Biblioteca de materiais incentiva busca por soluções sustentáveis entre designers

Belas Artes possui acervo com mais de 5 000 diferentes tipos de materiais; é possível agendar visitas

A biblioteca Material BA-Z do Centro Universitário Belas Artes reúne mais de 5 000 diferentes tipos de materiais. O espaço atrai estudantes e profissionais que podem tocar, cheirar e conhecer as peças catalogadas – como diferentes tipos de madeira, cerâmica e tecidos – , para desenvolver novos projetos e até mesmo novas opções de matérias para as suas criações.

A coleção da Belas Artes tem como foco a cultura brasileira e latino-americana, suas ancestralidades, tradições, valores, assim como os biomas do Brasil.

Ela foi composta por itens dados por empresas, doadores e peças criadas por professores e alunos, e distribuída em dois ambientes, de 200 m² e 300 m², além de vitrines expostas pela universidade.

Diante do amplo catálogo, os estudantes podem pensar em soluções e alternativas para matérias primas vinda de fontes não renováveis, por exemplo.

“Esse ano vai ser dedicado a ciclo de vida do plástico e materiais emergentes”, conta o coordenador de Design da Belas Artes, Fernando Laterza.

A biblioteca conta também com um programa de computador que apresenta a história e contexto da origem dos materiais. “Essas questões são tão importantes quanto as propriedades físicas”, ressalta.

O espaço, que funciona há pouco mais de cinco meses, também recebe visitantes por meio de agendamento (é possível marcar pelo e-mail fernando.laterza@belasartes.br).

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.