Livro ‘Whistleblower’ da engenheira americana Susan Fowler que denunciou assédio sexual no Uber sai em março de 2020

Publicado pela americana Penguin, ‘Whistleblower’ traz história de autora cuja denúncia gerou escândalos que levaram à saída do fundador Travis Kalanick; de quebra, gerou movimento que levou ao Me Too

Susan Fowler denunciou assédio sexual após sair do Uber

A história da engenheira americana Susan Fowler, que denunciou casos de assédio sexual no Uber, agora vai para as prateleiras das livrarias.

Nesta quarta-feira, 26, ela anunciou em sua conta no Twitter que Whistleblower: My Journey to Silicon Valley and Fight For Justice At Uber (“Informante: Minha Jornada Até o Vale do Silício e a Luta da Justiça no Uber”, em tradução literal) chegará ao mercado em março de 2020. 

No livro, Susan vai contar como saiu do Arizona para trabalhar em uma das principais startups do momento. Lá, porém, passou longe de viver o sonho do Vale do Silício: viu uma cultura sexista, de assédio, racismo e abuso dentro do Uber

Trabalhou na empresa entre novembro de 2015 e dezembro de 2016 e quando se viu diretamente atingida, ela contou tudo em um blog. A empresa abriu investigações sobre sua cultura e mais de 20 pessoas foram demitidas só com os resultados parciais da investigação. Na época, ela disse que “a verdade sempre vence”, comentando quando o presidente executivo da empresa, Travis Kalanick, deixou seu cargo. 

Após o escândalo, Kalanick foi substituído pelo iraniano Dara Khosrowshahi, que implementou uma cultura de transparência no Uber e a levou ao mercado aberto – o Uber realizou sua abertura de capital há pouco mais de um mês. 

God Control: Novo clipe de Madonna tem cena chocante de tiroteio em boate

Madonna no clipe de God Control
Imagem: Reprodução/YouTube

Madonna liberou hoje o seu novo videoclipe, para a música God Control. Acompanhando a letra politizada, que pede por maiores restrições na venda de armas de fogo, o vídeo inclui uma chocante cena em que a popstar e vários amigos são vítimas de um tiroteio em uma boate.

God Control é dirigido por Jonas Åkerlund, que já trabalhou em diversos clipes de Madonna, como Music, Ray of Light, Jump e Celebration. A drag queen Monét X Change, que venceu a última edição do RuPaul’s Drag Race All Stars, faz participação especial como uma das amigas de Madonna.

Em um teaser lançado nessa semana, Madonna falou do conceito por trás da música e do clipe: “Quando você está sentada em seu apartamento o dia todo pensando na decadência da humanidade, você fica triste. Depois de um tempo, quer sair para se divertir. Para onde uma garota pode ir nessa situação? A boate!”.

“Eu tentei trazer [no clipe] o mundo da discoteca, e da liberdade, e então fazer tudo isso ser silenciado por uma coisinha pequena de metal, que pode acabar com a vida de alguém. Armas precisam ser ilegais”, completou Madonna.

O vídeo de God Control ainda traz cenas reais de protestos por maiores restrições à venda de armas de fogo, e termina com uma frase da escritora e ativista Angela Davis: “Eu não vou mais aceitar as coisas que não posso mudar. Eu vou mudar as coisas que não posso aceitar”.

O clipe também pode ser lido como uma referência a um tiroteio em massa específico: o da boate Pulse, em Orlando (EUA). Em 12 de junho de 2016, um jovem invadiu a boate LGBTQ+ armado e matou 49 pessoas, ferindo outras 53.

Temporada final de “Orange Is The New Black” ganha trailer

A sexta temporada de Orange is The New Black será lançada no dia 26 de julho
Por Estadão Conteúdo

Piper Chapman fora da prisão marca trailer da última temporada de Orange is the New Black

Netflix divulgou nesta quarta-feira, 26, o trailer oficial da sétima e última temporada de Orange Is The New Black. O seriado que mostra a vida de mulheres em uma prisão nos Estados Unidos chegará ao fim no dia 26 de julho.

O trailer traz personagens principais como Taystée, Crazy Eyes, Red, Nick, Pennastucky, Alex e Piper. As personagens lidam com questões sobre o passado e o futuro.

A sexta temporada de Orange is The New Black deixou a comédia de lado para focar em temas como a privatização de presídios, motins e políticas de imigração. No último episódio, a protagonista Piper termina de cumprir sua pena e volta à sociedade.

Em maio, a Netflix divulgou um teaser com atrizes que fazem parte do elenco principal cantando You’ve Got Time, música de abertura da série composta por Regina Spektor. Tudo em clima de ‘bastidores’ – e até um pouco melancólico. Confira:

Luca Meneghel for MOJEH Magazine with Natalia Bonifacci

Photography: Luca Meneghel. Styling And Production: Nadia Tschenett. Hair: Ego Hair Design. Makeup: Ingrid Blasbichler. Model: Natalia Bonifacci.