Spotify chega ao Oriente Médio; veja sugestões de playlists em árabe

O Spotify, maior serviço de streaming de música no mundo, chegou na semana passada ao Oriente Médio com conteúdo e suporte em língua árabe. O aplicativo, disponível no Brasil desde 2014 com 40 milhões de canções, chega um bocado tarde ao baile médio-oriental. Afinal, fãs de música em países como o Egito e a Tunísia já têm acesso a outros serviços de streaming, incluindo o libanês Anghami (sobre o qual escrevi há alguns anos). A competição vai ser, portanto, algo dura.

O cantor palestino Bashar Murad

Ainda assim, o lançamento do Spotify pode revitalizar o mercado árabe, que reúne cerca de 300 milhões de pessoas. Artistas palestinos, por exemplo, já sentem o resultado da chegada da empresa. Segundo uma reportagem da agência de notícias Reuters, o cantor Bashar Murad — de Jerusalém Oriental — diz que o número de seguidores mensais na sua conta do Spotify de repente saltitou de 30 para 6.500.

Uma das razões para esse otimismo está relacionada às listas de músicas. Também chamadas de “playlists’, essas listas são constantemente atualizadas pela equipe do Spotify, agrupando as canções que têm circulado por distintos públicos. É um apoio e tanto para a carreira de artistas, principalmente os que ainda não conseguiram chegar ao mercado global. O Spotify agora vai intensificar sua curadoria de playlists de música em árabe — que você pode ouvir também deitado na sua cama, em um distante Brasil. É um jeito de saber o que alguém em Dubai ou em Túnis está escutando neste dias.

Uma das listas mais interessantes é a “Today’s Top Arabic Hits”, que reúne os maiores sucessos da região. Neste dia 24, por exemplo, a playlist abria os trabalhos com uma canção da egípcia Sherine e emendava com os sons de Hazem Al Sadeer e de Nancy Ajram. Outra recomendação é a lista “Arabic Coffee”, com canções para você escutar de manhã enquanto passa o primeiro café do dia. Quem quiser conhecer as mulheres que fazem música no mundo árabe pode conferir, também, a lista “Women Wa Bas”. Ou, para a sua festa de casamento, uma ideia: “90’s Arabic Hits”, com clássicos dos anos 90.

Segundo o jornal The National, dos Emirados Árabes Unidos, o Spotify já tem mais de 40 listas com curadoria específica para o Oriente Médio. “Com essas playlists, estamos tentando cobrir tantas regiões quanto possível”, afirmou ao diário Tamim Fares, da equipe do Spotify. “Você vai encontrar, portanto, listas sobre rap marroquino, canções populares egípcias, músicas do golfo e mesmo reggae da Arábia Saudita. Não é apenas o mainstream — há muita música boa lá fora e queremos que as pessoas tenham consciência disso”, ele disse.

Quem estiver interessado nesse mercado pode escutar, além das sugestões acima, playlists como “Oriental Chill Vibes” e “Arabic EDM”, atualizadas com regularidade pelo serviço de streaming. Quem encontrar outras boas listas avise este Orientalíssimo blog, por favor. [Diogo Bercito]

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s