Acusado de assédio, presidente da CBS renuncia ao cargo

Les Moonves, à frente da emissora americana desde 2003, foi alvo de duas reportagens da revista ‘New Yorker’; casos começaram nos anos 1980 e seguiram até o início dos anos 2000

21567190_whats-in-store-for-the-future-of_8c11f49a_m.jpg
Ex-presidente executivo da CBS, Les Moonves estava no cargo desde 2003

O presidente executivo e do conselho da emissora norte-americana CBS, Les Moonves, renunciou aos seus cargos nesta segunda-feira, 10. Moonves deixa os postos após uma sequência de acusações de assédio sexual, publicadas por reportagens da revista New Yorker, feitas por pelo menos uma dúzia de mulheres. As denúncias abrangem o período entre as décadas de 1980 e o início dos anos 2000 – em resposta à revista, Moonves disse que reconhecia três dos relacionamentos, mas que todos foram consensuais.

Segundo fontes da agência de notícias Reuters, Moonves e acionistas da empresa chegaram a um acordo durante o último final de semana – os detalhes serão revelados ao longo desta segunda-feira, mas incluem doações ao movimento #MeToo, que surgiu no ano passado após denúncias a outro magnata da mídia e do entretenimento, Harvey Weinstein, da The Weinstein Company.

De acordo com a Reuters, Moonves pode acabar saindo sem nada da empresa, que vai destinar um pacote de US$ 100 milhões para lidar com possíveis processos. Diretor de operações da emissora, Joe Ianiello vai assumir o cargo de presidente executivo de forma interina, enquanto o conselho buscará um substituto em definitivo para Moonves.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s