CINEMA I Estreias da Semana: O Retorno de Mary Poppins, Asako I & II, Bumblebee, Minha Vida em Marte, Conquistar, Amar e Viver Intensamente

Sequência de ‘Mary Poppins’ e novo ‘Transformers’ estão entre as estreias da semana

Asako I & II
Netemo Sametemo. Japão/França, 2018. Direção: Ryûsuke Hamaguchi. Com: Masahiro Higashide, Erika Karata e Sairi Itô. 119 min. 12 anos.
Uma jovem moradora de Osaka, no Japão, se apaixona por um rapaz independente e descompromissado, que subitamente desaparece. Dois anos depois, ela se muda para Tóquio e encontra um homem idêntico a ele, mas com personalidade totalmente distinta. Exibido no Festival 
de Cannes.

O Retorno de Mary Poppins
Mary Poppins Returns. EUA, 2018. Direção: Rob Marshall. Com: Emily Blunt, Lin-Manuel Miranda e Dick Van Dyke. 124 min. Livre.
A sequência de “Mary Poppins” (1964), inspirada na obra de P.L. Travers, acompanha as crianças do original, agora crescidas, durante a Grande Depressão. No musical, a babá mágica retorna à casa dos Banks após uma tragédia familiar para restaurar a alegria de antes. Do mesmo diretor de “Chicago” (2002), o longa está indicado a quatro Globos de Ouro, incluindo melhor filme (musical ou comédia).

Bumblebee
Idem. EUA, 2018. Direção: Travis Knight. Com: Hailee Steinfeld, John Cena e Megyn Price. 114 min. 10 anos.
Após quatro filmes de grande sucesso comercial, mas não exatamente queridos pela crítica, a saga de robôs alienígenas “Transformers” parecia estagnada com o lançamento de “Transformers: O Último Cavaleiro” (2017), que decepcionou nas bilheterias. Agora, o spin-off “Bumblebee”, que narra  a vinda das máquinas guerreiras ao planeta Terra, parece injetar vida nova na franquia baseada na linha de brinquedos. Sem Michael Bay, diretor de seus antecessores, o longa deixa as batalhas explosivas de lado para priorizar a amizade de seus dois protagonistas, o robô que dá nome ao filme e a adolescente interpretada por Hailee Steinfeld. Quem comanda o longa é Travis Knight, indicado ao Oscar pela animação “Kubo e as Cordas Mágicas” (2016).

Conquistar, Amar e Viver Intensamente
Plaire, Aimer et Courir Vite. França, 2018. Direção: Christophe Honoré. Com: Vincent Lacoste, Pierre Deladonchamps e Denis Podalydès. 72 min. 14 anos.
O longa acompanha um jovem estudante que conhece um escritor parisiense mais velho, portador de HIV, por quem logo se apaixona. Exibido no Festival de Cannes.

Diamantino
Idem. Portugal/Brasil/França, 2018. Direção: Gabriel Abrantes e Daniel Schmidt. Com: Carloto Cotta, Cleo Tavares e Anabela Moreira. 92 min. 16 anos.
Em tom de paródia, o longa é uma sátira política sobre um jogador de futebol ingênuo e vaidoso, que se envolve em lavagem de dinheiro, crise de refugiados e experiências genéticas. O filme venceu o prêmio da Semana da Crítica, do Festival de Cannes, e foi exibido na 42ª Mostra.

Minha Vida em Marte
Brasil, 2018. Direção: Susana Garcia. Com: Mônica Martelli, Paulo Gustavo e Ricardo Pereira. 70 min. 12 anos.
Adaptação da peça homônima e sequência do longa “Os Homens São de Marte e É pra Lá que Eu Vou” (2014), a comédia acompanha uma mulher que, após enfrentar uma crise no casamento, viaja com o melhor amigo para Nova York, onde reaprende a curtir a vida de solteira.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.