Morre atriz sueca Bibi Andersson, musa de Ingmar Bergman

Intérprete estrelou vários clássicos do cineasta conterrâneo
AFP

A atriz Bibi Andersson em ‘O Sétimo Selo’ – Divulgação

A atriz sueca Bibi Andersson, conhecida por seus papéis nos filmes do diretor e compatriota Ingmar Bergman, morreu neste domingo (14), aos 83 anos, disse sua filha Jenny Grede Dahlstrand à agência de notícias AFP, sem informar a causa.

Andersson estrelou vários clássicos de Bergman, como “O Sétimo Selo” (1957), “Morangos Silvestres” (1957) e “Persona” (1966) —filme homenageado na 40ª Mostra, em 2016.

A atriz começou a trabalhar com o cineasta quando tinha apenas 15 anos de idade, em vários anúncios da marca de sabonetes sueca Bris, dirigidos por ele.

Ela recebeu vários prêmios, entre eles, o Urso de Prata de melhor atriz no Festival de Berlim em 1963 por seu papel em “A Amante Sueca”, de Vilgot Sjoman.

Bibi Andersson e Liv Ullmann, em cena do filme ‘Persona'(1966) (//Divulgação)

Seus primeiros créditos cinematográficos vieram em 1951, mas ela continuou trabalhando e estrelando  filmes até 2009, quando sofreu um derrame que paralisou um lado de seu corpo.

“Deixa um grande vazio para cada um de nós que teve o privilégio de estar perto dela”, disse a filha.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.