Apple pode lançar iPhone com câmera traseira tripla em 2019

A tendência já é vista nos rivais chineses da companhia

Em 2019, iPhone pode ter câmera traseira tripla 

Após as notícias de que a Apple cortará em 10% a produção do iPhone no próximo trimestre, começam a surgir rumores sobre como serão os modelos 2019 do telefone. A principal novidade é que o modelo mais caro teria câmera traseira tripla, seguindo tendência vista na rival Samsung e nas fabricantes chinesas. 

Segundo o Wall Street Journal, a família 2019 teria outros dois aparelhos, ambos com câmeras duplas. Um dos aparelhos teria painel de LCD, tecnologia mais antiga usada do iPhone XR, indicação de que a companhia planeja um sucessor para o aparelho. O iPhone XR era a aposta de um aparelho “mais popular”, mas ele ainda não decolou. A reportagem diz que o sucessor já estava planejado há meses, e abandoná-lo não seria fácil. Para 2020, porém, é possível que a Apple abandone o LCD e foque em produtos apenas com tela de OLED, material do iPhone XS.   

A ideia de seguir o que fabricantes chineses estão fazendo faz sentido para a Apple. A empresa perdeu 10% do valor de mercado na semana passada, quando anunciou desaceleração nas vendas de iPhone.  Tim Cook citou queda no mercado chinês, responsável por 2o% da receita de vendas de iPhone, como principal fator. Com a guerra comercial entre China e EUA e preços de fabricantes locais melhores, os consumidores chineses estão parando de comprar produtos da empresa.

Atualmente, Apple está atrás dos gigantes chineses. Segundo um relatório da consultoria Counterpoint, no terceiro trimestre de 2018, a Apple era apenas a quinta maior marca do mercado chinês no terceiro trimestre, atrás de Huawei (23%), Vivo (21%), Oppo (21%) e Xiaomi (13%). A empresa americana tinha 9%.

Descontos. Na China, varejistas estão dando descontos nos aparelhos da empresa para tentar baixar o estoque. Além dos preços altos, os consumidores de lá estariam descontentes com a suposta falta de recursos dos iPhones. 

O desconto, de cerca de US$ 118 para o recém-lançado iPhone XR de 64 GB, é o mais recente sinal e que as fracas vendas da Apple na China podem ter se estendido para o trimestre atual. Os cortes nos preços dos iPhones pelos varejistas chineses começaram em meados desta semana, com pelo menos seis promoções neste fim de semana, segundo verificações feitas pela Reuters.

“É possível que a Apple queira testar o feedback do mercado se reduzir os preços no mercado. Ou a Apple pode estar sob pressão para liberar os estoques de iPhones”, disse Mo Jia, analista da Canalys. / COM AGÊNCIAS INTERNACIONAIS 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s