O que é o aplicativo Anchor, a mais nova compra do Spotify

App para Android e iPhone oferece ferramentas úteis para ajudar o Spotify a aumentar seu número de assinantes
Por Lucas Agrela

São Paulo – Você pode nunca ter ouvido falar nele, mas o Anchor é um aplicativoque chama a atenção de especialistas em redes sociais há algum tempo, como é o caso de Gary Vaynerchuk. O app foi comprado nesta semana pelo Spofity para reforçar a sua área de podcasts. Mas o que ele efetivamente faz? Ele dá aos internautas um caminho muito simples e rápido para gravar, editar e publicar podcasts nas principais plataformas de distribuição – incluindo, é claro, o Spotify.

O Anchor começou como uma plataforma para criação de podcasts curtos, como se fosse uma espécie de Twitter para a sua voz. Seus conteúdos eram disponibilizados dentro de sua própria rede, como acontece no rival Soundcloud e poderiam ser compartilhados em outras redes sociais. Nesse meio tempo, o Anchor aprimorou suas ferramentas de edição, adicionando a possibilidade de adicionar músicas e fazer ajustes no som.

Quem não quiser gravar por ele pode também adicionar um arquivo já previamente editado para ser distribuído. Em poucos toques na tela do seu smartphone, após o preenchimento de dados básicos como nome, categoria e descrição, seu podcast é disparado para Radio Public, Google Podcasts, Spotify, Breaker, Stitcher e e Pocketcasts.

Para ajudar os produtores de conteúdo, o Anchor conta com um recurso que permite um pedido de patrocínio ao público ouvinte. Do valor pago pelo usuário, a empresa fica com uma cota de 30%. A função é útil, ao mesmo tempo, para a companhia ter receita e estimular a publicação de novos episódios, bem como para que os criadores ganhem algum dinheiro com seus programas.

Por que apostar em podcasts?

Conteúdo em áudio produzido em formato de programa diário ou semanal ou ainda em série pode parecer algo difícil de ser monetizado. Mas, para o Spotify, é justamente isso que deve aumentar sua base de assinantes. Ao menos, essa é a aposta do CEO Daniel Ek.

Antes de fundar a empresa, 11 anos atrás, ele nunca tinha pensado que os podcasts fariam parte do Spotify, ainda mais que teriam um papel tão importante quanto esse, mas, agora, Ek estima que a reprodução de podcasts será responsável por até 20% do uso do aplicativo, concebido inicialmente para a transmissão online de músicas.

O Spotify ocupa hoje a segunda posição de app para podcasts, perdendo apenas para a Apple, que tem um aplicativo dedicado a esses programas no iPhone.

Para decolar de vez no mundo dos podcasts, o Spotify ainda precisa fazer alguns ajustes no seu aplicativo, como fazer sugestões de novos programas, criar playlists com base nos gostos do usuário e permitir a interação do público com os produtores de conteúdo.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s