Coreanas se rebelam contra rígidos padrões de beleza destruindo cosméticos

Movimento chamando “escape do corset” mostra mulheres se livrando de maquiagens em vídeos compartilhados nas redes sociais

Coreanas se rebelam contra rígidos padrões de beleza destruindo cosméticos (Foto: Reprodução/Instagram)

Conhecida por apresentar ao mundo os mais inovadores produtos de skincare e maquiagem, a Coreia do Sul está enfrentando pela primeira vez um movimento contra a imposição de padrões de beleza que escraviza mulheres diariamente com rotinas de beleza.

Uma série de vídeos compartilhados nas redes sociais mostram pilhas de cosméticos sendo destruídos como parte do protesto batizado de “escape the corset”, escape do corset, em tradução livre. O nome é uma alusão ao acessório usado no passado que violentamente acinturava o corpo feminino.

“Sinto que renasci”, relatou a coreana Cha Ji-won ao jornal “The Guardian” sobre o movimento do qual passou a fazer parte. “O ser humano tem tanta energia mental, e eu a usava me preocupando em parecer ‘bonita’. Agora, meu tempo é para ler livros e me exercitar”.

Outro vídeo compartilhado na web mostra duas mulheres jogando sombra, base, blush e esmaltes num lençol branco, lembrando uma pintura do artista Jackson Pollock. “Tinha vergonha de sair sem isso no passado”, diz uma delas ao se referir às maquiagens. “Elas não têm mais poder sobre mim quando posso quebra-las”.

A rejeição aos cosméticos no país é mais uma campanha contra os rídigos padrões de beleza coreanos. Recentemente, uma jornalista coreana se envolveu em uma polêmica ao se tornar a primeira mulher a aparecer usando óculos na TV.

Carlotta Moye for Black Magazine with Clare Crawford

Publication: Black Magazine. Photography: Carlotta Moye at Work Agency. Fashion Stylist: Tara Morris at Work Agency. Makeup by: Joel Babicci at Work Agency for Mecca Cosmetica. Hair: Michael Brennan at The Artist Group using Oribe. Model : Clare Crawford at IMG Models

Olga Rubio Dalmau for Cosmopolitan Bulgaria with Weronika Banka

Photographer: Olga Rubio Dalmau. Stylist: Laia Gomez Ortiz​. Hair & Makeup: Irma Cifre. Model: Weronika Banka at Trend Model.

Com fortuna estimada em R$ 380 mi, Angelina Jolie estaria “quebrada” e vivendo de salário em salário

A última sobre Angelina Jolie: segundo a revista francesa “Closer”, a atriz está vivendo de salário em salário e ultimamente só tem dinheiro para pagar as despesas mais básicas. Dona de um patrimônio calculado em pelo menos US$ 100 milhões (R$ 382,7 milhões), a ex de Brad Pitt tem vários imóveis luxuosos e outros bens que juntos valem uma fortuna respeitosa, mas quando o assunto é dinheiro na conta a situação dela é bem diferente.

Isso porque Angie gastou praticamente todas as reservas que tinha para bancar os custos advocatícios do processo de divórcio que abriu em setembro de 2016 contra Pitt, e que até agora custou mais de US$ 15 milhões (R$ 57,4 milhões) para cada um. Vale lembrar que os dois ensaiam um acordo há pelo menos duas semanas, cuja negociação teria partido dela justamente por causa dessa fase de vacas magras.

De qualquer forma, Jolie – que mantém um estilo de vida nababesco, com direito a viagens em jatinhos e otras cositas más – não deverá ficar na pindaíba por muito tempo, já que deverá embolsar no comecinho de 2019 o cachê de US$ 25 milhões (R$ 95,7 milhões) que recebeu para estrelar a continuação de “Malévola”, que teve as filmagens encerradas em agosto e atualmente está em fase de pós-produção. [Anderson Antunes]

Chanel realiza desfile no Metropolitan Museum, em Nova York

Apresentação da coleção Métiers d’Art será seguida por uma festa no Central Park

O local foi escolhido porque Karl Lagerfeld, estilista da grife, o considera o prédio mais interessante da Europa Foto: AP Photo/Markus Schreiber

A Chanel realiza nesta terça, 4, o desfile Métiers d’Art, da coleção feita pelos artesãos de todos os ateliers do grupo, no Metropolitan Museum of Art, o MET, em Nova York. A apresentação, que tem como convidados Penélope Cruz, Pharrell Williams, Julianne Moore, Margot Robbie, Marion Cotillard, Lily Rose Depp e Sophia Coppola, está marcada para às 19 horas (22 horas no horário de Brasília). Logo em seguida, os convidados irão para uma festa exclusiva no Central Park.

O evento será inspirado na história de Coco Chanel com a Big Apple. Ela foi à Nova York em 1931, quando ficou hospedada no Pierre Hotel. “Karl Lagerfeld está muito conectado com a megalópole norte-americana, que tem uma luz e uma energia que ele sempre amou captar”, explica a marca em comunicado. A apresentação também marca a primeira coleção da grife sem couro de animais exóticos, como jacarés, lagartos e cobras, ou pele. 

Esta não é a primeira vez que a Chanel escreve um capítulo de sua história na cidade. Em 2007 realizou o desfile Resort no Grand Central Terminal e apresentou sua coleção Métiers d’Art em sua loja na Quinta Avenida. No mesmo ano, o Costume Institute, o departamento de moda do MET, realizou uma exposição que celebrava o legado da grife. 

Olga Rubio Dalmau for ELLE Vietnam with Kayako Higuchi

Photographer: Olga Rubio Dalmau. Stylist: Laia Gomez. Hair & Makeup: Katharina Nitzpon Model: Kayako Higuchi at Trend Models.

Chanel anuncia que deixará de usar peles exóticas em suas criações

A marca ainda utilizava crocodilo, lagarto, cobra e arraia em suas produções

Desfile de primavera-verão 2019 da Chanel (Foto: Reprodução Instagram)

Bruno Pavlovsky, presidente da Chanel Fashion, disse que a dificuldade de encontrar peles que atendessem, ao mesmo tempo, os padrões éticos e de qualidade da marca está cada vez maior, mas que ele pretende focar a pesquisa nos materiais têxteis gerados pela indústria agroalimentícia.

As peles exóticas das quais ele se refere são couro de crocodilo, lagarto, cobra e arraia. Pavlovsky observou que a lista também inclui peles de mamíferos, porém essas não são usuais no ateliê da marca francesa.

O presidente garantiu que a decisão não resultará em queda de qualidade, pois confia na habilidade da sua equipe de produção. “O futuro dos produtos de alta qualidade virá do know-how que nosso ateliê é capaz de executar”, disse Pavlovsky, em uma entrevista. A declaração deixou o público curioso para ver amostras desses novos tempos sendo desfilados no Metier’s d’Art. [Marie Claire]

Novo trailer de ‘Capitã Marvel’ mostra origem de Carol Danvers

Filme estreia nos cinemas em 7 de março de 2019

Atriz Brie Larson como Capitã Marvel. Foto: YouTube/BRAMarvel/Reprodução

O filme Capitã Marvel ganhou seu segundo trailer na madrugada desta terça-feira, 4, que apresentou um pouco mais sobre a história da personagem Carol Danvers.

Outro ponto que se desenrola um pouco mais é o soco que a heroína dá em uma senhora, brevemente mostrado no primeiro teaser.

Como alguns especulavam, a mulher é uma alienígena da raça Skrull, que em seguida começa uma luta corporal com a Capitã Marvel.

Conforme mostrado no vídeo recém-lançado, Carol Danvers recebe transfusão de sangue Kree, o que salva sua vida. O filme estreia em 7 de março de 2019. Assista ao trailer abaixo:

Décor do dia: urban jungle no cantinho de leitura

Sofá renascentista quebra a estética do ambiente com muito estilo
Por Paula Jacob I Foto: Reprodução

Ter plantas em casa é, além de um dos itens essenciais na casa dos millennials, uma tendência que não vai sair de casa tão cedo. Sendo assim, o uso delas é um recurso muito recomendado, principalmente se você quer dar uma cara nova para algum espaço da casa. Neste cantinho de leitura, por exemplo, o sofá com ares renascentistas quebra a expectativa do espaço com as grandes janelas, típicas de apartamentos industriais, e o piso de madeira. As diversas espécies, das suculentas às palmeiras, formam uma composição de floresta urbana interessante e acolhedora. Deitar ali e ler um livro não seria nada mal, não é mesmo?