O boicote contra a Nike saiu pela culatra

200918-colin-nike-590x326
Colin Kaepernick na campanha que deu o que falar: “Acredite em algo. Mesmo que isso signifique sacrificar todo o resto”

Lembra que dos americanos clamando por boicote contra a Nike após ela chamar Colin Kaepernick, um dos jogadores de futebol esportivo que mais protestou contra políticas racistas na National Football League (NFL), pra sua campanha nova? Teve até um prefeito que baniu produtos da Nike em espaços recreativos públicos. Bom, a verdade é que todos esses protestos deram em… provavelmente mais publicidade para Nike, mesmo.

colin-kaepernick-1024x768-590x443.jpg
Colin Kaepernick ajoelhado durante o hino nacional americano em jogo da NFL. “Não vou ficar em pé para mostrar orgulho pela bandeira de um país que oprime as pessoas negras. Para mim, isso é maior que futebol e pode ser egoísta da minha parte olhar de outra maneira”, disse o jogador

Segundo dados de pesquisa da Thomson Reuters Proprietary Research, desde que a campanha foi lançada a marca esportiva vendeu simplesmente 61% a mais no seu canal de venda online em comparação aos 10 dias anteriores. Colin tuítou essa imagem sua para Nike em 3/09, portanto a pesquisa se refere ao período de 3 a 13/09. A blusa feminina da Nike para prática de esporte com o nome de Kaepernick nas costas esgotou no último dia 17/09. Isso quer dizer que, com seu posicionamento de cunho político e a favor de direitos humanos, a Nike saiu ganhando sim. O que você achou disso tudo?

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s