Pesquisa: Há mais homens que apoiam feminismo do que mulheres que se definem feministas

Pesquisa do Datafolha divulgada hoje indica também que o movimento é mais bem avaliado entre eles do que entre elas. Estereótipos seriam explicação para o afastamento das mulheres

Chimamanda – Blusa Renata Buzzo. Brincos acervo. Tradução: Julia Romeu (Foto: Helena Wolfenson)

Uma pesquisa do Datafolha divulgada neste domingo (14) aponta que há mais homens (52%) que apoiam o feminismo do que mulheres que se consideram feministas (39%). O resultado explicaria como ideias estereotipadas sobre o movimento, como a de que feministas não se depilam, não usam maquiagem, nem gostam de homens, ainda afasta mulheres, especialmente as mais pobres.

A pesquisa mostra também que o feminismo é mais bem avaliado entre o público masculino. 48% deles vê mais benefícios do movimento para as mulheres, enquanto (41%) veem mais prejuízo do que benefício.

Entre elas, 43% enxergam mais benefícios e 41% mais prejuízos.

As mulheres negras e pardas são as que mais enxergam benefícios do feminismo para a sociedade do que as brancas. 38% das mulheres se consideram feministas no Brasil.

No entanto, mais de dois terços do total de homens e mulheres concordam com causas feministas, como a de que o espaço para mulheres na política é menor que o suficiente.

A pesquisa ouviu 2.086 brasileiros com mais de 16 anos entre os dias 2 e 3 de abril em 130 municípios brasileiros. A margem de erro é de dois pontos percentuais para mais ou para menos.

FEMINISMO POP
A escritora nigeriana Chimamanda Ngozi Adichie, capa de abril de Marie Claire, se tornou um dos principais ícones do feminismo atual após lançar o livro “Sejamos Todos Feministas”. Sua popularidade cresceu ainda mais ao ser citada por Beyoncé na introdução da música “Flawless”. O movimento também ganhou popularidade com frases estampadas em camisetas da Dior e palestras da atriz Emma Watson.

Big Little Lies | 2ª temporada ganha trailer e data de estreia

A segunda temporada de Big Little Lies teve seu primeiro trailer revelado pela HBO

David E. Kelley assina o roteiro, baseado na história de Liane Moriarty, e a produção executiva junto de Nicole Kidman, Reese Witherspoon, Bruna Papandrea, Jean-Marc Vallée, Nathan Ross, Gregg Fienberg e Andrea Arnold, que também dirigirá todos os sete episódios.

A segunda temporada de Big Little Lies estreia em 9 de junho. Os episódios anteriores estão disponíveis no catálogo da HBO Go.

Marco van Rijt for ELLE Denmark with Agnes Anjou Olofsson

Photography: Marco van Rijt. Styled by: Maya Soul Paustian. Hair: Mette Thorsgaard at lundlund. Makeup: Trine Skjøth at lundlundusing Chanel Beauty. Model: Agnes Anjou Olofsson.

Madonna assume alter ego em seu próximo disco, ‘Madame X’

Popstar divulgou pequeno vídeo do projeto nas redes sociais

Pela descrição narrada por ela, Madonna vai encarnar diferentes personalidades em seu novo trabalho Foto: Reprodução/ Instagram

Madonna precisou de apenas 60 segundos para deixar os fãs em êxtase neste domingo (14). A rainha do pop publicou um pequeno teaser em suas redes sociais anunciando seu próximo álbum, batizado de “Madame X”.

Nas imagens, Madonna, 60, aparece ora loira ora morena, vestindo diferentes figurinos, enquanto uma narração dá mais detalhes de quem é Madame X.

“Madame X é uma agente secreta/ Viajando pelo mundo/ Trocando de identidade/ Lutando pela liberdade/ Levando luz a lugares escuros/ Ela é uma instrutora de chá-chá-chá/ Uma professora/ Uma chefe de Estado/ Uma governanta/ Uma cavaleira/ Uma prisioneira/ Uma estudante/ Uma professora/ Uma freira/ Uma cantora de cabaré/ Uma santa/ Uma prostituta.”

No fim, a cantora diz “eu sou Madame X”. Confira as imagens no vídeo da cantora.

O disco ainda não tem data de estreia. O último álbum lançado pela cantora foi “Rebel Heart” (2015). Atualmente, Madonna mora em Portugal.

Morre atriz sueca Bibi Andersson, musa de Ingmar Bergman

Intérprete estrelou vários clássicos do cineasta conterrâneo
AFP

A atriz Bibi Andersson em ‘O Sétimo Selo’ – Divulgação

A atriz sueca Bibi Andersson, conhecida por seus papéis nos filmes do diretor e compatriota Ingmar Bergman, morreu neste domingo (14), aos 83 anos, disse sua filha Jenny Grede Dahlstrand à agência de notícias AFP, sem informar a causa.

Andersson estrelou vários clássicos de Bergman, como “O Sétimo Selo” (1957), “Morangos Silvestres” (1957) e “Persona” (1966) —filme homenageado na 40ª Mostra, em 2016.

A atriz começou a trabalhar com o cineasta quando tinha apenas 15 anos de idade, em vários anúncios da marca de sabonetes sueca Bris, dirigidos por ele.

Ela recebeu vários prêmios, entre eles, o Urso de Prata de melhor atriz no Festival de Berlim em 1963 por seu papel em “A Amante Sueca”, de Vilgot Sjoman.

Bibi Andersson e Liv Ullmann, em cena do filme ‘Persona'(1966) (//Divulgação)

Seus primeiros créditos cinematográficos vieram em 1951, mas ela continuou trabalhando e estrelando  filmes até 2009, quando sofreu um derrame que paralisou um lado de seu corpo.

“Deixa um grande vazio para cada um de nós que teve o privilégio de estar perto dela”, disse a filha.

Bilheteria EUA: Shazam!, A Chefinha, Hellboy, Cemitério Maldito, Dumbo

Pela segunda semana seguida, Shazam!se manteve no topo da bilheteria dos EUA. Durante o final de semana, o filme estrelado por Zachary Levi arrecadou US$25 milhões nos cinemas norte-americanos, totalizando US$94 milhões no país.

Quem não teve a mesma sorte foi Hellboy, estrelado por David Harbour(Stranger Things). Era esperado que a nova versão abrisse com algo entre US$16 milhões e US$25 milhões, mas o filme ficou abaixo das expectativas com bilheteria inicial de US$12 milhões e críticas ruins pela mídia e público. Isso coloca Hellboy em terceiro lugar.

Quem ficou em segundo, então? A comédia A Chefinha (Little em inglês), que bateu Hellboy com US$15 milhões em seu primeiro fim de semana. Quase como uma inversão de Quero Ser Grande De Repente 30A Chefinha mostra uma poderosa executiva que, um dia, acorda em seu corpo de 13 anos de idade.

Em quarto ficou Cemitério Maldito com US$$ 10.0 milhões. E para fechar em quinto, Dumbo com US$9,1 milhões.

Angela Ahrendts (VP sênior de varejo) deixa a Apple

Angela Ahrendts

No início de fevereiro, nós informamos que Angela Ahrendts (até então vice-presidente sênior de varejo da Apple) deixaria a empresa em abril. Com a saída da executiva, Deirdre O’Brien assumiu como VP sênior de varejo e pessoas (antes da promoção, ela era VP de pessoas). Hoje, 14 de abril, a foto de Ahrendts foi retirada da página de executivos da Maçã, o que nos faz acreditar que o ciclo dela na empresa terminou.

Página de liderança da Apple

Pelo menos até o momento, Ahrendts ainda não entrou em detalhes sobre o que fará a partir de agora. O que se sabe é que ela descansará durante o verão (entre junho e setembro, no hemisfério norte) e que pretende “aproveitar esse momento para viajar antes de assumir novos compromissos”. Entre essas viagens, a executiva possui (já marcada) uma missão em Ruanda e visitará seus dois filhos em Londres, como detalhamos nesse artigo.

Financial Times havia sugerido que ela poderia assumir um papel mais significativo na Ralph Lauren. No ano passado, ela se juntou à empresa de moda como diretora não-executiva (justamente pelo seu cargo na Apple), mas, pelo que a executiva comentou até o momento, as chances de ela retornar aos holofotes após uma longa carreira no varejo e na moda são baixas — um porta-voz da Ralph Lauren também refutou os rumores, informando que não há planos para que Angela se junte à empresa além do seu atual cargo como membro do conselho.

Que O’Brien faça um ótimo trabalho à frente das lojas da Apple — que são, sem dúvida, peças fundamentais no ecossistema da empresa. [MacMagazine]

Steven Chee for Grazia Australia with Zoe Barnard

Photographer: Steven Chee. Fashion Direction: Charlotte Stokes at Grazia Australia. Hair: Kyye Reed. Makeup: Noni Smith. Fashion Assistants: Patrick Zaczkiewicz & Sophie Whitmore. Model: Zoe Barnard.& Marley Grace at Kult.

Primeiro episódio da 8ª temporada de Game of Thrones acaba vazando em serviço de streaming

O primeiro episódio da última temporada de Game of Thrones acabou sendo liberado antes da hora em um serviço de streaming nos Estados Unidos.

Segundo o The Wrap, o serviço Direct TV Now acabou liberando o episódio cerca de 4 horas antes do horários previsto para seu lançamento nos Estados Unidos.

Representantes da Direct TV ou da HBO ainda não se pronunciaram sobre o caso.

A oitava e última temporada de Game of Thrones vai focar na luta final contra o Rei da Noite e seu exército de mortos-vivos. Os episódios serão disponibilizados no Brasil pela emissora e pelo serviço HBO GO simultaneamente à exibição nos Estados Unidos.

Além da oitava e última temporada, a HBO já está planejando a produção de derivados de Game of Thrones, um deles estrelado por Naomi Watts, ainda sem data de estreia.

A temporada final de Game of Thrones chega na HBO neste domingo, 14 de abril. [Pedro Vieira]