro e na moeda americana, tudo leva a crer que os novos iPhones custarão o mesmo também nos EUA, ou seja: US$700US$800 e US$1.000, respectivamente (isso, é claro, para os modelos de entrada, com supostos 64GB).

Dos três modelos, o único cujo preço pode levantar algumas suspeitas é o do “iPhone Xs”. Se vocês bem lembram dessas previsões de Ming-Chi Kuo, o analista cravou há alguns meses valores que batem com os aqui especulados tanto para o “iPhone 9” quanto para o “iPhone Xs Max”, mas o modelo sucessor do iPhone X, segundo Kuo, chegaria por US$800-900. Faz sentido: é mais provável, afinal, que a diferença entre os modelos com tela OLED seja de US$100 em vez de US$200.

Eis a possível grade de preços para a nova linha:Sem título.png

A vantagem nesse novo esquema da Apple é que o sucessor direto do iPhone X (até segunda ordem, chamado de “iPhone Xs”) terá um valor menor que o do aparelho já existente, ocupando uma faixa de preço semelhante ou ligeiramente à atual do iPhone 8 Plus. O seu irmão maior é que será o famigerado smartphone de US$1.000 da nova linha — e o mais caro da família.

Obviamente, essas previsões não podem ser tomadas como certas (rumores sobre preços sempre são trêmulos em termos de consistência) e, mais importante ainda, não significam que os valores dos iPhones no Brasil permanecerão os mesmos. Como bem sabemos, nosso querido real está em uma onda de desvalorização brutal em relação ao dólar e, com isso, pode ser que a Apple esteja nos reservando mais um temido reajuste para cima. Será que estamos prestes a ver o smartphone de R$8.000+? Veremos… [MacMagazine]

VIA APPLEINSIDER

Renner lança Ashua, nova loja para moda plus size

Com tamanhos do 46 ao 54, três lojas serão inauguradas em Porto Alegre e São Paulo, com investimento de R$ 1 milhão em cada uma
Por Karin Salomão

1536172644_foto4_loja_ashua_shopping_praia_de_belas_porto_alegre_credito_fabiano_panizzi_divulgacao
Loja Ashua, de moda plus size, da Renner, no Shopping Praia de Belas em Porto Alegre  (Renner/Fabiano Panizzi/Divulgação)

Renner acaba de inaugurar a loja de sua nova marca, Ashua, voltada para moda plus size. Com tamanhos do 46 ao 54, a marca foi lançada no meio de 2016, inicialmente à venda apenas pelo site da Renner.

A primeira loja fica no Shopping Praia de Belas, em Porto Alegre, e foi aberta ontem, 4. Mais duas serão inauguradas até o fim do mês em São Paulo, uma Shopping Anália Franco e outra no Shopping Tucuruvi.

Em cada uma das três lojas, foi investido cerca de 1 milhão de reais. A companhia irá avaliar o nível de vendas e fazer ajustes às unidades antes de lançar o plano de expansão da marca para o ano que vem.

O lançamento veio de pesquisas internas e com os consumidores. “Vimos que no mercado não havia opções de qualidade e com foco em moda para esse público”, afirmou o diretor de Produto da Lojas Renner, Fabio Faccio.

Aos poucos, a Ashua criou peças para os diferentes momentos, como urbano, para o trabalho ou casual. Também criou uma linha de lingerie e, com a inauguração da loja física, lançou a moda praia.

O público alvo da marca é o mesmo das lojas Renner, diz Faccio. A companhia optou por criar uma marca diferente porque “a Ashua não é simplesmente uma roupa com numeração maior, mas sim uma peça pensada para essa mulher, confortável e na moda”, afirma o diretor.

A loja separada da marca também é para dar maior atenção a esse público e apresentar todas as peças, diz ele. Se a marca fosse apenas exposta em uma parte das lojas Renner, não seria possível expor todo o portfólio de produtos por falta de espaço.

As lojas Ashua tem entre 200 a 250 metros quadrados, assim como as lojas da Youcom, marca jovem da companhia, enquanto a média na Renner é de 1.500 a 2.000 metros quadrados.

Por ter nascido no comércio eletrônico, a loja Ashua tem um pé no digital. Todas as unidades têm wifi gratuito e não é necessário ir ao caixa para pagar, é possível finalizar a compra em qualquer ponto da loja. Também é possível comprar pelo site da Ashua e retirar em qualquer loja Renner.

“A criação de uma loja omnichannel era um pedido de consumidores em pesquisas. As consumidoras queriam ser atendidas de forma mais especial”, diz o gerente geral de E-commerce da Lojas Renner, Ronaldo Magalhães.

A Lojas Renner tem 336 lojas Renner (incluindo 5 lojas no Uruguai), 106 Camicado e 94 Youcom, além das suas plataformas online.

Warner anuncia novo conjunto de políticas de diversidade e inclusão para cinema e televisão

Novidades já valem para os próximos projetos do grupo, como o filme “Just Mercy”
Por Matheus Fiore

PrintWarnerMedia, grupo recém-criado pela AT&T que engloba a Warner Bros, a Turner e a HBO, adotou uma nova política para toda a empresa, definindo um compromisso com a diversidade e inclusão para todos os vindouros projetos para cinema e televisão. A informação vem da Variety.

“Just Mercy”, filme dirigido por Destin Daniel Cretton (“O Castelo de Vidro” “A Cabana”) e estrelado por Michael B. Jordan (“Pantera Negra” e “Creed”), será o primeiro projeto da Warner a ser produzido baseado nas novas diretrizes. O próprio Jordan, que atua como produtor executivo do filme, e seu agente Phillip Sun ajudaram a WarnerMedia a lançar o projeto.

Podemos esperar, portanto, que todos os vindouros projetos do grupo Warner tenham uma bem-vinda diversidade em suas equipes. Incluindo desde os filmes do universo DC Comics até a série de “Watchmen”.

Confira abaixo a tradução da declaração oficial da empresa:

“As empresas WarnerMedia, Warner Bros., HBO e Turner, há muito se comprometem com a diversidade e a inclusão como imperativos morais e empresariais. É essencial que nosso conteúdo e parceiros criativos reflitam a diversidade de nossa sociedade e do mundo ao nosso redor. Juntamente com outras empresas de produção, redes, corporações, sindicatos, agências de talentos e outros agentes da indústria, todos nós devemos garantir que haja maior inclusão de pessoas de variados sexos, gêneros e raças, bem como pessoas com deficiência e outros grupos sub-representados em maior número na frente e atrás da câmera.

De nossa parte, a WarnerMedia compromete-se a aplicar nossos melhores esforços para garantir que diversos atores e demais profissionais sejam considerados para cinema, televisão e outros projetos, e trabalhar com diretores e produtores que também buscam promover maior diversidade e inclusão em nosso setor. Para esse fim, nos estágios iniciais do processo de produção, nos engajaremos com nossos escritores, produtores e diretores para criar um plano para implementar esse compromisso com a diversidade e inclusão em nossos projetos, com o objetivo de oferecer oportunidades para os indivíduos grupos representados em todos os níveis. Além disso, nós emitiremos um relatório anual sobre nosso progresso.

As empresas do grupo WarnerMedia têm um compromisso histórico e comprovado com a diversidade e a inclusão. Mas há muito mais que podemos fazer e acreditamos que o progresso real possa ser feito na indústria. Trabalharemos com nossos parceiros na comunidade de entretenimento para tornar esse compromisso uma realidade.”

Capitã Marvel | Saiu! Veja as primeiras fotos do filme

EW divulgou com exclusividade as primeiras imagens de Capitã Marvel, novo filme do Marvel Studios 

capita-marvel-capa_1Capitã Marvel tem Brie Larson no papel principal e apresentará ao público a super-heroína Carol Danvers, a ex-Miss Marvel e atual detentora do título de Capitã nas HQs. Anna Boden Ryan Fleck, conhecidos por Se Enlouquecer, Não Se Apaixone e Billions, serão os diretores.

O lançamento de Capitã Marvel é previsto para 7 de março de 2019, no Brasil. [Camila Sousa]

Tomas De La Fuente for Telva Magazine with Sian Scale

Sem título.jpgPhotography: Tomas De La Fuente. Styling: Gabriella Naeve. Hair & Makeup: Yurema Villa. Model: Sian Scale.

Capitã Marvel | “Ela não espera para receber ordens”, diz Brie Larson

Atriz deu detalhes sobre a personalidade de Carol Danvers em entrevista para a EW

Sem título.jpg
 Brie Larson como Carol Danvers, a Capitã Marvel

Em entrevista para a EWBrie Larson falou um pouco sobre a personalidade de Carol Danvers, a Capitã Marvel:

“Ela não pode evitar de ser ela mesma. Ela pode ser agressiva e temperamental, e um pouco invasiva e desafiadora. Ela também é rápida, o que a faz ser incrível nas batalhas, porque ela é a primeira a sair e nem sempre espera receber ordens. Mas não esperar ordens, para alguns, é uma falha de caráter”.

Capitã Marvel tem Brie Larson no papel principal e apresentará ao público a super-heroína Carol Danvers, a ex-Miss Marvel e atual detentora do título de Capitã nas HQs. Anna Boden Ryan Fleck, conhecidos por Se Enlouquecer, Não Se Apaixone e Billions, serão os diretores.

O lançamento de Capitã Marvel é previsto para 7 de março de 2019, no Brasil.

Gigantes de tecnologia podem precisar de regulação, diz presidente da FCC

Ajit Pai afirmou que empresas de tecnologia como Facebook, Twitter e Google oferecem pouca transparência sobre suas operações

fcc
Ajit Pai é presidente da Comissão Federal de Comunicações (FCC, na sigla em inglês)

O presidente da Comissão Federal de Comunicações (FCC, na sigla em inglês), Ajit Pai,  afirmou nesta terça-feira, 4, que pode estar chegando a hora de gigantes de tecnologia como Facebook, Twitter e Google serem mais transparentes sobre como elas operam – o que pode resultar em regulamentações mais rígidas. A declaração aconteceu um dia antes de audiências no Congresso com executivos do Twitter e do Facebook, sobre questões de transparência.

Ele disse que, nos últimos anos, essas empresas ofereceram pouca transparência sobre seus trabalhos. Em uma postagem na plataforma Medium, Ajit Pai listou uma série de decisões envolvendo diversos assuntos, como algoritmos, moderação, uso de dados e privacidade, que não são explicadas para os consumidores.

“O público merece saber mais sobre como essas empresas operam”, disse, “e precisamos pensar seriamente se chegou a hora de essas empresas cumprirem novas obrigações de transparência”.

O presidente da FCC não costuma se pronunciar sobre o assunto. Por mais que essas empresas de tecnologia usem as redes que a sua agência regula, ele não atua diretamente na regulamentação das companhias de tecnologia.

Ajit Pai tem um discurso semelhante ao do presidente Donald Trump, que disse que as empresas de tecnologia são tendenciosas contra os conservadores.

Vestido Gucci usado por Madonna no aniversário de 60 anos chega ao Brasil

Parte da coleção de pre-fall 2018 da grife, peça chega à loja do shopping Cidade Jardim, em São Paulo

madonna
Madonna veste Gucci (Foto: Divulgação)

O mundo todo acompanhou a comemoração dos 60 anos de Madonna, direto de Marrakech. Gostou do vestido fúcsia, que ela usou em uma das celebrações? Parte da coleção pre-fall 2018 da Gucci, a peça de chiffon e manga longa – que foi arrematada por acessórios da label – acaba de chegar na loja do Shopping Cidade Jardim, em São Paulo.

E atenção: apenas um modelo está disponível por aqui e custa R$ 32.880.