Tecnologia e cosméticos: confira o que há de mais quente nessa mistura

Scroll down to content

Dispositivo que personaliza produtos, inteligência artificial em máscara para cílios, sérum anti-idade formulado a partir da ciência do microbioma e outros hits da beleza 2020
Marcia Disitzer

Tenologia em alta no universo da beleza Foto: Shutterstock

O que será do amanhã? Pelo menos no universo da beleza, as cartas já estão na mesa. Tecnologia, sustentabilidade e diversidade são algumas das palavras-chave para essa indústria bilionária. No rastro das inovações estão, por exemplo, um dispositivo que permite aos consumidores criarem bases, batons e cremes de tratamento para o rosto, uma máscara de cílios que usou uma ferramenta da inteligência artifical para elencar as principais características desejadas pelo público, sérum anti-idade formulado a partir da ciência do microbioma e produtos de todas as cores para enaltecer a diversidade.

Prova disso é o recém-apresentado dispositivo L’Oréal Perso. Os aparelhos, ainda em fase de testes, se conectam ao smartphone, cuja câmera mapeia o rosto do usuário para a criação de maquiagens e cremes personalizados. Dentro de cada um dos três tipos de Perso, há cartuchos com componentes que podem fazer uma base específica, um tratamento facial ou um batom, de acordo com os dados fornecidos pelo celular. Para Ana Teixeira, diretora de Consumer Market Insights (CMI) do Centro de Pesquisa e Inovação L’Oréal Brasil, o futuro da beleza é tech. “Os cosméticos tendem a ir rumo à multifuncionalidade, trazendo benefícios adicionais que facilitam e melhoram a vida do consumidor, sem falar da tecnologia regenerativa e do uso de microbiomas (conjunto de micro-organismos que habitam a pele  e mantêm seu equilíbrio)”, explica Ana. Um fruto desta pesquisa é o o sérum anti-idade Advanced Génifique Microbiome, da Lancôme, cuja nova fórmula será lançada em março.

A beleza da diversidade Foto: Shutterstock
A beleza da diversidade Foto: Shutterstock

Outro bom exemplo dessa revolução é a máscara de cílios Genius, da Avon. “O pincel entrega o segundo benefício mais pedido da internet, o volume dramático. Por meio de uma ferramenta de inteligência artificial, a Avon navegou pela maior rede de dados de beleza do mundo para ranquear as principais características desejadas em uma máscara de cílios”, explica a diretora de comunicação corporativa da empresa, Daniela Grelin.

O respeito à diversidade também vai influenciar, cada vez mais, na confecção de produtos. “Unimos o conhecimento sobre o consumidor à tecnologia global para criar cores para todos os tons de pele”, observa Daniela. Aline Mori, diretora de marketing de produtos de O Boticário, chama a atenção para o novo papel da make. “É hoje muito mais uma aliada na hora de valorizar pontos fortes do que artifício para ‘esconder’ imperfeições. Mas isso não significa não usar nada. Ao contrário, quer dizer mais tecnologia e eficiência nos produtos”, conclui.

Além de produtos inovadores, a sustentabilidade e as práticas cruelty-free vão imperar. “Na Califórnia, cosméticos testados em animais devem sumir do mercado este ano”, conclui a pesquisadora da agência de tendências WGSN Bruna Ortega.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: