CINEMA I Estreias: Desafio de um campeão, O Enigma da Rosa, Euforia, A Luz no Fim do Mundo, Malévola – Dona do Mal, Pavarotti

Para quem não quer saber de Mostra, ‘Malévola’ é destaque entre as estreias da semana

Malévola – Dona do Mal
Maleficent: Mistress of Evil. EUA, 2019. Direção: Joachim Rønning (norueguês). Com: Angelina Jolie, Elle Fanning e Michelle Pfeiffer. 118 min.

Desafio de um campeão
Il campione. Itália, 2019. Direção: Leonardo D’Agostini. Com: Stefano Accorsi e Andrea Carpenzano. 105 min. 14 anos.
Após ter problemas por conta de seu temperamento e de sua agitada vida noturna, um talentoso jogador de futebol que atua na Itália é obrigado a ter aulas com um introvertido professor.

O Enigma da Rosa
Bajo la Rosa. Espanha, 2017. Direção: Josué Ramos. Com: Patricia Olmedo, Elisabet Gelabert e Pedro Casablanc. 99 min. 16 anos.
Dias após o desaparecimento de sua filha, uma família recebe a carta do sequestrador dizendo que irá visitá-los. No encontro, o criminoso diz que irá libertar a menina se um dos membros da família confessar ter realizado um grave ato que prejudicou uma pessoa desconhecida.

Euforia
Idem. Itália, 2018. Direção: Valeria Golino. Com: Riccardo Scamarcio, Valério Mastandrea e Isabella Ferrari. 115 min. 16 anos.
Dois irmãos —um deles rico e sociável, o outro simples e introvertido— pouco se falam. Quando um deles descobre uma doença e faz com que passem a viver juntos, eles constroem laços que antes não existiam. 

A Luz no Fim do Mundo
Light of my Life. EUA, 2019. Direção: Casey Affleck. Com: Casey Affleck, Anna Pniowsky e Tom Bower. 119 min.
Um pai vive acampado na floresta junto com sua filha, a única mulher de que se tem notícia após uma praga ter extinguido quase toda a população feminina. Temendo o que possam fazer com ela caso a descubram, ele a caracteriza como um menino.

Malévola – Dona do Mal
Maleficent: Mistress of Evil. EUA, 2019. Direção: Joachim Rønning (norueguês). Com: Angelina Jolie, Elle Fanning e Michelle Pfeiffer. 118 min.
Malévola, uma fada que guarda rancor dos humanos, tenta evitar que Aurora, sua protegida, se case com o príncipe Phillip. Temendo pelo destino das criaturas mágicas de seu reino caso a união se concretize, ela reúne aliados para se defender de uma possível invasão. Continuação do filme de 2014 inspirado na fábula “A Bela Adormecida”.

Meu Nome é Daniel
Brasil, 2018. Direção: Daniel Gonçalves. 83 min. 12 anos.
Por meio de registros da infância e de seu cotidiano, o documentário autobiográfico conta a história de Daniel de Castro Gonçalves, que nasceu com uma deficiência que médico algum consegue diagnosticar.

Pavarotti
Idem. EUA/Reino Unido, 2019. Direção: Ron Howard. 114 min. 16 anos.
O documentário lança um olhar sobre a vida e a carreira de um dos mais populares cantores de ópera, morto em 2007. Em meio a entrevistas com familiares, amigos e músicos, longa apresenta imagens inéditas.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.