No Filter with Naomi: Nicole Richie

No Filter with Naomi: Nicole Richie

Fyra cria um ambiente sereno e elegante no espaçoso Original Sokos Hotel Tripla em Helsinque

A Fyra, uma empresa de arquitetura de interiores e design de Helsinque, fez uma parceria com a agência de design Werklig para criar um conceito de design para o Original Sokos Hotel Tripla. Este grande hotel, localizado no maior shopping dos países nórdicos, precisava de um ambiente mais acolhedor e caseiro.

original-sokos-hotel-tripla-helsinki-fyra1

“O novo shopping de Tripla, no bairro de Pasila, em Helsinque, é um shopping enorme, com muitas faces. É um shopping center, um centro de entretenimento, uma estação de trem e a casa e o local de trabalho de milhares de pessoas. A idéia era criar um hotel que fosse literalmente o oposto da agitação de seus arredores movimentados. Decidimos enfrentar o desafio em conjunto com a agência de design Werklig. A estratégia centrou-se na idéia de criar um hotel que, apesar de suas proporções maciças, era na verdade do tamanho humano. O resultado foi um hotel elegante e atemporal, construído com um senso de comunidade e projetado para se sentir como sua própria vila. O lobby do hotel se abre para o shopping com um bar e café. A sensação comum e acolhedora se estende desde os espaços públicos até os quartos. Com 430 quartos, o Hotel Tripla é definitivamente grande para a Finlândia, mas não parece um grande hotel. Atualmente, escusado será dizer que o desenvolvimento sustentável fazia parte do processo de design desde o início. Tanto os materiais utilizados quanto as escolhas de estilo feitas devem resistir ao teste do tempo. O hotel não possui elementos desnecessários. O hotel incorpora um design escandinavo moderno, centrado em cores claras e claras. Homenagem foi prestada ao meio ambiente de Pasila usando concreto, e também se inspirou no conceito de grades. O projeto Tripla teve como objetivo usar novas soluções para resolver alguns dos problemas mais comuns em hotéis, além de questionar as convenções de design de hotéis. O resultado é uma gama de novas soluções de móveis e plantas baixas, bem como novas soluções técnicas projetadas para lidar com alto volume e consumo. A cooperação com o coletivo de artistas locais e as aldeias finlandesas aprimorou a sensação de aldeia. Foram necessários muitos profissionais para concluir um projeto tão grande quanto o Hotel Tripla – de arquitetos a carpinteiros e todos os demais. E foi preciso uma quantidade extra de colaborações bem-sucedidas para construir um lugar que não é apenas um hotel, mas uma comunidade “, diz Fyra.

original-sokos-hotel-tripla-helsinki-fyra0
Rooms
original-sokos-hotel-tripla-helsinki-fyra10
original-sokos-hotel-tripla-helsinki-fyra13
original-sokos-hotel-tripla-helsinki-fyra4
Bathroom
original-sokos-hotel-tripla-helsinki-fyra22
Hotel lobby
original-sokos-hotel-tripla-helsinki-fyra14
original-sokos-hotel-tripla-helsinki-fyra12
Restaurant spaces
original-sokos-hotel-tripla-helsinki-fyra9
original-sokos-hotel-tripla-helsinki-fyra17
Lounge
original-sokos-hotel-tripla-helsinki-fyra16
original-sokos-hotel-tripla-helsinki-fyra18
original-sokos-hotel-tripla-helsinki-fyra7
Congress room
original-sokos-hotel-tripla-helsinki-fyra6
Details
original-sokos-hotel-tripla-helsinki-fyra15

Aos 80 anos, Costanza Pascolato fala sobre isolamento em tempos de pandemia

“Manter uma disciplina de atividades me parece fundamental, pelo equilíbrio físico, mental e espiritual”

Costanza Pascolato em sua casa no bairro de Higienópolis, São Paulo (Foto: Bob Wolfenson)

Aos 80 anos, Costanza Pascolato contou para a Vogue Brasil como está passando pela quarentena, instalada durante a pandemia do Covid-19, que começou no Brasil há pouco mais de duas semanas.

Em suas redes sociais, ela vem alimentando seu público com conteúdos diversos e claro, dicas de lifestyle, tão importantes em tempos de isolamento. “Vivendo a terceira semana de quarentena bem rigorosa porque pertenço ao grupo de maior risco. Manter uma disciplina de atividades me parece fundamental, pelo equilíbrio físico, mental e espiritual. E a determinação me ajuda, porque sei que é bom para mim, assim como me parece poder ser bom para vocês. Inventem muita coisa para fazer todos os dias”, escreveu em um de seus posts.

Em uma série de vídeos para o perfil da Vogue Brasil nas redes sociais, ela entregou algumas dicas. Espia só. 

Rotina
O fato de ter a minha idade faz com que você tenha menos compromissos profissionais por dia do que uma pessoa mais jovem. Eu vejo que minhas amigas que trabalham, estão tão ligadas no home office e nos compromissos que o dia delas ficou mais cheio do que era antes. Umas das primeiras coisas que eu fiz foi começar a ter uma rotina dentro de casa. E não só consegui fazer mais coisas, como consegui falar com as minhas amigas que não falava há anos.

Beleza
Vocês podem não acreditar, mas eu faço meu cabelo todinho sozinha. Eu lavo, seco, faço escova e essa montagem toda. 

Caminhadas
Antes do isolamento eu caminhava no Pacaembu e agora o problema era descobrir onde caminhar porque eu preciso para eu me sentir melhor e a cabeça funcionar. Eu descobri que agora dá para caminhar na minha garagem [do prédio] de 4.5km a 5km com meditação no fone de ouvido. Outro dia eu me destraí tanto que bati a cabeça em um lugar. Mas tudo bem. É melhor se mexer do que ficar parado. Além disso, tenho a sorte e o privilégio de ter uma professora de pilates que me dá aula online porque na minha idade não dá para pegar uma aula qualquer na internet que você se quebra toda. 

Ava DuVernay fará live com cineastas negros brasileiros

Evento vai destacar cinema produzido no Brasil
PABLO RAPHAEL

Diretora Ava DuVernay

A diretora Ava DuVernay vai realizar uma live nesta quinta (9), no Instagram, em que vai apresentar e conversar com vários cineastas negros brasileiros. O evento quer dar visibilidade para as jornadas criativas dos homens e mulheres que produzem cinema de forma independente no Brasil – roteiristas, diretores, atores e produtores – e a falta de representação na indústria cinematográfica e na televisão. A live será transmitida no perfil da ARRAY no Instagram, a partir das 19h.

O evento é uma resposta da cineasta ao comentário da escritora Antonia Pellegrino, criadora da série documental sobre a vida e morte da vereadora Marielle Franco, ser dirigida por José Padilha (Narcos, Tropa de Elite). Na ocasião, Pellegrino disse que “o Brasil não tem um Spike Lee ou uma Ava DuVernay“.

Diretora e roteirista, Ava DuVernay foi a primeira mulher negra a ganhar o prêmio de melhor direção em Sundance, por Middle of Nowhere. Também foi a primeira diretora negra a ser indicada ao Globo de Ouro e ao Oscar, por Selma: Uma Luta pela Igualdade. Atualmente, a cineasta dirige Novos Deusesuma das próximas produções da DC no cinema.

Fazenda Futuro cria fundo de R$ 100 mil para estudantes de universidades públicas

O auxílio pode ser solicitado por estudantes de doutorado de universidades públicas que trabalham em pesquisas sobre o coronavírus

Fazenda Futuro cria fundo de R$ 100 mil para pesquisas sobre a covid-19

No combate à covid-19, a Fazenda Futuro anunciou nesta terça-feira, 7, a criação de um fundo emergencial de R$ 100 mil para auxiliar estudantes da pós graduação de universidades públicas que estejam envolvidos em pesquisas acadêmicas sobre o coronavírus

A foodtech, que desenvolve produtos a base de plantas, informou que o valor do fundo é resultado da verba que seria destinada ao marketing da Linguiça do Futuro, lançamento mais recente da marca. 

O fundo vai ajudar alunos de doutorado de universidades públicas que já estão com pesquisas em andamento sobre o novo coronavírus e ainda aguardam a liberação de alguma bolsa de fomento. Para se inscrever, basta enviar um email

“Neste momento, entendemos que há algo muito maior e prioritário no direcionamento dos nossos investimentos em marketing. Nossa marca já tem em sua essência um chamado para que as pessoas repensem um hábito alimentar que causa impactos diretos à sustentabilidade do planeta, que é o consumo de carne de origem animal. Aqui dentro dizemos que o futuro é agora, mas para que ele realmente seja universal, precisamos nos movimentar”, explica Marcos Leta, fundador da Fazenda Futuro.

SoftBank espera falência de 15 empresas de fundo de US$ 100 bi, diz fundador

Segundo Masayoshi Son, o fundo é capaz de enfrentar uma possível recessão, mas acredita que algumas empresas não vão superar a crise

O SoftBank injetou US$ 2,5 bilhões de seu próprio capital em novos investimentos desde outubro

O fundador e presidente executivo do SoftBankMasayoshi Son, afirmou nesta segunda-feira, 6, que espera que pelo menos 15 empresas assistidas pelo Vision Fund declarem falência. O Vision Fund, fundo de US$ 100 bilhões, foi criado para investir em empresas de tecnologia em 2016 – além da japonesa, o fundo tem participantes como o fundo soberano da Arábia Saudita, a Qualcomm e a Apple. 

Em entrevista à revista americana Forbes, Son declarou que o Vision Fund vai dar uma pausa nos investimentos para salvar empresas que possam quebrar durante a crise causada pela pandemia do coronavírus. Com os esforços, Son acredita que pelo menos outras 15 empresas, entre as 88 participantes do fundo, sejam bem sucedidas. 

Son também mantém os planos de pagar seus parceiros mesmo com a crise cerca de US$ 150 bilhões, e ainda manter seus lucros. Entretanto, durante a pandemia, os valores de mercado tem caído mês a mês, o que dificulta para muitas startups continuarem sendo um negócio lucrativo. 

Na última semana, o Softbank decidiu não comprar US$ 3 bilhões em ações da WeWork, justamente pela situação de mercado e por alegar que ela não cumpriu suas condições ao enfrentar investigações civis e criminais na empresa.  Ainda assim, Son afirma que o fundo criado é capaz de enfrentar uma possível recessão causada pela pandemia de coronavírus. 

Julio Sancho for Grazia Middle East with Angelina Nagornaia

Photography & Creative Direction: Julio Sancho. Styling: Kwame Seko & L.dguevara. Hair: Emiliano Riccardi. Makeup: Patricia Mullen. Photography Assistant: Manuela Suárez. Model: Angelina Nagornaia.

Uber Eats lança programa de entrega de comida corporativo

Empresas poderão pagar refeições para seus funcionários por uma plataforma corporativa chamada Uber Eats Empresas

Com novo serviço, empresas poderão pagar por refeições de funcionários

Uber Eats anunciou nesta quarta-feira, 8, que vai expandir o seu serviço para empresas. Intitulado Uber Eats para Empresas, a nova ferramenta promete facilitar o delivery corporativo de comida, permitindo que empresas possam fazer os pedidos para os seus funcionários – ou que eles utilizem créditos corporativos para fazer suas refeições, especialmente em um momento que vales refeições tradicionais tem pouca serventia, por conta da epidemia do coronavírus

A novidade faz parte de um pacote chamado Uber para Empresas, que reúne uma série de condições especialmente pensadas para esse segmento, como viagens corporativas, por exemplo. No Uber Eats para Empresas, as refeições poderão ser compradas pela companhia e entregues aos funcionários e colaboradores, mesmo que estejam em casa.

Segundo Ronnie Gurion, chefe global do Uber para Empresas, a inclusão do Uber Eats no programa, em meio a pandemia de coronavírus, é mais uma forma de ajudar as empresas nas demandas e também de dar visibilidade para mais restaurantes, para que eles tenham um maior volume de pedidos nesse período. 

Na parte corporativa, as empresas poderão acessar, por meio de relatórios, as despesas das refeições, além de decidir quando e onde seus funcionários e colaboradores podem utilizar o benefício. 

O serviço já está disponível na plataforma do Uber para Brasil, Canadá, França e o Reino Unido. 

Facebook lança aplicativo voltado para casais, o Tuned

O Tuned permite que parceiros compartilhem rotina em isolamento de forma personalizada, com áreas específicas para recados, lembranças e sentimentos
Por Agências – Reuters

Casais poderão dividir momentos e memórias no app, criado por equipe experimental do Facebook

O Facebook lançou na terça-feira, 7, um novo aplicativo de mensagens para casais chamado Tuned. No app, parceiros em um relacionamento podem conversar, trocar fotos e músicas, além de ter uma linha do tempo de memórias compartilhadas. A ideia é estimular a interação de atividades além dos meios tradicionais.

Atualmente, o aplicativo está disponível apenas na App Store da Apple nos Estados Unidos e no Canadá, de acordo com dados do site da indústria Sensor Tower.

O The Information, site americano que divulgou a notícia pela primeira vez, disse que o produto foi desenvolvido por uma pequena equipe do Facebook, chamada New Product Experimentation (NPE), que tem a tarefa de criar novos produtos de mídia social do zero. O NPE descreve o aplicativo como “um espaço privado onde você e seu parceiro significativo podem ser apenas vocês mesmos”.

Atualmente, o Tuned está classificado como o número 872 nos Estados Unidos e o número 550 no Canadá na categoria de redes sociais, disse a Sensor Tower.