Adeus, pontas secas: 5 mandamentos para não estragar os fios neste verão

A dermatologista Paula Chicralla ensina como driblar os efeitos nocivos do verão para a pele e fios
Por SOFIA FERREIRA (@SOFIACSF)

5 dicas para cuidar do couro cabeludo e dos fios nesse verão (Foto: Mar+Vin/Arquivo Glamour)

Sol, maresia, água de piscina… esses são só alguns dos fatores que fazem do verão sinônimo de ressecamento dos fios e irritação do couro cabeludo. Mas, nem tudo está perdido. Para te ajudar a driblar esses efeitos e passar ilesa pela temporada, a dermatologista Paula Chicralla, do Rio, que inaugura este mês um spa capilar da Phyto em sua clínica, entrega à Vogue cinco dicas infalíveis para os cuidados capilares nesse verão. Confira:

1. Proteção máxima: Antes de ir à praia ou à piscina, use um spray com protetor solar para os fios, pois a exposição solar prolongada danifica e envelhece o cabelo. Ter na bolsa de praia uma água termal para aplicar ao longo do dia também é uma excelente dica, pois repõe os minerais perdidos e mantém a hidratação da pele e cabelo

2. Limpeza profunda: Não deixe, em hipótese alguma, resíduo de água salgada no cabelo, sobretudo no caso das loiras. Ao chegar em casa, é fundamental enxaguar bem os cabelos com água mineral ou soro. Além disso, vale reforçar a hidratação semanalmente. Sob altas temperaturas, também é comum suar mais, inclusive o couro cabeludo, o que pode favorecer o surgimento de dermatites. Por isso, é fundamental mantê-lo sempre limpo (leia-se bem lavado) a fim de evitar casquinhas e coceiras, por exemplo.

3. De olho nas fórmulas: No verão, priorize fórmulas de shampoos, óleos ou máscaras que sejam mais naturais e que não contenham parafina, silicone ou parabenos. Ao aquecer o cabelo, esses ingredientes criam uma película que impede a penetração de qualquer produto nos fios, formando uma espécie de “capa”, o que acaba danificando ainda mais o cabelo.

4. Água limpa: No fim do banho, mais especificamente no último enxágue, jogue uma garrafa de água mineral ou filtrada no cabelo para retirar os resíduos de cloro que são superpejudiciais aos fios. Além de limpar profundamente, a água mais limpa confere maciez e brilho às madeixas.

5. Evite ferramentas de calor: Nessa época, a melhor opção é explorar a textura natural dos fios, mas, se não conseguir ficar longe das ferramentas, nunca encoste o secador na escova, porque o vapor queima a fibra capilar e parte o fio. No caso do babyliss, em que é impossível evitar o contato com as madeixas, hidratar o cabelo previamente com reposição de aminoácidos e ácidos graxos e passar o babyliss rapidamente no fio.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s