Em breve seu Instagram estará cheio de propagandas

Rede social de fotos do Facebook anunciou mudanças na sua estratégia de anúncios
Por Emily S. Rueb – The New York Times

Instagram está fazendo mudanças em sua ferramento de anúncios

Em breve nos feeds do Instagram haverá mais anúncios patrocinados de “influenciadores”. Embora esta possa ser uma boa notícia para os usuários com grande número de seguidores e que ganham promovendo produtos, para o restante isto significa mais propaganda indesejada.

O Instagram, plataforma do Facebook conhecida pelas fotos que provocam inveja e raiva, anunciou mudanças na sua estratégia de anúncios que permitirão a promoção das marcas que patrocinam conteúdo criado por influenciadores nos feeds dos usuários, mesmo que eles não acompanhem a conta de um influenciador.

“Umas das principais exigências das marcas até agora é a incorporação de postagens com conteúdo da marca da empresa nas suas estratégias de anúncio”, explicou a companhia.

“Com anúncios as empresas terão a oportunidade de falar delas por meio da voz dos criadores, e atingir um novo público e avaliar o impacto”, segundo o comunicado. “Utilizando as ferramentas disponíveis na plataforma de anúncios do Facebook, as empresas podem chegar a público alvo além daquele que acompanha a marca e a conta dos criadores”.

Os anúncios serão similares aos já vistos no feed e nos Stories, mas serão rotulados como “parceria paga”. A medida, segundo a companhia, é uma reposta ao desejo das marcas de focar melhor os usuários e oferecer uma experiência em termos de publicidade mais orgânica.

“Promover o conteúdo diretamente a partir do nome do influenciador oferece mais autenticidade à postagem do que se ela partir do nome da marca, e observamos um envolvimento muito maior adotando esta estratégia”, disse Liat Weingarten, vice-presidente de comunicações de marca da Old Navy.

Evan Asano, diretor executivo da MediaKix, empresa de marketing, disse que as grandes marcas estavam clamando para trabalhar com influenciadores e “não temiam em pagar US$ 500 mil por um spot publicitário com Kim Kardashian, estrela de um Reality show que aperfeiçoou a arte de ganhar dinheiro com a mídia social.

“O marketing do influenciador está explodindo e o Istagram quer um pedaço desse bolo”, disse Asano.

De acordo com o Instagram,  68% dos seus usuários regulares usam a plataforma para interagir com os  “criadores”. O Instagram tem cerca de um bilhão de usuários ativos por mês, segundo porta-voz da companhia.

Recentemente outras plataformas de mídia social também foram inundadas de anúncios. No mês passado, o Twitter disse ter testado a frequência dos anúncios. Como resultado, a timeline dos usuários estava repleta de anúncios inúteis e pelo menos uma campanha nociva, segundo o BuzzFeed News.

Apesar de as receitas do Instagram serem geradas em grande parte pelos anúncios, a empresa pretende criar novas fontes de ganhos e recentemente lançou uma ferramenta que permite aos usuários comprarem produtos sem deixar o aplicativo.

A maior parte dos anúncios no Instagram é de “marcas menores que você nunca ouviu falar” e que vendem coisas como pufes ou camisetas genéricas, disse Asano. “É possível que a mudança seja um sinal de que o Instagram não está lucrando com os anúncios da maneira que o Facebook deseja”. / Tradução de Terezinha Martino

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.