Prada é acusada de racismo por boneco estereotipado de “blackface”

Após protestos, grife italiana retirou de circulação o produto e se retratou nas redes sociais
Por AdNews

 (Reprodução/Divulgação)

A Prada foi criticada pela coleção “Pradamalia”, uma coleção de bonequinhos que apresenta um design de personagens que muitos descreveram como racista. Uma onda de críticas no Twitter foi registrada após a ativista Chinyere Ezir denunciar as mercadorias em suas contas nas redes sociais.

A advogada de direitos civis compartilhou uma postagem no Facebook que mostra a fachada da loja NYC Soho da Prada, em Nova York, decorada com o estereotipado personagem, que ostenta lábios vermelhos brilhantes e um tom de pele preto.

Ezie expressou seu choque ao ver a figura em exibição, o que a lembrou de uma exposição, também repleta de blackfaces, que ela havia visto no Museu Nacional Smithsoniano de História e Cultura Afro-Americana.

“Entrei na loja com um colega de trabalho, apenas para ser agredida com exemplos cada vez mais desconcertantes”, escreveu Ezie no post. Além disso, diversos usuários do Twitter passaram a criticar a companhia com  pedidos de boicote da marca, reunidos na hashtag #BoycottPrada. Após a agitação, a marca tentou se retratar com o público e retirou os produtos de circulação.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.