Globo de Ouro 2019; veja a lista de indicados

Premiação anunciou uma nova categoria especial para produções de TV

Estátuas do Globo de Ouro montadas no palco do anúncio dos indicados, no hotel Beverly Hilton, em Beverly Hills Foto: Chris Pizzello/Invision/AP

Foram anunciados nesta quinta-feira, 6, os indicados ao Globo de Ouro 2019Vice, filme escrito e dirigido por Adam McKay, parte como o grande favorito da 76.ª edição do prêmio, com seis indicações. A Favorita, Green Book e Nasce Uma Estrela têm cada um cinco indicações.

Os indicados foram anunciados no hotel Beverly Hilton, em Los Angeles. A cerimônia de premiação ocorre no dia 6 de janeiro, também na Califórnia. Os apresentadores do ano serão Sandra Oh e Andy Samberg.

O Globo de Ouro anunciou uma nova categoria especial para produções de TV, equivalente ao Cecil B. DeMille Award, entregue para profissionais do cinema anualmente. O prêmio é entregue pela Associação de Correspondentes Estrangeiros de Hollywood (HFPA).

Melhor filme — drama
Black Panther
BlacKkKlansman
Bohemian Rhapsody
If Beale Street Could Talk
A Star Is Born

Melhor filme — comédia ou musical
Crazy Rich Asians
The Favourite
Green Book
Mary Poppins Returns
Vice

Melhor roteiro (cinema)
Barry Jenkins (“If Beale Street Could Talk”)
Adam McKay (“Vice”)
Alfonso Cuaron (“Roma”)
Deborah Davis e Tony McNamara (“The Favourite”)
Peter Farrelly, Nick Vallelonga, Brian Currie (“Green Book”)

Melhor filme estrangeiro
Capernaum
Girl
Never Look Away
Roma
Shoplifters

Melhor animação
Os Incríveis 2
Ilha dos Cachorros
Mirai
Wifi Ralph
Spider-Man: Into the Spider-Verse

Melhor atriz em filme de drama
Glenn Close
Lady Gaga
Nicole Kidman
Melissa McCarthy
Rosamund Pike

Melhor ator em filme de drama
Bradley Cooper
Willem Dafoe
Lucas Hedges
Rami Malek
John David Washington

Melhor atriz em filme de comédia ou musical
Emily Blunt
Olivia Colman
Elsie Fisher
Charlize Theron
Constance Wu

Melhor ator em filme de comédia ou musical
Christian Bale
Lin-Manuel Miranda
Viggo Mortensen
Robert Redford
John C. Reilly

Melhor atriz coadjuvante (cinema)
Amy Adams
Claire Foy
Regina King
Emma Stone
Rachel Weiss

Melhor ator coadjuvante (cinema)
Mahershala Ali
Timothee Chalamet
Richard E. Grant
Sam Rockwell
Adam Driver

Melhor diretor (cinema)
Bradley Cooper
Alfonso Cuaron
Peter Farrelly
Spike Lee
Adam McKay

Melhor trilha sonora (cinema)
A Quiet Place
Isle Of Dogs
Black Panther
First Man
Mary Poppins Returns

Melhor canção original (cinema)
“All The Stars,” Black Panther
“Girl in the Movies,” Dumplin’
“Requiem For A Private War,” A Private War
Revelation, Boy Erased
“Shallow,” A Star Is Born

TELEVISÃO
Melhor série de drama

The Americans
Bodyguard
Homecoming
Killing Eve
Pose

Melhor atriz em série de TV — drama
Caitriona Balfe
Elisabeth Moss
Sandra Oh
Julia Roberts
Keri Russell

Melhor ator em série de TV — drama
Jason Bateman
Stephan James
Richard Madden
Billy Porter
Matthew Rhys

Melhor série de comédia
Barry
The Good Place
Kidding
The Kominsky Method
The Marvelous Mrs. Maisel

Melhor atriz em série de comédia ou musical
Rachel Brosnahan, The Marvelous Mrs. Maisel (Amazon)
Alison Brie, GLOW (Netflix)
Kristen Bell, The Good Place (NBC)
Debra Messing, Will & Grace (NBC)
Candice Bergen, Murphy Brown (CBS)

Melhor ator em série de comédia ou musical
Bill Hader, Barry (HBO)
Donald Glover, Atlanta (FX)
Jim Carrey, Kidding (Showtime)
Michael Douglas, The Kominsky Method (Netflix)
Sacha Baron Cohen, Who Is America (Showtime)

Melhor série limitada de TV
The Alienist
The Assassination of Gianni Versace: American Crime Story
Escape at Dannemora
Sharp Objects
A Very English Scandal

Melhor atriz de série limitada de TV
Amy Adams, Sharp Objects (HBO)
Patricia Arquette, Escape at Dannemora (Showtime)
Laura Dern, The Tale (HBO)
Regina King, Seven Seconds (Netflix)
Connie Britton, Dirty John (Bravo)

Melhor ator em série limitada ou filme para TV
Antonio Banderas, “Genius: Picasso”
Daniel Bruhl, “The Alieniest”
Darren Criss, “The Assassination of Gianni Versace: American Crime Story”
Benedict Cumberbatch, “Patrick Melrose”
Hugh Grant, “A Very English Scandal”

Melhor atriz coadjuvante em série de TV
Patricia Clarkson, “Sharp Objects” (HBO)
Thandie Newton, “Westworld” (HBO)
Penelope Cruz, “The Assassination of Gianni Versace: American Crime Story” (FX)
Alex Borstein, “The Marvelous Mrs. Maisel” (Amazon)
Yvonne Strahovski, “The Handmaid’s Tale” (Hulu)

Melhor ator coadjuvante em série de TV
Alan Arkin
Kieran Culkin
Edgar Ramirez
Ben Whishaw
Henry Winkler

Modelo Harvey James relata assédio na moda e pede que #MeToo não deixe homens de fora

Harvey James escreveu carta aberta falando sobre as vezes em que foi vítima do crime

Harvey James (Reprodução / Instagram)

Harvey James é um modelo de 20 anos de idade que decidiu falar abertamente sobre um tema ainda tabu no universo da moda: o assédio a modelos homens. Em uma carta aberta publicada no site Shortlist, ele relatou duas situações nas quais ele próprio foi vítima deste tipo de crime ao longo dos anos neste meio.

O modelo contou que após fotografar no terraço de um prédio em Nova York embaixo do sol por horas, o fotógrafo sugeriu que todos fossem celebrar o encerramento do trabalho tomando drinks em um bar região. Quando os dois ficaram sozinhos, o assédio começou.

“Conforme conversávamos, ele começou a argumentar que a vulnerabilidade e a abertura sexual eram a chave para o sucesso na carreira de modelo”, disse. “Em seguida, ele admitiu que ficou olhando para meu pênis enquanto eu trocava de roupa durante a sessão de fotos”.

O fotógrafo seguiu adiante com as investidas até tocar o modelo nas partes íntimas. “Ele agarrou minha virilha dizendo: ‘você tem um grande pacote, cara’. Foi neste momento em que Harvey teve o ímpeto de ir embora.

Com apenas 20 anos de idade e muitos trabalhos em importantes publicações de moda, ele contou que se manteve em silêncio por ter pouco conhecimento sobre como deveria ser o comportamento aceitável neste tipo se situação –levando em conta que o ensaio precisava dar certo, “pois poderia estar na capa de uma revista”.

Em outra situação, na cidade de Paris, um stylist também o assediou durante um ensaio fotográfico para uma famosa revista de moda. “Ele me colocava entre suas pernas com meu pênis desnecessariamente próximo de seu rosto enquanto ajustava o cinto na minha cintura”, disse. “Isso aconteceu muitas vezes. Depois, ficou ajustando a camiseta para dentro de minha calça com o objetivo de tocar em meus genitais”.

Em sua carta, Harvey disse também já ter ouvido sobre muitos modelos homens que tiveram relações sexuais com diretoras de casting após receberem a “dica” de que isto os colocaria em um grande desfile. “Há também histórias sobre compradoras que ficavam passando a mão nos garotos parados ali na sua frente. Esqueça o gênero: o poder é o único fator que age aqui”.

Em sua visão, o assédio no meio masculino é velado porque o machismo faz com que os homens temam serem vistos como subservientes em vez de terem uma imagem de macho alfa.

O modelo lembrou de ter conversado com outra colega de profissão sobre o que viveu e soube que isso acontecia diariamente com outras mulheres. “Falar abertamente sobre isso pode custar seu trabalho, sua reputação e sua vida”.

Ele, por fim, pediu que o movimento #MeToo não deixe de toda todas as vítimas de assédio, incluindo os homens. [Marie Claire]

Yoko Ono levou John Lennon a se viciar em heroína, diz nova biografia

De acordo com o livro “Being John Lennon: A Restless Life”, o relacionamento do músico e da artista plástica começou após uma perseguição da arista ao Beatle

Casamento Em 20 de março de 1969, o beatle John Lennon casa-se com a artista plástica japonesa Yoko Ono, deixando a ex-esposa Cynthia Powell e o primeiro filho, Julian.

Yoko Ono apresentou a John Lennon a heróina. É o que revelou o escritor Ray Connolly no livro Being John Lennon: A Restless Life. De acordo com trechos da biografia, reproduzidos pelo Daily Mail, o relacionamento do músico e da artista plástica começou após uma perseguição da arista ao Beatle. 

Inicialmente, Yoko queria que o roqueiro milionário fosse patrocinador de um dos eventos de sua galeria de arte em Londres.  Por isso, o seguiu a todos os lugares e enviou diversas cartas.  Assim acabou atraindo a atenção de Lennon, mas irritando seus colegas de banda.

Yoko entrou na vida do Beatle quando ele estava procurando por um renascimento espirital. Mas, segundo Mimi, tia de John, a artista apresentou ao roqueiro a heroína, droga que ele passou a usar com frequência.

A biografia contou ainda que casos de adultério, algumas vezes com consentimento de Yoko, marcaram o relacionamento do casal. A artista chegou a convencer May Pang, uma jovem que trabalhava para o casal em seu apartamento, a se relacionar com Lennon.

Japão está dando casas de graça

Envelhecimento da população e ida dos mais jovens para os grandes centros urbanos estão entre as causas para a queda no preço dos imóveis
Foto: Getty Images Carl Court

Casa abandonada em Miyoshi, no Japão

Casas localizadas em cidades rurais no Japão estão sendo dadas de graça ou vendidas por baixos preços devido ao envelhecimento da população e migração dos mais jovens aos grandes centros urbanos. Esses movimentos fizeram com que imóveis ficassem abandonados e desvalorizados.

Segundo o Daily Mail, a estimativa é que 10 milhões de lares estejam vazios no país. Outro motivo que impulsionou esse fenômeno, de acordo com a publicação, foram superstições quanto a moradia em espaços que já foram habitados por outras pessoas.

As casas estão sendo vendidas em sites chamados ‘Akiya Banks’, que supostamente garantem que a compra seja rápida. De acordo com a publicação, há várias condições necessárias para garantir a sua propriedade.

Alguns governos locais exigem que todos os membros da família tenham menos de 43 anos e filhos jovens o suficiente para freqüentarem a escola primária.

A reportagem também alerta que há uma série de riscos quando se adquire esse tipo de propriedade. Entre eles, o custo de reformas.

Zara lança coleção de batons matte para festas de fim de ano

Lançamento consiste em 17 batons de acabamento fosco

Coleção está à venda no site da Zara. Foto: Zara/Divulgação

A rede de lojas Zara lançou uma novidade fora do mundo das roupas, onde já é amplamente conhecida. A marca anunciou uma coleção com 17 batons para as festas de fim de ano!

O consumidor pode escolher as opções de batom em bala ou em formato de batom líquido, todos com acabamento fosco. Já o Ultimatte Trio contêm um batom de cada tipo, além de um lápis de boca. Disponíveis no site americano da marca desde a última quarta-feira, 5, os produtos custam entre R$39 e R$50, mas ainda não têm previsão de chegar ao Brasil.

Meghan Markle teria provocado demissão de assistente pessoal

Segundo uma fonte do jornal britânico ‘The Mirror’, a duquesa fazia muitas exigências a Melissa Toubati e a teria feito chorar

Assistente de Meghan Markle ficou seis meses com a duquesa de Sussex.

No começo de novembro, a imprensa internacional noticiou a demissão da assistente pessoal de Meghan Markle. Agora, uma fonte do jornal britânico The Mirror disse que o motivo teria sido a própria duquesa de Sussex.

Segundo a pessoa, que não foi identificada, Melissa Toubati, de 39 anos, estava constantemente sob pressão, porque Meghan demandava muito dela e a teria feito chorar.

“O trabalho dela era altamente pressionado e no fim ficou demais. Ela aguentou bastante. Meghan exigia muito dela e isso acabou com ela em lágrimas”, disse.

Melissa deixou o posto depois de seis meses de trabalhos prestados à duquesa. A assistente também teria exercido um “papel pivô” no sucesso da cerimônica de casamento entre Meghan e o príncipe Harry.

“Melissa é totalmente profissional e fantástica em seu trabalho, mas as coisas vieram à tona e foi mais fácil para ambas seguir caminhos separados”, comentou a fonte.

A imprensa internacional não deu detalhes sobre a demissão de Melissa, e algumas pessoas ponderam que o volume de trabalho geralmente é alto para assistentes reais. No caso, Meghan e sua auxiliar apenas não teriam tido compatibilidade para trabalhar juntas.

Padrasto diz que Kanye jamais se casaria com Kim Kardashian se sua mãe fosse viva

“Dona teria exposto as incompatibilidades do relacionamento deles”, afirmou

Kanye West e Kim Kardashian

Ulysses Blakeley, padrastro de Kanye West, afirmou em entrevista ao Daily Mail, que o rapper jamais teria se casado com Kim Kardashian se sua mãe fosse viva.

“Se Dona estivesse viva, ele não seria casado com a Kim, porque Dona teria exposto as incompatibilidades do relacionamento deles”, disse Blakeley.

O padrastro de West relaciona as opiniões polêmicas do rapper ao fato de ele não ter aceitado completamente a perda de sua mãe, que morreu em novembro de 2007 após uma cirurgia plástica.

Segundo Ulysses, Kanye não tem amigos reais ou membros da família para recorrer em tempos difíceis e que ele foi confinado pela família Kardashian. “Eu não vejo as Kardashians como emocionalmente inteligentes”, afirmou o padrasto do rapper. [Ulysses Blakeley]

Spotify libera retrospectiva musical de 2018 para usuários

No Spotify Wrapped, o usuário consegue ver, por exemplo, qual foi a primeira música tocada em 2018 e quanto tempo ele escutou música este ano; é possível ver qual é o signo que mais aparece no gosto musical

Os usuários podem compartilhar a retrospectiva nas redes sociais

Para acompanhar o clima de fim de ano de recordações e reflexões, o Spotify, como de costume, disponibilizou nesta quinta, 6, o Spotify Wrapped 2018, em que os usuários podem fazer uma retrospectiva do seu gosto musical de 2018. 

Para ver como você se comportou na plataforma este ano, basta acessar o site do Spotify Wrapped. Ao fazer o login, você vai se deparar com dez páginas que mostram seu comportamento de ouvinte. O Spotify te mostrará qual foi a primeira música tocada em 2018, quando tempo de música você escutou este ano e qual foi a música mais antiga que você ouviu. É possível ver também quantas horas você passou escutando músicas do seu artista favorito. 

O Spotify Wrapped 2018 mostra os artistas, músicas, gêneros e subgêneros que você mais escutou no ano. Além disso, o aplicativo criou duas playlists especiais, uma com as suas músicas favoritas de 2018 e outra para te tirar da zona de conforto, com músicas e artistas que você não costuma ouvir. 

Uma das novidades da retrospectiva é que dá para saber qual é o signo que mais aparece em seu gosto musical, com base no signos dos artistas que você mais ouve. 

É possível compartilhar essa retrospectiva nas redes sociais.

Isabella Molloy for L’Officiel Austria December 2018 by Paz Stammler

Photography: Paz Stammler. Styling: Melle Braaksma. Hair & Makeup: Nicky Tavilla. Model: Isabella Molloy.