Condomínio de luxo em São Paulo tem casas a R$ 22 milhões

O complexo foi projetado por Bernardo Jacobsen e já tem quatro das cinco casas vendidas
Por Giovanna Maradei I Imagens: Divulgação

gd8_onehaus_c04-piscina_r08Um terreno de quase 4 mil m² foi o escolhido para se tornar um dos mais valiosos de São Paulo. Incorporado pela G.D8, o espaço deve abrigar o condomínio de luxo one house , composto por 5 casas projetadas por Bernardo Jacobsen, do Jacobsen Arquitetura com paisagismo de Renata Tilli, a R$ 22 milhões cada.

O alto valor é justificado pela localização, no bairro Alto de Pinheiros, e por uma residência de três andares, com cerca de 900 m² de área construída, arquitetura e paisagismo impecável, ambientes integrados e vegetação exuberante – foram preservadas 75 árvores locais e plantadas outras 20 espécies.

“Todos os projetos são construídos em L, garantindo um pequeno pulmão para cada casa”, conta Bernardo ao explicar o projeto e ressaltar o jardim que não só circunda, mas também compõe a parte interna das residências que ainda são dispostas de diferentes lados no terreno, de forma a garantir mais privacidade para todas as casas, mesmo com uma área externa tão vasta.

Pensada para ser uma casa que abriga toda a família – e por muito anos – o lar tem tudo o que se espera de uma casa de alto padrão: elevador, garagem para 5 vagas, espaço para escritório, área de serviço, hall de entrada, sala de estar, jantar, cozinha integrada, piscina, espaço para academia, 4 suítes, sendo a suíte máster dotada de 2 closets e, por fim, um solarium que ocupa todo o telhado da construção.

O luxo mesmo, no entanto, Jacobsen acredita estar na vegetação exuberante. “Na cobertura jardinada, você está ao lado da copa das árvores e tem uma vista de tirar o fôlego”, comenta o arquiteto. Com a intensão de valorizar a natureza, Bernardo, além de manter vivas as grandes árvores que estavam no terreno, garantiu que o subsolo contasse com um rasgo para entrada de luz natural e que o andar térreo fosse quase que integralmente envidraçado, conectando-se totalmente com a área externa.

Divisões mais definitivas apenas no piso superior, para boas noites de sono os moradores têm a opção de fechar as brises de alumínio, que lembram aço Corten, e revestem o último andar, correspondente a área privativa.

“Somos especialistas em colocar em prática projetos de alto padrão, controlando no detalhe todos os itens utilizados para a criação. Deste modo, garantimos um resultado de qualidade em que o futuro morador tenha facilidade na hora de manter seu imóvel por várias gerações”, afirma Daniel Ribeiro, CEO da G.D8. Com essa proposta, segundo a incorporadora, o empreendimento deve ficar pronto em 2020 e já tem quatro das cinco casas vendidas.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s