Soon-Yi Previn defende Woody Allen em entrevista sobre polêmica sexual

Esposa do diretor deu suas primeiras declarações públicas sobre a polêmica que ele enfrenta com a família Farrow há duas décadas
AFP

wood
O diretor de cinema Woody Allen e sua esposa Soon-Yi Previn  (Evan Agostini/Invision/AP)

Soon-Yi Previn, a filha adotiva de Mia Farrow, saiu em defesa de seu marido, Woody Allen, alimentando a polêmica que o cineasta enfrenta há duas décadas com a família.

“O que aconteceu com Woody é tão perturbador, tão injusto”, disse Previn, de 47 anos e mãe de dois filhos com Allen, em uma longa entrevista publicada no domingo à noite pela revista New York. Foram suas primeiras declarações públicas sobre a briga familiar entre o famoso diretor e a família Farrow.

Depois de descobrir que sua filha adotiva de 21 anos estava se relacionando com Allen, que era há anos seu companheiro, Farrow acusou o diretor de tocar os genitais de outra filha, Dylan Farrow, que tinha então sete anos. Após investigá-lo, a Justiça não encontrou provas suficientes para indiciá-lo.

As acusações contra Allen, que dividiram a família, foram reinterpretadas sob a luz do movimento #MeToo: muitos que antes não acreditavam em Mia Farrow e em sua filha Dylan — que afirma recordar ter sido abusada sexualmente por seu pai — passaram a acreditar.

Mas Previn assegura que sua mãe adotiva “tirou proveito do movimento #MeToo e fez Dylan desfilar como uma vítima”.

“Sou um pária”, afirma Allen, de 82 anos, na entrevista à jornalista Daphne Merkin, amiga do cineasta há quatro décadas. “As pessoas acham que eu era o pai de Soon-Yi, que eu a estuprei e me casei com minha filha menor de idade retardada”, declara Allen.

Desde o início do movimento contra o abuso e assédio sexual, uma onda de atores e atrizes pediram desculpas por terem trabalhado com Allen.

Previn, que nasceu na Coreia do Sul e foi adotada aos seis anos por Mia Farrow, assegura que quase não tem boas recordações com sua mãe adotiva.

Ela relata que, quando criança, a atriz batia nela e que, às vezes, a colocava de cabeça para baixo para que o sangue fosse para a cabeça e, assim, ajudasse a ser mais inteligente.

Dylan Farrow, seu irmão Ronan — o jornalista que revelou vários escândalos de agressão sexual na New Yorker — e outros seis de seus irmãos publicaram no domingo um comunicado conjunto apoiando sua mãe.

“Amamos e apoiamos nossa mãe, que sempre foi carinhosa e generosa. Nenhum de nós presenciou outra coisa que não fosse um tratamento compassivo em nossa casa e, por isso, os tribunais garantiram a nossa mãe a guarda total de todos os seus filhos”, apontaram.

Aos 69, Richard Gere será pai novamente; mulher recebe bênção de Dalai Lama

Alejandra Silva contou a novidade em seu Instagram

Sem título
alejandragere
Rotterdam, Netherlands

Aos 69 anos de idade, o ator Richard Gere será pai novamente. A novidade foi contada por sua mulher, Alejandra Silva, 35, em seu Instagram, no último domingo, 16, em viagem à Holanda.

“Momento muito especial… recebendo bênçãos para o tesouro que está por chegar… Não podia mencioná-lo antes de contar ao Dalai Lama“, escreveu Alejandra.

Na imagem, ela mostra o líder religioso abençoando seu ventre ao lado de Gere.

No passado, Richard já foi casado com Cindy Crawford e Carey Lowell, com quem tem um filho. Alejandra tem um filho de cinco anos de um relacionamento passado.

Décor do dia: home office decorado com plantas

Mesa com tampo de vidro e cavalete de madeira é opção simples e charmosa para quem quer montar um escritório em casa

Sem título.jpgQuer montar um cantinho criativo em casa gastando pouco, mas com muito charme? Este home office decorado com plantas é a inspiração perfeita! A mesa com tampo de vidro sustentada por cavaletes de madeira com cadeira combinando dá um quê de ateliê. Para deixá-lo ainda mais confortável e aconchegante, a manta de pelúcia foi o acessório certeiro para esta combinação jovem.

Para trazer cor ao espaço com paredes brancas, plantas de diferentes tamanhos e espécies foram espalhadas. Repare que uma delas fica em um vaso metálico moderninho. E tudo é iluminado pela proximidade com um janelão sem bloqueio de cortinas.

Escola em Nova York encanta pela decoração lúdica

Projeto é do escritório de arquitetura BIG, do dinamarquês Bjarke Ingels

20180905wegrowlaunch-unedited-880Com grandes almofadas em formato de discos e peças de madeira em que as crianças podem brincar, a escola WeGrow, localizada em Nova York, nos Estados Unidos, chama atenção pelo ar lúdico. O local é voltado para os pequeninos com idades entre 3 e 9 anos e o seu projeto foi desenhado pelo escritório de arquitetura BIG, do dinamarquês Bjarke Ingels.

“Um campo de objetos em formato elíptico cria uma paisagem de aprendizado que é densa e racional – ainda que livre e fluida. Salas de aula modulares, casas nas árvores e uma fazenda vertical promovem um ambiente de aprendizagem inclusivo e colaborativo”, descreve o site da escola.

Inaugurada em setembro deste ano no Chelsea, a unidade é a primeira escola da WeWork, empresa famosa pelos espaços de coworking.