Paris entra na Justiça contra Airbnb por anúncios ilegais

A Prefeitura da cidade quer cobrar do Airbnb uma multa de 12,5 milhões de euros; autoridades alegam que os anúncios violam uma legislação local que limita o aluguel de imóveis a até 120 dias por ano
Por Agências – Reuters

A França é o segundo maior mercado do Airbnb, ficando atrás apenas dos Estados Unidos

A Prefeitura de Paris entrou na Justiça contra o Airbnb, alegando que o serviço de hospedagenspromove anúncios ilegais na cidade. As autoridades afirmam que mais de mil anúncios da empresa violam uma legislação local que limita o aluguel de imóveis a até 120 dias por ano. A Prefeitura quer cobrar do Airbnb uma multa de 12,5 milhões de euros.

Em entrevista ao jornal francês Journal du Dimanche, a prefeita de Paris, Anne Hidalgo, afirmou que o objetivo da cobrança é “acabar com locações não autorizadas que estragam alguns bairros parisienses”. 

A mesma preocupação da Prefeitura de Paris já foi discutida em outras cidades ao redor do mundo. Há o receio de que serviços de hospedagem como o Airbnb sejam concorrentes desleais a hotéis, além de transformarem alguns bairros em regiões infrutíferas, unicamente para turistas. 

Em resposta, um porta-voz do Airbnb disse que a empresa implementou medidas para ajudar os usuários de Paris de seu site a cumprirem as regras europeias, mas acrescentou que as regras parisienses são “ineficientes, desproporcionais e contrárias às regras europeias”.

A França é o segundo maior mercado do Airbnb, ficando atrás apenas dos Estados Unidos. Paris é o maior mercado único da empresa, com mais de 65 mil casas listadas.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.