Adut Akech quer escrever um livro sobre sua vida

Prestes a fazer seu primeiro desfile no Brasil, Adut conversou exclusivamente com a Vogue Brasil
Por Anita Porfirio (@nitafp)

adut-akech-close.jpg
Adut cresceu em um campo de refugiados (Foto: Divulgação)

Quando pequena, Adut Akech adorava escrever diários com suas experiências. Que não eram poucas. Nascida no Sudão do Sul, a modelo viveu em um campo de refugiados no Quênia até os seis anos, quando mudou para a Austrália com a mãe e os cinco irmãos.

Hoje, nem tanto tempo depois – ela tem apenas 18 anos, afinal –, a top deseja retomar o hábito e escrever um livro sobre sua vida. “Eu gostaria de ser jornalista, minha matéria favorita na escola era Inglês e eu gostava de criar histórias”, nos disse enquanto tinha os cabelos trançados para o desfile da Le Lis Blanc, “um dos meus planos é escrever um livro sobre minha vida. De onde eu vim, onde cheguei, toda essa jornada. Acho que posso inspirar garotas e mulheres de todo o mundo a acreditarem que tudo é possível. Quero também criar escolas para elas, mas isso vai demorar ”

E quando Adut fala em “todo o mundo”, ela não está exagerando. Depois de toda a jornada de sua infância, ela continua rodando o planeta, agora como uma das modelos mais requisitadas da moda internacional. “Eu estou morando em Nova York há um ano, mas estou sempre viajando. Paris, Londres, São Paulo…”, diz, “para ser honesta, eu cresci em uma cidade pequena e não sou muito fã de grandes cidades, mas estou me acostumando a isso. Se me considero uma cidadã do mundo? Sim, diria que sim! Poder viajar pelo mundo é uma das melhores partes dessa profissão.”

adut-rosa
Adut Akech veio pela primeira vez ao Brasil (Foto: Divulgação)

Seus próximos passos? Primeiro, voltar para Nova York, mas não por muito tempo: “nunca sei onde estarei em duas semanas, provavelmente em alguma outra parte do mundo a trabalho e acho isso incrível.” Um último conselho? “Acredito muito no poder dos sonhos. E que se você trabalhar e trabalhar e trabalhar por eles, você chega lá”, arremata a obstinada capricorniana, que se tornou a segunda modelo negra na história a fechar o desfile de alta-costura da Chanel com o look de noiva.

voguebrasil_43098320_699695427070548_5990207502204312418_n.jpg
No backstage, Adut posa para os fotógrafos (Foto: Renata Garcia)

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s