Arquiteta brasileira Carla Juaçaba vence AR Emerging Architecture Awards 2018, “oscar” da arquitetura mundial

Carla Juaçaba ganhou pelas obras de uma capela e de uma casa no Rio de Janeiro

Carla Juaçaba (Foto: Divulgação/arquivoa pessoal)

Sou Fujimoto, Thomas Heatherwick, Sean Godsell, Juergen Mayer H, Anna Heringer, Shigeru Ban, Li Xiaodong e Frida Escobedo. É com uma lista dessa magnitude que a arquiteta brasileira Carla Juaçaba desponta no mundo. A carioca de 42 anos venceu o AR Emerging Architecture Awards 2018 – prêmio que há duas décadas reconhece o talento de jovens profissionais. A frente do Carla Juaçaba Studiio, o escritório foi escolhido, entre 14 finalistas, pelo conjunto da obra: a capela do Pavilhão da Santa Sé na Bienal de Veneza de 2018 e a Casa Santa Teresa, no Rio de Janeiro.

Entre o júri, a arquiteta espanhola Ángela García de Paredes Pedrosa e os arquitetos Gurjit Singh Matharoo e Ronald Rietveld. ““Carla Juaçaba propôs algo que me interessa muito e que nunca vi antes. Também significa muito celebrar o trabalho de uma arquiteta mulher – é duro ser mulher no campo da arquitetura”, dise Ângela na 20ª edição do Emerging Architecture, que concederá um prêmio de 10 mil libras em reconhecimento aos projetos da arquiteta brasileira.

Carla Juaçaba (Foto: Divulgação)

Confira a lista completa de finalistas do AR Emerging Architecture Awards 2018:

Carla Juaçaba Studio, Rio de Janeiro, Brasil (vencedora)
Yu Momoeda Architecture Office, Fukuoka, Japão (menção honrosa)
Johansen Skovsted Arkitekter, Copenhagen, Dinamarca (menção honrosa)
Aulets Arquitectes, Palma de Mallorca, Espanha (Prêmio Peter Davey)
Abari, Kathmandu, Nepal
Alejandro Guerrero | Andrea Soto, Zapopan, México
Ampuero Yutronic, Londres, Reino Unido
DOMAT, Hong Kong
OJT, New Orleans, Estados Unidos
Rosmaninho + Azevedo, Porto, Portugal
Studio FH Architects, Kampala, Uganda
Studio Weave, Londres, Reino Unido
T O B Architect, Dublin, Irlanda Titan, Nantes, França

O Mundo Sombrio de Sabrina | 2ª temporada ganha data de estreia; veja teaser

Netflix anunciou a data de estreia da segunda parte de O Mundo Sombrio de Sabrina. A série retorna em 5 de abril; veja o teaser abaixo. 

Antes Sabrina ganha um especial de Natal, que será exibido em 14 de dezembro. 

O Mundo Sombrio de Sabrina adapta as HQs da Archie Comics – conheça as histórias de Sabrina nos quadrinhos. A primeira temporada da série já está disponível na Netflix. [Natália Bridi]

Daniela Rettore for ELLE Serbia December 2018 with Alexandra Fabiancsics

Photography: Daniela Rettore. Styling: Anna Sgura. Stylist Assistant: Carlotta vera Besacchi. Hair & Makeup: Sandra Alves. Retoucher: Elena Misjuk. Model: Alexandra Fabiancsis.

“Thank U, Next” | Ariana Grande se emociona com comentário de Jennifer Garner

Clipe faz homenagem a De Repente 30

“Thank U, Next” segue com uma referência a De Repente 30 (13 Going on 30), filme de 2004 estrelado por Jennifer Garner e Mark Ruffalo 

Ariana Grande se emocionou com o post de Jennifer Garner sobre o trecho de “Thank U, Next” que presta homenagem a De Repente 30(2004) – conheça os filmes homenageados no clipe de “Thank U, Next”.

“Thank U, Next” marca a primeira vez que a cantora atingiu o 1º lugar na Billboard Hot 100. A faixa fará parte do seu próximo álbum, ainda sem detalhes revelados. O último álbum Ariana Grande, Sweetener, foi lançado em agosto.

Garner escreveu: “De vez em quando alguma coisa aparece e ilumina o seu dia. Ariana Grande você é adorável, obrigada, menina linda“. A cantora se emocionou com o reconhecimento e respondeu: “Naaaaaaaaaão. Estoou chorando. Via esse filme todas as noites antes de dormir (e ainda vejo às vezes, especialmente quando estou triste). Adoro você! Obrigada pela inspiração e alegria que você trouxe para a minha vida. Estou gritanto. Tchau“. E completou: “E por às vezes quero dizer literalmente todas as noites“. [Natália Bridi]

Angelina Jolie e Brad Pitt chegam a acordo por custódia de filhos

Advogada da atriz não deu detalhes sobre como a guarda seria dividida

Angelina Jolie e Brad Pitt

Angelina Jolie e Brad Pitt chegaram a um acordo sobre a custódia de seus seis filhos, disse Samantha Bley DeJean, advogada da atriz, nesta sexta-feira, 30.

As negociações já duravam mais de dois anos e, segundo o site norte-americano The Blast informou na semana passada, os atores estariam próximos de um acordo.

“Um acordo de custódia foi acertado há semanas e foi assinado por ambas as partes e pelo juiz”, disse a advogada em comunicado à Reuters.

A nota, porém, não informou como a custódia seria dividida, e a porta-voz de Angelina se recusou a dar detalhes. “O acordo, que é baseado nas recomendações do avaliador de custódia infantil, elimina a necessidade de um julgamento. A ação e os detalhes do acordo são confidenciais para proteger os interesses das crianças”, afirmou. Representantes de Brad Pitt não comentaram o caso de imediato.

Angelina entrou com pedido de divórcio em setembro de 2016, depois de dez anos juntos e dois de casamento, o que chocou o mundo das celebridades. O casal, conhecido como Brangelina, travou uma amarga disputa pela guarda dos seis filhos, sendo três biológicos e três adotados.

Com informações da Reuters

Maquiagem para festas de fim de ano pede pele natural e cores metalizadas

Como arrasar no Natal e no Réveillon com frescor e detalhes marcantes? Confira as sugestões do maquiador Marcos Costa.1

Beleza e criação: Marcos Costa Por: Danilo Apoena

1 Escolha uma parte do rosto para destacar, como o olho ou a boca
2 Cabelos em coque ou soltos, bem naturais, estão em alta na estação
3 Texturas perolizadas e metalizadas para marcar os olhos
4 A pele do momento é natural, sem excesso de base, corretivo ou pó
5 Iluminador ajuda a dar frescor; use com parcimônia em peles oleosas
6 Na boca, faz sucesso acabamento vinil, bem marcado

Produtos: Natura Aquarela | Assistentes: Mesquita e Haline Bebiano | Pós-produção: Fujocka | Modelos: Alissa Zimmermann, Larissa Akari, Maryel Uchida, Maura Maurer, Melissa Radunz, Scarllath, Thaynara Santos | Agências: Ford, Mega e Way

Beleza e criação: Marcos Costa Por: Danilo Apoena

Amber Heard for Porter Magazine by Olivia Malone

Photography: Olivia Malone. Styling: Tracy Taylor. Hair: Jenny Cho. Makeup: Jo Baker. Model: Amber Heard.

Vitrinistas de São Paulo contam como seduzem os clientes em frente às lojas

Conheça três profissionais responsáveis por montar vitrines de lojas de São Paulo que são referências para o varejo nacional.
Pedro Diniz

A vitrinista Camila Salek na loja Hering Experience, no shopping Morumbi Por: Leo Martins/Folhapress 

JULLYEMY MACHADO

Pode até parecer um amontoado de roupas vestidas por manequins, mas as vitrines viraram nesta década um dos investimentos mais importantes das marcas para atrair o olhar do consumidor. É no comércio convulsivo de São Paulo, na região do Bom Retiro, que a rondonense Jullyemy Machado, 33, lança tendências para o varejo brasileiro.

Jullyemy Machado na vitrine da loja Manacá, no Bom Retiro Por: Leo Martins/Folhapress 

Especializada em VM, ou “visual merchandising”, um termo que engloba toda a concepção visual de um ponto de venda, da porta ao provador, ela construiu seu nome entre as ruas Aimorés e Professor Cesare Lombroso, onde a cada três meses muda a vitrine de 27 lojas que espalham roupas pelo país.

“São Paulo está para o Brasil assim como Nova York está para o mundo. Os compradores do Bom Retiro se espelham no visual que apresentamos para reproduzir em outras cidades”, explica a empresária. Por isso, boa parte do seu trabalho é antecipar as tendências que logo serão absorvidas pelo mercado.

A cada três meses, Jullyemy muda a vitrine de 27 lojas que distribuem roupas pelo paísPor: Leo Martins/Folhapress

Entre as novidades mais quentes, ela conta, está o uso de materiais naturais, como pedras, madeira e cordas, o monocromatismo, com destaque para as cores azul e amarelo, e a tecnologia aplicada a vitrines holográficas.

Uma única vitrine da região, ela diz, pode custar até R$ 8.000 para ser produzida. Marcas médias, com dezenas de pontos, mitigam custos para gastar cerca de R$ 1.500.

“A diferença de trabalhar para o comércio de atacado é que há um investimento maior. Uma rede precisa otimizar custos para vários pontos. No Bom Retiro, esse trabalho é como de ateliê, exclusivo e dispendioso.”

Manacá. R. Professor Cesare Lombroso, 147, Bom Retiro, tel. 3225-026

*

CAMILA SALEK
Como a entrada no ambiente online influenciou o físico na mente dos consumidores de moda? Camila Salek, 40, sócia-fundadora da Vimer Experience Merchandising, trouxe a reposta para o varejo nacional e foi uma das primeiras do país a pensar no conceito de “vitrine instagramável”.

Camila foi uma das primeiras vitrinistas do país a pensar no conceito de ‘vitrine instagramável’ Por: Leo Martins/Folhapress

Para ela, boas vitrines “vendem histórias” e é importante que elas sempre tenham uma narrativa criada para ser o ponto de partida para a conexão da marca com o consumidor.

Nos parcos 12 anos em que trabalha por conta própria, ela abocanhou projetos grandiosos, como a “flagship” da Havaianas, 300 lojas da varejista holandesa C&A e, um dos mais recentes, a vitrine coloridíssima da Calvin Klein na última Parada do Orgulho LGBT de São Paulo, em junho.

Uma de suas especialidades é criar projetos interativos, nos quais o cliente literalmente participa da imagem vendida pela loja para, assim, postar suas fotos nas redes sociais. Foi assim com a Hering, por exemplo, que contratou Salek para conceber o espaço da Hering Experience no shopping Morumbi, onde o consumidor é “parte da experiência de loja”.

“Visual não é só vitrine bonita. Digo e repito isso diversas vezes. Quando falamos de moda, desde o momento de previsão de compras já precisamos pensar em como os produtos serão expostos e ativados no ponto de venda”, explica a empresária.

Segundo ela, não há diferença entre uma vitrine em um shopping direcionado à classe média ou a um cliente de luxo, porque todos estão “em busca de experiências, mas ofertas diferentes”. “As marcas hoje
precisam estar preparadas para cada um desses momentos de consumo”.

Hering Experience. Shop. Morumbi – Av. Roque Petroni Júnior, 1.089, Santo Amaro, tel. 5189-4800

*

DÉBORA CHOROVSKY
Quando começou a criar vitrines nos anos 1990, pouco depois de completar quatro anos no núcleo de cenografia da TV Globo, a arquiteta Débora Chorovsky, 52, vislumbrou que conceber a estratégia visual de um espaço poderia ser mais do que “apenas imprimir um banner para colocar atrás dos manequins”, praxe do mercado da época.

Débora Chorovsky em frente à loja Louis Vuitton do shopping Cidade Jardim Por: Leo Martins/Folhapress

Cofundadora da Nova Fotosfera, em Osasco, na Grande São Paulo, sua empresa hoje executa boa parte das ideias importadas das sedes de grandes marcas do luxo e, em alguns casos, como para a Louis Vuitton, adapta esses projetos para a metragem dos pontos nos shoppings.

O diferencial de seu trabalho e um dos motivos que atraiu clientes do porte da Christian Dior, Fendi, Burberry, Gucci e Valentino, para as quais desenvolve projetos exclusivos, é ter conseguido reunir uma rede de fornecedores que lhe permita alcançar um nível internacional de detalhismo no acabamento de marcenaria, serralheria, pinturas e impressão de alta resolução.

“Boas ideias não bastam para criar uma vitrine que prenda o olhar dos clientes. O vitrinista tem de conseguir transpor as ideias para um espaço real, bonito e com acabamento perfeito”, diz Débora.

Débora começou a criar vitrines nos anos 1990, pouco depois de completar quatro anos no núcleo de cenografia da TV Globo 

Com uma experiência de 22 anos nesse mercado, ela vê melhora na paisagem dos shoppings. “Passamos por uma crise no varejo que limou investimentos, mas hoje vejo que até o pequeno empreendedor tem uma noção clara de que a vitrine é o primeiro contato, o valor agregado imediato de uma marca, algo que exerce um poder de sedução e encantamento importantíssimos.”

Louis Vuitton. Shop. Cidade Jardim – Av. Magalhães de Castro, 12.000, Butantã, tel. 3552-3560

Décor do dia: quarto de casal em tons neutros

Paleta enaltece a luminosidade do cômodo
Por Paula Jacob I Foto: Reprodução

Acolhedor e relaxante: talvez essas sejam as duas palavras que consigam traduzir melhor este quarto de casal em tons neutros. As enormes janelas, evidenciadas pelo pé-direito alto, garantem a luminosidade ao cômodo. Pela abundância dessa luz natural, a decoração seguiu a paleta neutra, investindo em tons acinzentados e crus, criando uma atmosfera de total introspecção. A madeira clara surge tanto no piso quanto na moldura do espelho de corpo inteiro (à dir.) e no quadro centralizado entre as janelas. Ao fundo, é possível ver o vaso de planta, que reforça essa naturalidade da decoração.